Capa da Publicação

10 Maiores traições dos quadrinhos

Por Mike Sant'Anna
Imagem de capa do item

Mandar o Hulk pro espaço

O Hulk sempre foi uma inconstante no universo da Marvel. Hora ele é um grande aliado e um grande herói, hora ele é uma força incontrolável capaz de acabar com muitas vidas. Em uma dessas vezes o Golias Esmeralda acabou destruindo Las Vegas e matando muita gente no processo.

O que os Illuminatis decidiram que seria uma boa ideia? Enganar Bruce Banner para prendê-lo em um foguete e mandar o Hulk pra fora da Terra de uma vez por todas. Os acontecimentos de Guerra Mundial Hulk estão aí pra provar que isso não foi uma boa ideia... de maneira alguma.

Imagem de capa do item

É tudo coisa da sua cabeça

Se tem uma pessoa que teve sorte em sua vida amorosa nos quadrinhos foi Scott Summers (ou não...) Em dado momento nos quadrinhos, Scott Summers e Jean Grey eram marido e mulher, porém havia um fator que não poderia deixar de ser considerado: Emma Frost.

Embora nada físico tenha de fato acontecido, um certo dia Jean Grey entra na mente de Scott e descobre que Emma Frost também estava lá dentro da mente do mutante, juntos... fazendo coisas "interessantes". Ironicamente no futuro o troco foi dado quando Emma Frost admitiu para Ciclope que o traiu algumas vezes mentalmente com Namor. Porém quando se é uma das maiores telepatas do mundo, o conceito de trair mentalmente muda um pouco.

Imagem de capa do item

Traiu o mundo inteiro

Adrian Alexander Veidt, também conhecido como Ozymandias, era um dos heróis aposentados da época dos Watchmen e que aparentemente havia entrado para o mundo corporativo e empresarial.

O que ninguém sabia na verdade é que o ex-companheiro do Comediante e de Rorscharch na verdade planejava matar milhões de pessoas, incriminando o ex-companheiro Dr. Manhatthan e no processo também matou o ex-companheiro Comediante. E o pior de tudo nessa traição, é que essa saiu exatamente como planejada pelo vilão.

Imagem de capa do item

Fenix Negra

Tudo bem, essa traição não foi bem uma traição, afinal não era exatamente Jean Grey que estava no controle de seu corpo quando a Fênix Negra foi considerada uma ameaça maior que o próprio Galactus, mas tente explicar isso para seus entes queridos que a doce e amável Jean Grey, enfrentou e derrotou facilmente os X-Men.

Imagem de capa do item

Isso sim é um surto

A Feiticeira Escarlate é bem conhecida por muitos fãs de quadrinhos como uma pessoa meio "desequilibrada", os fãs que acabaram de conhecer a personagem no ultimo filme dos Vingadores podem não ter noção do quanto a personagem é poderosa e problemática. Quando ela descobriu que os filhos gêmeos que tivera eram fruto de seus poderes, usados de forma inconsciente a coisa complicou.

Wanda atacou a mansão dos seus companheiros Vingadores matando o Gavião Arqueiro, o Visão e o Homem Formiga, Scott Lang. Depois disso, em Dinastia M, ela ainda dizimou quase por completo a raça dos mutantes com a famosa frase "No More Mutants"

Imagem de capa do item

De volta dos mortos

Talvez uma das mortes mais impactantes no universo dos quadrinhos tenha sido a morte do Robin, Jason Todd. Mesmo que ela tenha sido "encomendada" pelos fãs que ligaram para um número de telefone cedido pela editora, e votaram para que Jason morresse, ninguém esperava que fosse ser uma morte tão brutal quanto foi o coringa espancando-o com um pé de cabra e depois explodindo o pobre Robin.

Porém Jason voltou a vida originalmente por conta de um evento envolvendo Superboy Prime, e não voltou muito contente com Batman, assumindo a alcunha de Capuz Vermelho (um antigo inimigo do Batman) e fazendo da vida do seu antigo mentor um verdadeiro inferno, matando capangas e vilões de Gotham.

Imagem de capa do item

Capitão América trai Homem de Ferro

A Guerra Civil é repleta de traições de heróis contra heróis e a saga é uma das maiores obras primas da Marvel exatamente por mostrar que na verdade tudo depende de pontos de vista. Do ponto de vista do Homem de Ferro, o Capitão América é um traidor que está juntando uma resistência de foras-da-lei, que ficou contra ele.

Seu companheiro de time foi para o lado de vigilantes encapuzados mesmo depois que ficou claro que os mascarados saíram do controle e causaram a morte de inúmeras crianças no ocorrido com o Nitro explodindo ao lado de uma escola. Ou seja, Steve Rogers decidiu colocar a segurança de seus semelhantes acima da segurança do povo.

Imagem de capa do item

Homem de Ferro trai Capitão América

Como eu disse, Guerra Civil é tudo uma questão de ponto de vista. Já que do ponto de vista do Capitão América, Tony Stark criou uma lei que colocaria em risco a vida dos entes queridos daqueles que arriscavam suas vidas para manter a paz.

Não contente com isso, Tony mandou diversos heróis e até mesmo diversos vilões para caçar seus companheiros como criminosos procurados e que Tony foi responsável pela Guerra que tirou a vida de alguns de seus companheiros além de ter clonado Thor.

Imagem de capa do item

Uma traição do passado

A saga do Soldado Invernal que pudemos ver no segundo filme do Capitão América nos traz o mistério da identidade do vilão Soldado Invernal, e a descoberta que ele na verdade era o antigo companheiro do Capitão, Bucky Barnes, e então, temos que ver Steve Rogers tendo que lutar contra seu melhor amigo que até então, ele jurava estar morto.

Imagem de capa do item

Traindo toda a tropa

Uma das traições mais controversas dos quadrinhos, e um dos arcos mais controversos também. Hal Jordan vê sua cidade ser destruída, ele então usa o poder do anel para reconstruí-la e é impedido pelos Guardiões.

Obviamente Hal teve uma atitude madura, calma e civilizada: matou diversos lanternas, roubou seus anéis pra ele, matou Killowog, matou Sinestro, matou os Guardiães, absorveu todo o poder da lanterna e extinguiu a tropa dos lanternas verdes de uma vez por todas assumindo o nome de Parallax, a entidade do medo. Simples assim...

Imagem de perfil
Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.