Capa da Publicação

As 10 melhores coisas feitas com os Novos 52!

Por Mike Sant'Anna

Hoje vamos citar 10 exemplos de coisas que os Novos 52 fizeram muito bem.

Imagem de capa do item

Aquaman

O personagem que durante muito tempo teve aquela fama de inútil, a fama do cara que só falava com peixes e só era útil embaixo d'água. Com os Novos 52, Aquaman recebeu um novo destaque e uma importância muito grande como um personagem realmente imponente, poderoso, e imperador da maior parte do planeta.

Imagem de capa do item

Superman menos escoteiro

Um dos motivos pelos quais algumas pessoas não curtem o Azulão, era aquela índole inabalável. O herói que passava voando pela sua janela e dizia para as crianças "Não esqueçam de tomar seu suco de laranja" (sério, isso realmente aconteceu). Em resumo, Superman era um verdadeiro escoteiro.

O reboot da DC trouxe uma versão do Superman mais "humana", mais próxima e mais tangível para nós. Era um herói que se permitia ter ciúmes, tomar decisões erradas, ter raiva, afinal de contas, era um Superman mais jovem. Ele virou um Superman que quase pensa "Eu sou absurdamente poderoso e sei bem disso".

Imagem de capa do item

Heróis novos com quadrinhos próprios

Muitos heróis que eram apenas participantes de outros quadrinhos de heróis maiores começaram a ganhar destaque antes dos eventos de Flashpoint, e com a chegada dos Novos 52, essa popularidade foi recompensada com títulos próprios e eles deixaram de ser apenas meros coadjuvantes de alguns quadrinhos (em sua grande maioria, os coadjuvantes dos quadrinhos do Batman). Como por exemplo Capuz Vermelho, Arsenal, Harley Quinn.

Imagem de capa do item

Trouxe novos leitores

Muitas pessoas sempre se perguntam ao longo dos anos: "Por onde começar a ler?"

Novos 52 veio como uma resposta para essa pergunta, pois acompanhar o que estava acontecendo na DC era um pouco difícil para os novos leitores, pois já vinham décadas de construção daquele universo, e quando o universo foi reiniciado, esses futuros leitores da DC Comics tiveram a oportunidade e o incentivo de finalmente conseguir acompanhar um universo da DC desde o princípio.

Imagem de capa do item

Histórias menos exageradas

Eu gosto de citar dois exemplos para explicar como os quadrinhos da DC as vezes perdiam a mão quando se tratava de exagerar histórias e poderes. O primeiro deles é quando o Superman carrega alguns planetas atravessando o universo nas costas puxando eles com uma corrente, o outro é quando Superboy Prime simplesmente saiu quebrando as paredes da realidade do universo na base do soco.

Novos 52 colocou as histórias da DC Comics pelo menos no campo do imaginável, são personagens mais comedidos, sem exageros demais, e histórias menos "apelonas".

Imagem de capa do item

Melhores traços

Antes de mais nada, preciso deixar claro que em momento algum estou dizendo que os traços dos quadrinhos antes de Novos 52 eram ruins, temos grandes arcos dos quadrinhos que são verdadeiras obras de arte, por exemplo Reino do Amanhã.

Porém desde o reboot, a liberdade artística dos desenhistas tem ficado mais aparente, e os traços ficaram ainda melhores, mais bonitos e mais bem feitos.

Imagem de capa do item

Terra-2

Outra coisa muito bem feita foi a abordagem da Terra-2, com membros clássicos da antiga Sociedade da Justiça como Alan Scott, Jay Garrick e vários outros, o que para os fãs mais antigos de quadrinhos foi uma deliciosa surpresa.

Imagem de capa do item

Diversidade

Nos tempos atuais que vivemos, esse é um assunto muito pertinente e digno de atenção. A DC Comics começou a acertar alguns pontos na sua nova fase. Deu mais atenção para seus heróis negros, tratou com naturalidade seus heróis homossexuais como por exemplo Batwoman, e trouxe diversas personagens femininas fortes e marcantes.

Imagem de capa do item

Amarrou as pontas soltas

Antes de Flashpoint você tinha várias pontas soltas na DC, várias histórias com furos, muitas histórias que não encaixavam em nenhuma cronologia ou não faziam sentido tendo como comparação os fatos que ocorriam na mesma época. Novos 52 acertou isso e deixou o universo DC muito mais amarrado e coerente.

Imagem de capa do item

Os trajes

Foi o fim das cuecas por cima das calças, finalmente! Os heróis receberam novos trajes, novas roupas, em uma tentativa de fazer com que as coisas fossem mais críveis. Era uma nova geração de leitores, precisava de uma nova geração de trajes, principalmente trajes que você olhasse e não achasse que era apenas um cara dentro de um collant.

Imagem de perfil
Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.