Capa da Publicação

10 Melhores filmes da carreira de Denzel Washington!

Por Mike Sant'Anna

Um dos maiores atores de Hollywood, Denzell Washington já carrega em sua carreira algumas indicações ao Oscar, incluindo uma vitória. Além disso, traz diversos filmes incríveis que vão desde dramas, suspenses ou mesmo os famosos Blockbusters. E você pode conferir 10 dos melhores filmes do ator.

Imagem de capa do item

Chamas da Vingança

Uma organização criminosa chamada "La Hermandad", composta por marginais e policiais corruptos, promove uma onda de sequestros de crianças que apavora as famílias ricas. O empresário Samuel Ramos resolve então contratar um guarda-costas para proteger a sua pequena filha. O ex-agente da CIA, John Creasy é recomendado por um amigo, e Ramos, mesmo sabendo que ele tem problemas com a bebida, contrata-o.

Creasy está perto de cometer o suicídio mas a sua amizade com a menina consegue ajudá-lo a se recuperar. Quando ela é sequestrada e dada como morta, Creasy parte em busca de vingança contra "La Hermandad".

Esse é um filme muito amado pelo público, principalmente pela fúria de Creasy.

Imagem de capa do item

Deja Vu

Deja Vu é um filme incrível estrelado por Denzel Washington com uma temática de viagem no tempo. O interessante é que a gente não sabe muito bem que o filme é sobre viagem no tempo até que começa a acontecer.

Com uma trama incrível, o filme vai te levando por reviravoltas que te colocam na ponta da cadeira.

Imagem de capa do item

Malcolm X

Malcolm X é um filme muito importante. Uma produção que retrata a vida de um ícone da história americana. Uma pessoa que lutou intensamente pelos direitos dos negros.

O longa dramatiza eventos importantes da vida de Malcolm, desde sua carreira criminal, seu encarceramento, sua conversão ao Islã, seu ministério como membro da *Nação do Islã e seu posterior desentedimento com a organização, seu casamento com Betty X, sua peregrinação à cidade sagrada de Mecca e reavaliação de seus pontos de vista sobre brancos. Terminando em seu assassinato em 21 de Fevereiro de 1965.

Imagem de capa do item

Nova York Sitiada

Antes mesmo da popularização de filmes sobre atentados terroristas, Denzel estrelou um dos mais incríveis que foram feitos: Nova York Sitiada.

O filme conta a história de um agente oficial do FBI, uma oficial da CIA e um general unindo forças para capturar um perigoso grupo de terroristas que espalham bombas em diversos lugares de Nova Iorque, levando a cidade ao caos.

Imagem de capa do item

Sob o Domínio do Mal

Um excelente filme sobre conspirações políticas, Sob o Domínio do Mal traz uma grande atuação por parte de Denzell.

O filme conta a história de Ben Marco (Denzell), um integrante de uma patrulha que foi salva por Raymond Shaw (Liev Schreiber). Shaw foi condecorado com uma medalha de honra e agora é candidato a vice-presidente sob o olhar atento da mãe controladora, Eleanor. Mas pessoas influentes querem seu próprio homem na Casa Branca.

O interessante começa quando Marco começa a ter pesadelos e descobre que teve chips implantados em seu cérebro.

Imagem de capa do item

Filadelfia

Mais um filme muito importante na carreira do ator, Filadelfia é um drama que retrata uma situação muito delicada e importante.

De 1993, o drama é um dos primeiros filmes comerciais de Hollywood para reconhecer o HIV/AIDS, homossexualidade e homofobia. A trama conta a história de Andrew Beckett (Tom Hanks), um advogado homossexual que trabalha para uma prestigiosa firma em Filadélfia. Quando fica impossível para ele esconder dos colegas de trabalho o fato de que tem AIDS, é demitido. Beckett contrata então Joe Miller (Denzell), um advogado homofóbico, para levar seu caso até o tribunal.

O filme ganhou dois das cinco indicações ao Oscar que teve naquele ano.

Imagem de capa do item

Possuídos

Este filme foi uma experiência nova para Denzell, estrelando um suspense sobrenatural com um enredo incrível.

Após a execução do serial killer Edgar Reese (Elias Koteas) na câmara de gás, o policial e detetive John Hobbes (Denzel Washington) acredita que parte dos seus problemas terminaram, mas logo repara que pessoas na rua cantam a mesma melodia que o criminoso cantou na sua execução. A partir desse ponto, o policial conclui que todos estavam possuídos por Azazel, um anjo amaldiçoado que não tem forma mas que com um simples toque consegue possuir quase todos os seres vivos.

Quando Hobbes é forçado a matar um professor, que estava possuído pelo espírito, fica claro que ele precisa proteger as pessoas desta entidade demoníaca.

Imagem de capa do item

Um Ato de Coragem

Um dos filmes mais aclamados da carreira de Denzell, Um Ato de Coragem traz um drama intenso que te deixa aflito durante muito tempo, e traz uma das melhores atuações de Washington.

O filme conta a história de um pai, cujo filho é diagnosticado com um coração ampliado e, em seguida, descobre que ele não pode receber um transplante porque o seguro não vai cobrir.

Assim sendo, ele decide tomar um hospital cheio de pacientes como reféns até o hospital colocar o nome do filho na lista de transplantes.

Imagem de capa do item

Um Limite Entre Nós

Um dos filmes mais recentes da carreira de Denzel é também um dos mais aclamados.

Um Limite Entre Nós conta a história de um jogador de beisebol aposentado, que sonhava em se tornar uma grande estrela do esporte durante sua infância, agora trabalha como catador de lixo para sobreviver. Ele tem passar pelas complicadas fases de seu relacionamento com a esposa, o filho e os amigos.

O filme rendeu diversas indicações à prêmios, inclusive de melhor ator para Denzell, ao qual ele ganhou na premiação do Screen Actors Guild

Imagem de capa do item

Dia de Treinamento

Considerado por muitos como o melhor filme da carreira de Denzell, Dia de Treinamento rendeu ao ator o título de segunda pessoa afro-americana à conseguir vencer o Oscar de Melhor Ator.

O filme coloca Denzel no papel de Alonzo um policial corrupto que está responsável por treinar Jake, o novato na equipe de narcóticos.

Imagem de perfil
Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.