Capa da Publicação

10 heroínas da Marvel que assumiram o manto de heróis!

Por Gus Fiaux

As heroínas estão em pleno estado de ascensão no Universo Marvel, e muitas delas surgiram para substituir alguns heróis. Aqui, listamos as dez principais heroínas cuja identidade heroica foi adquirida de algum super-herói!

Para essa lista, trouxemos apenas personagens que, mesmo por um curto período de tempo, substituíram suas contrapartes masculinas.

Imagem de capa do item

Esmagadora

O Esmagador é um título dado a um campeão da Guarda Imperial Shi'ar. O mais conhecido a usar esse nome é Vril-Rokk, um membro que já lutou contra e ao lado dos X-Men, e faleceu durante o ataque de Vulcano à Guarda Imperial.

Uma de suas substitutas foi Isabel Kane, ou Izzy, uma terráquea que descobriu os óculos especiais do Esmagador em uma fazenda. Dotada de incríveis poderes, ela foi a Chandilar e assumiu o manto. Meses depois, ela integraria os Vingadores a pedido do próprio Capitão América, sendo uma aliada importantíssima durante o ataque de Thanos.

Imagem de capa do item

Dama das Estrelas

Quando Peter Quill e os Guardiões da Galáxia vieram ao Planeta Terra para ajudar os X-Men a impedir o julgamento de Jean Grey pelos Shi'ar, ele teve uma conexão muito forte com Kitty Pryde. Os dois iniciaram um relacionamento e, eventualmente, ela foi para o espaço ficar perto de seu namorado.

Quill deixou os Guardiões e rompeu o relacionamento com Kitty. Ela manteve a cabeça erguida, pegou o visual e o armamento de seu ex e passou a liderar os Guardiões da Galáxia como a Dama das Estrelas.

Contudo, depois de algum tempo ela abandonou o manto quando voltou para a Terra e se uniu novamente aos X-Men.

Imagem de capa do item

Vindicator

Uma das principais integrantes da Tropa Alfa, Heather Hudson assumiu a liderança da equipe assim que seu marido, o Guardião, foi declarado como morto. Inicialmente, ela começou apenas como líder tática.

Em uma de suas aventuras, ela descobriu uma versão do traje empoderado de James Hudson, seu marido, e passou a operar através do codinome Vindicator, antes de se tornar a Guardiã.

Imagem de capa do item

Capitã Marvel (Monica Rambeau)

Uma vez que Mar-Vell faleceu, vítima do câncer, uma nova heroína surgiu para assumir seu lugar como a Capitã Marvel. Seu nome era Monica Rambeau e ela possuía poderes bem diferentes do herói Kree.

Uma policial de Nova Orleans, ela é capaz de transmutar seu corpo em várias formas de energia. Monica participou de vários grupos de Vingadores e é uma heroína ativa até hoje, porém, seu codinome já foi alterado e atualmente ela utiliza "Spectrum".

Imagem de capa do item

Quasar

Outra que também assumiu provisoriamente o manto de Capitã Marvel foi Phyla-Vell, a filha do Capitão Marvel original. Contudo, ela ficou mais reconhecida ao herdar os braceletes quânticos e se tornar a nova encarnação da Quasar, manto que havia sido utilizado previamente por Wendell Vaughn.

Phyla-Vell se torna um dos membros originais da formação dos Guardiões da Galáxia da Terra-616, e tem papel fundamental em sagas como Aniquilação². Ela chegou a ter um relacionamento com a filha de Drax, Serpente da Lua.

Imagem de capa do item

Wolverine

Após a morte de Logan, o Wolverine, instaurou-se uma verdadeira batalha para decidir quem passaria a ocupar o lugar do mutante canadense. Foi decidido que ninguém seria melhor do que Laura Kinney, a X-23, um clone feminino do personagem.

Laura possui uma personalidade forte, e tem que lidar com muitos traumas de infância, alguns dos quais a tornam ainda mais badass que o próprio Wolverine.

Agora, com o mutante de volta, ainda não se sabe como será a situação, mas provavelmente deve-se manter algo semelhante ao que aconteceu com Kate Bishop e Clint Barton, na qual ambos são Gaviões Arqueiros.

Imagem de capa do item

Kate Bishop

Assim que o Gavião Arqueiro foi dado como morto, depois que a Feiticeira Escarlate enlouqueceu e atacou seus amigos Vingadores, surgiu um grupo de heróis juvenis chamados Jovens Vingadores. Entre eles, destacava-se Kate Bishop, uma exímia arqueira e combatente marcial que dividia a liderança da equipe com o Patriota e o Rapaz de Ferro.

Depois de, mais de uma vez, provar seu valor, Kate se tornou a Gaviã Arqueira, título dado a ela pelo próprio Capitão América, juntamente com o arco original de Clint Barton. Atualmente, ela atua ao lado do ressuscitado herói, e já encarou diversos problemas que vão desde a Madame Máscara até Kang, o Conquistador.

Imagem de capa do item

Pantera Negra

A irmã mais nova de T'Challa, Shuri é a filha de T'Chaka e desde cedo trenou duro para poder conquistar o manto do Pantera Negra de seu tio, S'yan. Porém, ao descobrir que seu irmão teria conseguido, ela se tornou aliada, ajudando a defender Wakanda arduamente.

Quando seu irmão, durante um ataque, ficou em coma, ela assumiu o manto de Pantera Negra e sacrificou-se pelo bem de seu povo, algo que foi considerado pelo Deus-Pantera, que lhe deu poderes e a transformou de fato na nova rainha de Wakanda, enquanto T'Challa passava a reinar sobre a Necrópole.

Imagem de capa do item

Thor

Durante os eventos da macro-saga Pecado Original, o Vigia foi morto na Lua por Nick Fury. Armado de vários segredos, o super-espião sussurra algumas palavras no ouvido de Thor, que de repente se torna indigno de carregar seu martelo Mjölnir.

Porém, como sempre precisa haver um Thor, Jane Foster, ex-namorada do Filho de Odin descobre o martelo encantado e se torna a nova portadora do manto do Thor... porém, ela tem um dilema difícil de ser enfrentado: a cada vez que ela deixa os poderes de lado, ela sucumbe ainda mais ao câncer.

Imagem de capa do item

Capitã Marvel (Carol Danvers)

Apesar de Monica e Phyla já terem utilizado o codinome que antes era de Mar-Vell, nenhuma o utiliza melhor que Carol Danvers, até por sua relação com o falecido herói. Carol conseguiu impressionar, depois de uma longa fase como Miss Marvel.

Como Capitã, ela é uma heroína firme que não hesita em comandar grandes equipes de heróis em batalhas descomunais. Ela se tornou um ícone heroico e feminista, mostrando o poder das mulheres em frente a grandes adversidades, além de nunca deixar de lado o bom humor e a sede de justiça.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux