Capa da Publicação

10 filmes dirigidos por mulheres que estamos ansiosos para assistir!

Por Gus Fiaux

O mercado cinematográfico está passando por mudanças estruturais, permitindo a entrada de novas vozes – seja na frente ou atrás das câmeras. Agora, mais do que nunca, diretoras e mulheres cineastas estão tendo espaço para trabalhar em grandes blockbusters e franquias aclamadas.

Recentemente, o IMDb fez uma pesquisa falando sobre os 10 filmes dirigidos por mulheres mais aguardados dos próximos anos. E com base nesta lista, resolvemos listar os 10 filmes que mais queremos ver dirigidos por mulheres, dentre os blockbusters e grandes adaptações que serão lançados em 2019 e 2020.

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Mulan

Dirigido por: Niki Caro

A era dos remakes em live-action da Walt Disney veio para ficar. Só neste ano e no próximo, teremos mais de quatro filmes inspirados em animações clássicas - e um deles será Mulan, que vai readaptar a icônica história da mulher que precisou se disfarçar como um guerreiro para salvar toda a China.

Na direção, quem assume é Niki Caro, a neozelandesa responsável por filmes como O Zoológico de Varsóvia e Encantadora de Baleias (filme que inclusive lhe rendeu várias premiações). Sabemos que o longa será um pouco diferente da animação, mas queremos ver o resultado.

Imagem de capa do item

Frozen II

Co-dirigido por: Jennifer Lee

Frozen: Uma Aventura Congelante é, se, a menor sombra de dúvidas, um dos longas de animação mais aclamados da última década. O filme nos apresentou Elsa como um novo ícone da Disney, além de ter uma história original e única.

Neste ano, a continuação vai mostrar o que aconteceu após o primeiro filme, com Elsa já em pleno domínio de suas habilidades congelantes. Jennifer Lee, que co-dirigiu o longa ao lado de Chris Buck, vai retornar para a sequência, que promete ser maior e ainda mais épica.

Imagem de capa do item

Rua do Medo

Dirigido por: Leigh Janiak

R.L. Stine está com tudo nos últimos anos. Após um longo tempo esquecido, o autor de terror juvenil voltou com tudo com dois filmes baseados em Goosebumps, sua obra mais famosa. Entretanto, no ano que vem, outra obra sua será adaptada para os cinemas: Rua do Medo.

Leigh Janiak, a diretora do aclamado Honeymoon, vai comandar uma ambiciosa trilogia, que adaptará a série de livros mais "madura" de Stine. As expectativas estão no alto, e os longas devem ser lançados com apenas um mês de diferença entre cada capítulo.

Imagem de capa do item

Little Women

Dirigido por: Greta Gerwig

Desde o lançamento de Lady Bird: A Hora de Voar, a diretora Greta Gerwig atraiu todos os olhos em Hollywood, se provando uma das cineastas mais talentosas em vigor atualmente. E ainda neste ano ela deve retornar com Little Women, um filme com um elenco esplendoroso.

Adaptação do romance Mulherzinhas, de Louisa May Alcott, o filme segue a vida de várias irmãos que vivem em Massachusetts, em 1860. O longa é a oitava adaptação do livro, mas promete ser uma das melhores interpretações já feitas com a obra.

Imagem de capa do item

As Panteras

Dirigido por: Elizabeth Banks

Baseada em uma clássica série de espionagem da década de 70, a franquia As Panteras ganhou destaque nos cinemas nos últimos vinte anos. E felizmente, teremos uma nova versão, dessa vez dirigida por Elizabeth Banks, atriz que está explorando o mundo atrás das câmeras.

O novo longa conta com Kristen Stewart, Ella Balinska e Naomi Scott no papel do trio central. Além disso, o elenco conta com a própria Elizabeth Banks, além de Noah Centineo, Sam Claflin e Patrick Stewart. As gravações já começaram e a estreia está programada ainda para este ano.

Imagem de capa do item

The Kitchen

Dirigido por: Andrea Berloff

Com estreia prevista para agosto, The Kitchen é uma adaptação de HQs da Vertigo, que vai marcar a estreia diretorial de Andrea Berloff. Ela anteriormente havia escrito o roteiro de Straight Outta Compton: A História do N.W.A.

O longa acompanha um trio de mulheres - interpretadas por Elisabeth Moss, Tiffany Haddish e Melissa McCarthy - que em plena década de 70, precisam continuar os negócios de seus maridos criminosos, presos pelo FBI. O longa sai em agosto nos Estados Unidos.

Imagem de capa do item

Eternos

Dirigido por: Chloé Zhao

Quem acompanha cineastas em ascensão, sabe que Chloé Zhao é um dos nomes mais fortes da atualidade. Seu filme mais recente, Domando o Destino, foi ganhador de mais de vinte prêmios - além de ter recebido quarenta indicações em diversas cerimônias.

Agora, ela está contratada para dirigir Eternos, o mais novo filme da Marvel Studios, que vai abordar uma das raças mais poderosas dos quadrinhos. O filme pode ter ligações interessantíssimas com o que já foi estabelecido nos cinema, especialmente com a mitologia de Thanos.

Imagem de capa do item

Aves de Rapina

Dirigido por: Cathy Yan

Tudo bem que Esquadrão Suicida está longe de ser o filme mais querido do Universo Estendido da DC Comics, mas ao menos serviu para introduzir uma das figuras mais adoradas da franquia atualmente - a Arlequina. E no próximo ano, ela retorna - e muito bem acompanhada.

Em Aves de Rapina, veremos a anti-heroína psicótica junto de outros grandes ícones da DC Comics, como a Caçadora e a Canário Negro. A direção do filme fica por conta de Cathy Yan, famosa por seu longa indie Dead Pigs.

Imagem de capa do item

Viúva Negra

Dirigido por: Cate Shortland

Após anos, finalmente veremos uma das maiores heroínas do Universo Cinematográfico da Marvel alçando seu voo solo nos cinemas. E a responsável por isso será Cate Shortland, responsável por dramas e romances históricos como Lore e A Síndrome de Berlin.

Ainda sabemos pouco sobre esse longa, mas só de ver a Viúva Negra sendo tratada com a aventura que sempre mereceu, já estamos felizes. Com sorte, o longa vai expandir ainda mais a história da espiã, e apresentar alguns elementos que ajudarão a desenvolver ainda mais o UCM.

Imagem de capa do item

Mulher-Maravilha 1984

Dirigido por: Patty Jenkins

Por fim, não podíamos deixar de mencionar o retorno da grande heroína da DC Comics. No ano que vem, veremos Diana Prince em ação graças a Mulher-Maravilha 1984, filme que vai se passar entre os eventos do primeiro longa e Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

A aclamada diretora do primeiro longa, Patty Jenkins, retorna para a carreira de direção - e o filme promete ser ainda maior, com toda a nostalgia da década de 80, além do retorno de Steve Trevor e a presença de uma letal inimiga da personagem, a Mulher-Leopardo.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux