Capa da Publicação

10 melhores séries de heróis de 2019

Por Equipe Legião dos Heróis

2019 foi o ano dos super-heróis tanto no cinema quanto na TV. Nas telonas, Vingadores: Ultimato se torna a maior bilheteria de toda a história do cinema, enquanto que nas telinhas, adaptações como The Boys e Crise nas Infinitas Terras deram o que falar na internet.

Foi difícil, mas a equipe do Legião dos Heróis se reuniu em um conclave e elegeu as melhores séries de heróis do ano! Vamos a elas?

Legion

Legion, série ambientada no universo dos X-Men e que acompanha as desventuras do mutante David Haller (Dan Stevens), o filho do professor Xavier, teve sua terceira e última temporada exibida este ano. Apesar da duração curta de 8 episódios, o desfecho da história foi considerado satisfatório pelos fãs do personagem e da atração.

O ano três trouxe um novo elemento à história: viagens no tempo, com todas as suas consequências negativas inclusas. Há também os demônios do tempo, contra o qual os personagens da série precisam lutar, e a tão esperada aparição do Professor Xavier.

O vídeo não está mais disponível.

Agents of S.H.I.E.L.D.

Retornando para sua sexta temporada no canal ABC, Agents of S.H.I.E.L.D começou a preparar caminho para seu final. Diferentemente das temporadas anteriores, o ano 6 não teve qualquer menção a Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, concentrando-se apenas em contar sua própria história.

Os novos episódios trouxeram Clark Gregg como um novo personagem: Sarge, um caçador vindo de uma outra dimensão, que surge na Terra com objetivos não muito claros, além de possuir asseclas igualmente misteriosos.

O número de episódios reduzidos acabou ajudando a série, fazendo com que cada capítulo de seu sexto ano valesse a pena.

Legends of Tomorrow

A quarta temporada de Legends of Tomorrow abraçou de vez toda a galhofa e o absurdo das histórias em quadrinhos, trazendo episódios divertidíssimos e cheios de surpresas para quem acompanhou a série até aqui.

No novo ano, as lendas, acompanhadas pelo mago John Constantine (Matt Ryan), recebem a missão de recapturar várias criaturas mágicas, que escaparam da mesma prisão onde o demônio Mallus. Essas criaturas vão de unicórnios, uma fada madrinha super caricata e até um boneco assassino com vida própria, o que só torna tudo ainda mais divertido.

Há números musicais de Bollywood, referências a outras séries famosas, revelações sobre o passado de vários personagens... é um prato cheio para qualquer fã da DC que tenha a mente aberta para o absurdo.

Supergirl

Em sua quarta temporada, a Supergirl teve que lutar contra um inimigo muito mais poderoso do que Apocalipse, Zod ou qualquer outro que seu primo famoso já enfrentou: a ignorância humana.

O misterioso Agente da Liberdade (Sam Witwer) e seus seguidores instilaram o medo por toda National City, fazendo com que seus cidadãos temessem, hostilizassem e perseguissem a comunidade alienígena da cidade. E mesmo após a prisão do vilão, isso continuou acontecendo, com a garota de aço logo descobrindo que não poderia vencer essa batalha na base do soco.

Como se isso não fosse o bastante, Kara (Melissa Benoist) teve que enfrentar seu clone, a Filha Vermelha, e o aqui-inimigo do Superman, Lex Luthor (Jon Cryer), que estava manipulando todos os eventos da série desde seu primeiro episódio.

The Boys

A adaptação dos quadrinhos de Garth Ennis para a plataforma Amazon Prime pode não ser tão pirada e sanguinária quanto o material original, mas o humor negro, a brutalidade desnecessária, os palavrões e a sátira aos super-heróis está lá firme e forte. E por isso, The Boys é uma das melhores séries deste ano.

Em um mundo onde os super-heróis são tratados como rockstars e não ligam a mínima para a destruição e as mortes que deixam pelo caminho, um grupo de elite conhecido apenas como "Os Rapazes" é chamado novamente para colocá-los na linha... na base da porrada, é claro.

Cada episódio é imprevisível, e para a alegria dos fãs, uma segunda temporada já foi confirmada e deve estrear em breve.

Manto e Adaga

Produzida pelo canal Freeform, Manto e Adaga adapta as aventuras da dupla de heróis da Marvel Comics para as telinhas e é cheia de momentos tão memoráveis quanto emocionantes.

Em sua segunda temporada, Tandy (Olivia Holt) e Tyrone (Aubrey Joseph) enfrentam a ameaça da vilã Mayhem (Emma Lahana), o lado mau da dedicada policial Brigid O'Reilly, que se separou dela após ela ser atingida por um raio de matéria negra.

Infelizmente, a série foi cancelada na segunda temporada, sendo o crossover com Fugitivos a última participação dos heróis nas telinhas.

The Umbrella Academy

A adaptação da Netflix dos quadrinhos criados pelo quadrinista brasileiro Gabriel Bá e o músico Gerard Way recebeu boas críticas da imprensa especializada e elogios acalorados por parte do público, que gostou bastante do que viu.

A história acompanha a vida de sete irmãos, adotados por um milionário e treinados desde o berço para se tornarem super-heróis, o que lhes causa diversos traumas e acaba por separá-los. Mas o retorno de um irmão perdido que os avisa sobre um cataclismo eminente faz com que eles se unam de novo para assegurar que todos eles tenham um futuro.

Patrulha do Destino

Seguindo o sucesso de Titãs na plataforma DC Universe, Patrulha do Destino conquista pelas situações bizarras, os personagens carismáticos e, acima de tudo, o amor que eles tem uns pelos outros.

A cada episódio, entramos mais na vida do time de heróis, composto por desajustados com origens trágicas salvos de um destino sombrio pelo Dr. Niles Caulder (Timothy Dalton). Apesar de suas histórias tristes, a série é cheia de humor, um dos pontos mais fortes da produção da DC.

Watchmen

Passada 30 anos depois dos eventos da HQ de Alan Moore e Dave Gibbons, Watchmen nos apresenta um novo mundo, com novos vigilantes e novas ameaças, mas rostos conhecidos e muitas referências à história clássica.

A nova protagonista é a policial Angela Abar (Regina King), que também atua como a vigilante Irmã Noite. Após o assassinato de um de deus amigos da polícia, ela se envolve em uma trama de mistério e suspense, onde ela luta contra um grupo de supremacistas brancos chamado "A Sétima Kavalaria" e descobre fatos desconhecidos sobre o passado de sua família.

Personagens consagrados das HQs, como Ozymandias (Jeremy Irons), Laurie Blake (Jean Smart) e o Dr. Manhattan (que eu não direi quem é para evitar spoilers), também estão presentes na série.

Monstro do Pântano

Produzida pela plataforma DC Universe, a série do Monstro do Pântano tirava inspiração de algumas das melhores histórias escritas para o personagem nos quadrinhos, entregando uma história cheia de suspense e de fortes emoções.

A trama começa com a pesquisadora Abby Arcane (Crystal Reed) indo até uma cidadezinha da Louisiana para investigar a aparição de um poderoso vírus, mas quando seu companheiro de viagens, o cientista Alec Holland (Derek Mears), desaparece, as coisas começam a ficar ainda mais sinistras.

Ela logo descobre que o cientista não desapareceu, e sim passou por uma transformação bizarra, se tornando o "protetor do verde", o Monstro do Pântano.

Apesar das críticas positivas, foi cancelada ainda na primeira temporada, um dia depois da exibição do primeiro episódio.

Imagem de perfil
Equipe Legião dos Heróis

"Você já dançou com o demônio sob a luz do luar?"