Capa da Publicação

10 Filmes que Misturam Horror e Ficção Científica!

Por Lucas Rafael

Dizem que a raiz do medo está em lidar com o desconhecido. Se este for mesmo o caso, o que é mais desconhecido para nós senão o futuro? Novas tecnologias, explorações espaciais dúbias e contatos com raças alienígenas hostis, o cinema sabe bem como explorar este medo.

Neta lista, separamos 10 filmes de horror que se mesclam à ficção científica. Faltou algum que você julga essencial? Joga pra gente nos comentários!

Imagem de capa do item

Pandorum (2009)

Em Pandorum, duas pessoas acordam em uma nave sem lembrar quem são ou quanto tempo permaneceram adormecidas. Conforme vão descobrindo a realidade da situação que os cerca, mais desesperadora a luta pela sobrevivência vai se tornando: acontece que eles não estão sozinhos.

Imagem de capa do item

Alien: O Oitavo Passageiro (1979)

Clássico é clássico. Alien nos apresenta uma história de terror claustrofóbica e angustiante, assim como um universo de ficção científica extremamente intrincado e cativante, logo, é uma presença obrigatória.

Imagem de capa do item

Sunshine: Alerta Solar (2007)

O sol está morrendo. Cabe a uma expedição especial lançar bombas atômicas em direção ao astro na esperança de reacende-lo.

Ainda assim, a solidão das estrelas afeta a mente da tripulação, fazendo com que eles lentamente se degenerem em direção a um estado de paranoia homicida.

Imagem de capa do item

A Mosca (1986)

Neste clássico assinado por David Cronenberg, vemos um cientista experimentando com teletransportes até que seu DNA se funde com o de uma mosca. Logo, ele passa por uma lenta e degradante metamorfose transformando-se em uma espécie de mosca gigante.

Imagem de capa do item

O Enigma de Outro Mundo (1982)

Clássico de John Carpenter, o longa acompanha uma equipe de exploradores confinados em uma base no meio de uma nevasca tentando sobreviver um ao outro. Detalhe: um deles é uma criatura alienígena que quer assimilar os outros.

Paranoia crescente, horror gráfico de qualidade e muita tensão tingem as cenas Enigma de Outro Mundo, longa obrigatório do gênero.

Imagem de capa do item

Além do Arco-Íris Negro (2010)

Sendo uma viagem audiovisual pesada, Além do Arco-Íris Negro traz uma trama de gato e rato entre um doutor e sua paciente em uma facilidade obtusa e ominosa.

Não é um filme de fácil digestão, justamente por ser uma loucura narrativa. Boa sorte para quem for encarar este.

Imagem de capa do item

Os Escolhidos (2013)

Alienígenas, óvnis, abduções e conspirações são os principais combustíveis de Os Escolhidos.

Na trama, vemos uma família tentar defender seus filhos a qualquer custo das tentativas de abdução efetuadas por seres espaciais sinistros.

Imagem de capa do item

Predador (1987)

Não podia faltar outro clássico do horror sci fi. Aqui, um grupo de soldados se vê caçado por uma criatura extraterrestre no meio de uma selva.

Violento e cheio de tensão, Predador entrou nos panteões de clássico por um bom motivo: é quase como você se sentisse caçado junto dos personagens.

Imagem de capa do item

O Enigma do Horizonte (1997)

Filme de Paul W.S. Anderson, aqui temos um longa de verdadeiro horror espacial acompanhando uma equipe de astronautas que viaja para resgatar os espólios de uma nave até então desaparecida.

Violência gráfica e uma atmosfera densa permeiam este que é considerado um dos melhores filmes de Paul W.S. Anderson.

Imagem de capa do item

Aniquilação (2018)

Longa original Netflix, Aniquilação traz um grupo expedicionário de mulheres que visam entrar em uma área misteriosa acometido pelo "brilho". As expedições prévias não retornaram e existe todo um suspense pairando a respeito do que exatamente se trata tal brilho.

O filme é uma ficção científica densa, levantando alguns questionamentos enquanto mergulha sem medo no território de horror gráfico e suspense. Só não espere respostas fáceis acerca da trama aqui.

Imagem de perfil
Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais