Capa da Publicação

10 grandes feitos da Jean Grey nos quadrinhos!

Por Chris Rantin

Jean Grey é uma das heroínas mais poderosas da Marvel, dotada de um potencial quase ilimitado, a ruiva consegue atingir um patamar divino quando entra em contato com a Força Fênix, entidade cósmica extremamente poderosa.

Para exaltar essa que é minha heroína favorita, separei para vocês 10 grandes feitos de Jean Grey! É possível que muita coisa tenha ficado de fora, afinal, a personagem existe desde 1963, por isso, não deixe de comentar caso seu grande feito da ruiva não tenha aparecido na lista.

Imagem de capa do item

Encontrar a Fênix

Um dos momentos mais icônicos de Jean Grey nos quadrinhos é quando ela entra em contato com a Força Fênix pela primeira vez. Aqui temos Jean se sacrificando para trazer os X-Men para a Terra, utilizando sua telecinese como um escudo para protegê-la da radiação solar.

Acontece, no entanto, que os efeitos destrutivos são fortes demais para Jean, que começa a morrer e, em pleno desespero, implora para qualquer um que a pudesse ouvir que protegesse seus amigos. É ai que surge a Fênix, que se comove com o belo gesto de Jean e - dependendo da versão da história - se funde com ela em um ser de poderes cósmicos.

Imagem de capa do item

Reparar o Cristal de M’Kraan

Um dos artefatos mais poderosos da Marvel é o Cristal de M’Krann, jóia que em seu interior guarda uma galáxia de nêutron, cujo seu Sol é o nexo de toda a matéria e antimatéria do universo de todas as realidades que existem no multiverso. Danificar o Cristal faria todo o universo ser puxado para um buraco negro.

O imperador Shi’ar D’Ken tentou utilizar os poderes do Cristal para ganho próprio, causando algum dano no artefato. Jean, junto da Força Fênix, foi a única capaz de reparar o Cristal de M’Kraan e salvar todo o universo.

Imagem de capa do item

Derrotar Apocalipse

No polêmico filme X-Men: Apocalipse vimos Jean desempenhar um papel decisivo na derrota do grande vilão dos X-Men, nos quadrinhos a heroína também já enfrentou o poderoso antagonista algumas vezes.

Em um desses confrontos, ela se aproveita de um deslize do mutante - que cria uma conexão com Ciclope para absorver os poderes dele - para atravessar todos os seus escudos físicos e mentais e lançar uma poderosa rajada psíquica de dentro dele. A ruiva aparece poderosa e totalmente focada em seu objetivo, explicando que ela sempre tem uma ligação telepática com Scott, e que quando Apocalipse abriu sua mente para o rapaz, ele permitiu que ela própria entrasse ali, ficando totalmente vulnerável aos poderes de Jean.

Imagem de capa do item

Devorar uma estrela e segurar o universo em suas mãos

O poder de Jean junto da Fênix é tão poderoso que, um dos seus grandes momentos como Fênix Negra, foi devorar uma estrela e, como consequência, destruir todo um sistema solar, matando milhares de vidas no processo.

Já como Fênix Branca da Coroa, o aspecto mais poderosos da personagem com a Força Fênix, Jean literalmente pegou o universo em que vivia em suas mãos, e vendo que ele morria, decidiu curá-lo, além de alterar alguns aspectos da realidade para impedir a destruição eminente.

Imagem de capa do item

Se sacrificar

Mas o poder da Fênix foi grande demais para Jean que acabou se corrompendo na criatura conhecida como Fênix Negra, sendo a personificação da destruição e morte do pássaro cósmico. Sabendo que não seria capaz de controlar esse poder em todos os aspectos da sua vida, Jean faz algo que, na época, era bastante original: Ela se suicida.

O ato de sacrifício é bastante simbólico, algo que o próprio Vigia comenta, admirando o fato de que Jean preferiu morrer como humana e proteger o universo do que se tornar uma Deusa e destruir tudo.

Imagem de capa do item

Enfrentar o Superman

Durante um dos crossovers entre as editoras Marvel e DC Comics, vimos os X-Men enfrentarem a Liga da Justiça. Durante o confronto, o adversário de Jean é ninguém menos que o Superman. Contrariando o que muitos poderiam esperar, quem leva a melhor nessa história é a ruiva.

Em diversos momentos vemos Jean segurando o Homem de Aço em um campo telecinético, ou disparando rajadas telepáticas nele. A luta só é interrompida, sem que Jean leve nenhum golpe, quando Destino Estranho, uma poderosa Amalgama - a fusão entre dois personagens - surge.

Imagem de capa do item

Ser incrível em Novos X-Men: Imperial

É difícil selecionar apenas um feito de Jean durante o arco Novo X-Men: Imperial, especialmente porque as coisas acontecem em sequência. Aqui temos a mutante sendo atacada por micro-sentinelas de Cassandra Nova, a irmã maligna do Xavier, o que faz com que ela literalmente comece a morrer aos poucos.

Sozinha, a ruiva consegue impedir um ataque de humanos que desejam “colher órgãos mutantes” na escola. Depois, com a ajuda de Emma, performa uma cirurgia psíquica em Xavier com êxito, e mais tarde é atacada pela Guarda Imperial Shi’ar e os enfrenta, junto dos X-Men, usando até mesmo do combate corpo-a-corpo. Como se isso não fosse o bastante, para proteger Xavier do ataque direto de Cassandra, Jean absorve toda a mente do professor, que é um dos maiores telepatas da Marvel, em um esforço que quase a mata, e distribuí partes da mente dele em todos os mutantes do mundo. É mole ou quer mais?

Imagem de capa do item

Ressuscitar Emma Frost

A morte não é nada para alguém que exclama ser “o fogo e a vida encarnados”. Tendo a ressurreição e o controle sobre a vida e a morte como parte dos seus poderes, Jean é mais do que capaz de reanimar um cadáver, mesmo que ele esteja partido em milhares de pequenos diamantes.

Foi o que aconteceu quando a ruiva trouxe Emma Frost de volta à vida, depois que a loira foi morta por uma de suas Cuckoos. Jean conseguiu juntar todos os diamantes de Emma e reanimar a Rainha Branca, e fez isso enquanto ficava conversando com o Fera sobre como a loira estava apaixonada pelo Scott.

Imagem de capa do item

Socar Galactus na cara

Em X-Men: Generations vimos as duas Jean Grey, a original e a pequena Jean - a heroína que veio do passado graças ao Fera e que ao permanecer no presente seguiu alguns caminhos diferentes da antiga - confrontando ninguém menos que o Galactus.

O vilão surgiu para devorar um dos planetas protegidos pela Fênix, que ali também estava querendo mostrar todo o seu poder para a pequena Jean. O confronto é bem rápido e, enquanto Galactus está distraído tentando sorver todo o poder da Fênix, a jovem Jean utiliza sua forma psíquica para literalmente socar o Devorador na cara, fazendo ele ir embora depois disso.

Imagem de capa do item

Dar adeus à Fênix

Ao longo de todos esse anos, ficou definido que Jean Grey era a hospedeira perfeita para a Fênix, sendo quase o melhor avatar da Força Cósmica na terra, a que melhor consegue acessar todos os poderes da criatura. Era de se esperar que Jean continuasse nesse papel ao longo dos quadrinhos, mas, recentemente em Phoenix Resurrection, HQ focada justamente na ressurreição de Jean depois de 13 anos, vemos a ruiva dar adeus ao pássaro de fogo.

O momento é extremamente emocionante, com a Fênix usando tudo que tem para tentar convencer Jean a aceitá-la novamente, prometendo desde poderes grandiosos, a ressurreição das pessoas que Jean ama e muito mais. No entanto, Jean se mantém firme, e deixa claro que, mesmo sabendo que vai se arrepender disso, tudo que ela quer é uma vida sem a Fênix.

Imagem de capa do item

Bônus: X-Men: Red

É impossível fechar essa lista sem citar a melhor fase dos X-Men atualmente. Depois da sua ressurreição - e de dar adeus à Fênix - vemos Jean liderando sua própria equipe dos X-Men em busca do antigo sonho do Xavier, onde mutantes e humanos poderiam viver juntos.

Aqui vemos todo o potencial de Jean como líder, sendo extremamente poderosa e inteligente ao organizar sua equipe e completar suas missões, além de enfrentar a perigosa Cassandra Nova, que retornou para atormentar os mutantes. Em X-Men: Red, praticamente todos os momentos de Jean são gloriosos, com ela sendo um arauto da verdade, justiça e proteção para os mutantes.

Imagem de perfil
Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"