Capa da Publicação

10 grandes filmes de artes marciais

Por Raphael Martins

Um dos gêneros mais legais do cinema como puro entretenimento é o de artes marciais. Seja o filme feito nos Estados Unidos, na China ou em qualquer outra parte do mundo, é sempre bom ver mestres da nobre arte da porrada se enfrentando em duelos sensacionais e super bem coreografados. Se o filme vier acompanhado de uma trama envolvente, melhor ainda!

Nessa lista, separamos dez filmes de artes marciais indiscutivelmente incríveis que valem a pena serem assistidos agora e sempre. FIGHT!

O Mestre Invencível 2

Jackie Chan décadas de carreira e mais de 160 filmes em seu currículo, mas a grande maioria de seus fãs elege O Mestre invencível 2 (Drunken Master II, no original) como sua obra prima.

O filme não é exatamente uma continuação do primeiro, mas traz de volta seu maior atrativo: o estilo de Kung Fu do bêbado, extremamente eficiente quando usado pelo protagonista... especialmente se ele estiver embriagado e fora de controle.

Combinando humor, drama, sequências de luta insanas e façanhas mais loucas ainda de Jackie Chan, este será para sempre um dos melhores filmes de luta já feitos.

A Fúria do Dragão

A Fúria do Dragão é um dos maiores clássicos do cinema de ação, trazendo Bruce Lee no papel que o transformou em uma lenda na China antes mesmo de ele ser mais conhecido nos Estados Unidos.

No filme, Lee interpreta Chen Zhen, aluno do lendário mestre Huo Yuanjia, que realmente existiu e é um dos maiores heróis da China. Possesso com a morte traiçoeira que seu mestre sofreu, ele inicia uma jornada sangrenta de vingança contra os militares japoneses que ocupavam sua cidade, os mandantes da morte do mestre.

A cena em que Lee tira um Nunchaku e espanca os karatekas japonesas entrou para a história do cinema. Em território chinês, o filme ganhou um remake com Jet Li e uma sequência com Donnie Yen.

O Grande Dragão Branco

Este foi o filme que transformou Jean-Claude Van Damme, que até então tinha feito apenas pequenas pontas em filmes de baixo orçamento, num grande astro de ação, além de ter marcado a vida de muitos brasileiros nas incontáveis reprises na Sessão da Tarde.

A trama mostra Van Damme no papel de Frank Dux, que resolve participar de um torneio secreto em Hong Kong chamado Kumite, onde ele enfrentará lutadores de todas as partes do mundo para honrar a memória de seu mestre.

Destaque para Bolo Yeung como o vilão Chong-Li, uma montanha de músculos com uma cara de mal digna de fazer até sua própria sombra correr de medo.

Kung Fu Futebol Clube

Este é um dos melhores filmes de artes marciais de toda esta lista, e nem ao menos tem uma única luta sequer. Como isso é possível? Simples: aqui, monges Shaolin usam seu poder para... jogar futebol.

Nessa comédia dirigida por Stephen Chow, o mesmo de Kung Fusão, vemos um grupo de irmãos de Shaolin separados e desencantados com a vida, mas que resolvem se unir e reviver suas habilidades adormecidas para se tornarem o melhor time de futebol do mundo e espalharem a palavra do Kung Fu.

Em seu caminho, times ainda mais bizarros, inclusive o "time do mal" (esse é realmente o nome do time), que usa drogas proibidas para conseguirem habilidades sobre-humanas.

Era uma vez na China

Outro grande herói para os chineses é o médico, artista marcial e revolucionário Wong Fei Hung, que teve sua história contada nesta série de cinco filmes de muito sucesso em território chinês, sendo os três primeiros estrelados pelo grande Jet Li.

No filme, Fei Hung usando todas as suas habilidades para lutar contra os invasores ingleses, que estão explorando seu povo para produzir ópio e roubar relíquias. Eles até contratam lutadores para combater Fei Hung, mas infelizmente para eles, não fazem a menor ideia de com quem estão lutando.

O filme é cheio daquelas coisas impossíveis de filmes chineses que a gente ama, como pessoas voando, técnicas exageradas e por aí vai. O que torna tudo ainda melhor é podermos ver Jet Li no auge de sua força e juventude.

Samurai X

Nesta adaptação em live action do anime Rurouni Kenshin, mais conhecido como Samurai X por nós Brasileiros, vemos os primeiros grandes combates do ex-assassino Kenshin Himura após prometer nunca mais tirar a vida de outra pessoa.

Neste primeiro filme, Kenshin usa sua espada de lâmina invertida para lutar contra personagens famosos do anime, como Sanosuke, Jin-e e Aoshi. Fez muito sucesso no Japão, garantindo duas sequências e fechando uma trilogia, que culmina na luta de Kenshin contra o poderoso Shishio.

Ong-Bak

Tony Jaa comanda toda a ação neste filme, mostrando por que é um dos maiores artistas marciais da atualidade usando seu Muay Thai em lutas de tirar o fôlego.

Na história, bandidos invadem um pequeno vilarejo na Tailândia e roubam a cabeça de uma estátua de Buda chamada Ong-Bak, tida como sagrada para os habitantes. É então que o guerreiro Ting se oferece para ir até Bangkok recuperar o que foi roubado, deixando um rastro de dor e ossos quebrados por onde passa.

O filme fez um enorme sucesso e tornou o Muai Thai ainda mais popular no mundo todo, gerando duas sequências, com a terceira estreando ainda este ano.

Operação Invasão

Em operação invasão, o policial Rama, junto com seu esquadrão, recebe a missão de invadir um prédio onde se esconde um dos maiores senhores do crime da cidade. Mas para chegarem até ele, os agentes precisam passar por um exército de bandidos, e entre eles estão lutadores extremamente habilidosos.

As sequências de luta, que chamam atenção pela selvageria e o realismo, são de uma qualidade inacreditável, colocando o cinema indoneso de vez no mapa e levando seu protagonista, Uko Iwais, à fama. Ganhou uma sequência em 2014 e um terceiro filme é esperado com bastante antecipação pelos fãs do gênero.

O Grande Mestre

Neste que talvez seja o maior sucesso de toda a carreira de Donnie Yen, conhecemos a história de Ip Man, o lendário mestre de Wing Chun que no futuro treinaria uma lenda ainda maior: Bruce Lee.

Durante a segunda guerra mundial, quando o Japão invade a China trazendo violência e miséria ao povo, o mestre Ip vê sua vida e a de todos à sua volta ser reduzida a cinzas, mas resolve usar sua força para lutar contra os opressores e trazer justiça à todos aqueles que sofreram maldades indizíveis nas mãos dos invasores.

A cena em que Ip Man enfrenta dez lutadores ao mesmo tempo é particularmente empolgante, sendo facilmente a melhor e mais lembrada do filme inteiro.

Retroceder Nunca, Render-se Jamais

Finalizando esta lista com mais um clássico dos anos 80 - que tem um título sensacional, diga-se de passagem -, acompanhamos a história de Jason, um jovem lutador e fã incondicional de Bruce Lee, que treina com seu pai em uma academia de karatê.

Quando o pai do garoto se recusa a fazer parte de uma organização criminosa, bandidos mandam o terrível Ivan Krushensky (Jean-Claude Van Damme, eu seu primeiro papel de destaque) até a academia, que derrota o mestre e destrói tudo.

Sem esperanças e com o coração cheio de raiva e dúvida, Jason é visitado pelo espírito do próprio Bruce Lee, que o treina para se tornar um guerreiro invencível e fazer justiça por seu pai.

Imagem de perfil
Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael