10 grandes cenas de luta do cinema!

Capa da Publicação

10 grandes cenas de luta do cinema!

Por Raphael Martins

Filmes de ação são conhecidos pelas explosões, perseguições e tiroteios, mas o que seria deles sem os bons e velhos combates mano a mano, onde vence quem ficar de pé no final?

Os momentos onde a porrada rola solta são quase sempre os mais legais desse tipo de filme, onde seus heróis e vilões podem esbanjar toda sua habilidade e deixar todo mundo de boca aberta com coreografias de luta sensacionais.

Hora de relembrar algumas das melhores de todos os tempos! FIGHT!

O vídeo não está mais disponível.

Duelo dos destinos (Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma)

No Episódio I de Star Wars, vimos os Jedi em sua época de ouro, lutando na plenitude de seu poder. Logo, os combates com sabres de luz precisavam ser de tirar o fôlego, e nisso o filme foi muito bem sucedido.

A luta entre Obi-Wan, Qui-Gon Jinn e Darth Maul é cheia de golpes precisos, piruetas e muito uso do poder da Força, sendo tida até hoje pelos fãs como uma das melhores, senão a melhor, de todos os tempos.

O punho do bêbado (Drunken Master II)

Dirigido por Jackie Chan, este talvez seja o melhor filme de toda a carreira do astro de ação chinês. Sequência de Drunken Master, o filme que o lançou ao estrelato, ele mostra Chan usar um estilo bastante incomum do Kung Fu: o estilo do bêbado.

Na luta final, o herói Fei Hung libera todo seu poder secreto após beber álcool puro e parte pra cima do vilão com tudo, se transformando em uma força imparável e nos brindando com uma das melhores sequências de luta da história do cinema.

Botando pra quebrar (O Protetor)

Tony Jaa é um dos nomes mais populares do cinema de ação dos últimos tempos, e isso não é a toa. No Muay Thai, o cara não conhece limites, como ele demonstra com bastante perícia no filme O Protetor.

Em uma sequência incrível filmada inteiramente em um único take, Jaa invade um hotel e distribui porrada em absolutamente todo mundo que ouse se opôr no caminho dele. Memorável é pouco.

Luta na cozinha (Operação Invasão 2)

Operação Invasão 2 mostra que a Indonésia também sabe fazer filme de ação, entregando cenas de luta tão sanguinolentas quanto emocionantes.

A batalha final, travada entre os atores Iko Uwais e Cecep Arif Rahman numa cozinha, é de longe a melhor do filme inteiro, mostrada de uma maneira tão visceral que é quase como se você pudesse sentir cada porrada.

A vingança de Chen Zhen (A Fúria do Dragão)

Em um de seus melhores filmes, Bruce Lee interpreta Chen Zhen, aluno do lendário mestre Huo Yuanjia, assassinado covardemente por envenenamento. De volta à China, dominada pelo Japão e a Inglaterra, ele decide se vingar de quem quer que esteja por trás disso.

Em uma cena emblemática, Chen Zhen invade o dojo dos japoneses e quebra todo mundo na porrada, usando até um nunchaku no meio da luta.

O filme posteriormente ganhou um remake com Jet Li e uma sequência com Donnie Yen.

Dez contra um (Ip Man)

Em seu filme de maior sucesso fora da China, Donnie Yen vive Ip Man, mestre de Bruce Lee, na época em que a China sofria com a ocupação japonesa durante a segunda guerra mundial. O povo chinês era oprimido e maltratado, sofrendo constantes perseguições e injustiças.

Cheio de ódio pela morte de um amigo mestre de artes marciais, Ip Man desafia 10 guerreiros japoneses para um duelo, e o resultado é algo que só podemos definir como "devastador".

O vídeo não está mais disponível.

China x Japão (O Mestre das Armas)

Este filme conta a história de Huo Yuanjia - sim, o mesmo mestre que o Bruce Lee quer vingar em A Fúria do Dragão - criador da associação atlética Jing Wu, que viveu na época da China ocupada pelo Japão e a Inglaterra.

Desafiado por grandes mestres, Huo participa de uma competição onde deve derrotar quatro grandes guerreiros. O último deles, um japonês, se mostra um grande desafio, mas ao contrário dos outros adversários enfrentados por Huo, ele luta com honra e altivez.

A batalha do escolhido (Kung-Fusão)

Nesta comédia de Stephen Chow (Shaolin Soccer), nós acompanhamos a jornada de Sing, alguém que faz tudo para ser um bandido malvado, mas não leva o menor jeito pra coisa.

Após ser golpeado pelo vilão do filme, Sing tem o fluxo de seu chi liberado, renascendo como um ser puro de coração e praticamente um deus das artes marciais.

Sozinho, ele consegue dar cabo facilmente da perigosa gangue do machado e do terrível Fera, o vilão da história.

O vídeo não está mais disponível.

Capitão América vs Homem de Ferro (Capitão América: Guerra Civil)

Esta é uma cena inesquecível não só pelas coreografias de luta incríveis, mas pelo peso que ela carrega. São dois grandes amigos lutando entre si até a morte, algo que embora seja emocionante, também é muito triste.

Lutando pelo que acham ser correto, Steve Rogers e Tony Stark travam um combate sangrento, onde não importa quem vença, ambos perdem. Entra facilmente para a história dos momentos mais grandiosos da Marvel no cinema.

Luta na igreja (Kingsman: Serviço Secreto)

Vítima da armadilha do vilão Valentine, o agente secreto Harry Heart se vê obrigado a lutar contra um grupo de pessoas enlouquecidas em uma igreja, em uma sequência de ação sensacionalmente sangrenta ao som de "Free Bird", da banda Lynyrd Skynyrd.

Esta é de longe a melhor cena do filme, e isso quer dizer muita coisa, já que todo ele é recheado de lutas incríveis e emocionantes.