Capa da Publicação

10 filmes de suspense que você precisa assistir!

Por Gus Fiaux

O suspense está enraizado na história do cinema há tanto tempo quanto seus gêneros mais aclamados. Enquanto o terror tenta nos pegar pela surpresa e pelo medo, o suspense encontra sua força justamente na apreensão e na ansiedade do público, frente a uma ameaça já conhecida.

Com grandes exemplos no cinema nacional e internacional, o gênero acabou se proliferando de uma forma bem rica, com vários filmes muito bem recebidos pela crítica e pelo público. E, pensando nisso, resolvemos separar aqui 10 filmes de suspense que você precisa assistir! Eles não são necessariamente os melhores do gênero – mas são filmes que certamente merecem a sua conferida!

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Laura (1944)

Para quem não sabe, o suspense começou lentamente em Hollywood nos anos de 30 e 40, com o surgimento de um gênero chamado filme noir, que basicamente trazia tramas de intrigas policiais ou políticas, sempre norteadas por uma bela femme fatale. E um dos maiores clássicos desse movimento foi Laura, de Otto Preminger.

O filme começa quando um detetive é designado para investigar a misteriosa morte de Laura Hunt, uma bem-sucedida executiva. A partir daí, a trama começa a se desenrolar em várias intrigas e revelações surpreendentes. Vale mencionar que o filme conta com a participação de Vincent Price, posteriormente conhecido por seus vários trabalhos no horror.

Imagem de capa do item

Janela Indiscreta (Rear Window, 1954)

É impossível fazer qualquer lista de suspense sem mencionar o maior mestre do gênero, que é Alfred Hitchcock. Fica até difícil escolher um ou dois filmes dentro de sua extensa filmografia, mas Janela Indiscreta merece aplausos, por ser uma grande alegoria à experiência que todos nós temos quando vamos ao cinema,

Aqui, vemos um homem normal, que por estar se recuperando de uma fratura, passa o dia observando a vida cotidiana de seus vizinhos do prédio ao lado. No entanto, as coisas começam a dar errado quando um crime se apresenta aos olhos dele. Destaque para a brilhante participação de Grace Kelly, em um dos seus papéis de maior aclamação.

Imagem de capa do item

Um Clarão nas Trevas (Wait Until Dark, 1967)

Você pode até conhecer Audrey Hepburn por suas comédias românticas e musicais, como Bonequinha de Luxo e My Fair Lady. Contudo, em 1967, a atriz resolveu apostar em um gênero bem diferente, ao interpretar uma mulher cega chamada Susy Hendrix, em Um Clarão nas Trevas, dirigido por Terence Young.

O filme, que hoje seria visto como um terror de home invasion, mostra alguns bandidos fazendo planos para entrar no apartamento de Susy e roubar um artefato valioso - e se necessário, matar a donzela. Contudo, ela precisa se defender, usando sua deficiência como vantagem, enquanto enfrenta criminosos. É até hoje reconhecido como um dos melhores suspenses já feitos.

Imagem de capa do item

O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs, 1991)

Avançando um pouco no tempo, temos um clássico da década de 90, que deu origem à representação mais famosa do canibal Hannibal Lecter. Baseado em um livro de mesmo nome, O Silêncio dos Inocentes é um filme extremamente aclamado, tendo recebido os Oscars de Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Diretor e Melhor Filme no ano de seu lançamento.

O longa conta com a brilhante participação de Anthony Hopkins, mas a história é contada do ponto de vista da Detetive Clarice Starling, interpretada por Jodie Foster. Ela precisa investigar o misterioso caso envolvendo um serial killer conhecido apenas como Buffalo Bill. Contudo, para entrar na mente do criminoso, ela precisa da ajuda de Hannibal!

Imagem de capa do item

Seven: Os Sete Crimes Capitais (Se7en, 1995)

Se Alfred Hitchcock nos agraciava com filmes de suspense nas décadas de 50 e 60, David Fincher assumiu seu papel como o mestre do suspense moderno, trazendo longas que logo se tornaram clássicos atemporais, como Clube da Luta. Um de seus filmes que merece aplausos é Seven: Os Sete Crimes Capitais.

Aqui, acompanhamos dois detetives de polícia investigando um serial killer que mata suas vítimas com base nos sete pecados capitais. Logo, começa uma corrida contra o tempo, antes que o criminoso consiga completar seu plano. O filme conta com brilhantes atuações por parte de Morgan Freeman e Brad Pitt, além de ter um vilão memorável.

Imagem de capa do item

Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country for Old Men, 2007)

Joel e Ethan Cohen são duas figuras muito reconhecidas no cinema Hollywoodiano, mas nenhum de seus filmes conseguiu o nível de prestígio de Onde os Fracos Não Têm Vez, longa de 2007 que traz elementos do thriller psicológico e do filme de faroeste, ao lidar com temas como destino, coincidência e consciência.

Brilhantemente estrelado por Javier Bardem, um assassino de aluguel extremamente impiedoso, o filme segue a caçada de alguns policiais para prendê-lo, enquanto a história se desenrola em meio às paisagens arenosas do sul dos Estados Unidos. É um dos grandes clássicos do século, tendo ganhado o Oscar de Melhor Filme.

Imagem de capa do item

Os Suspeitos (Prisoners, 2013)

Muito antes de se tornar um ícone nerd por ter dirigido filmes como Blade Runner 2049 e A Chegada, o franco-canadense Denis Villeneuve conquistou o mundo com seu primeiro filme “comercial”, o suspense Os Suspeitos, que conta com a participação de Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal e Paul Dano.

O filme é sobre a luta de um pai para encontrar sua filha, sequestrada no Dia de Ação de Graças. A partir daí, a história se desenrola com a investigação em cima desse crime hediondo, e todos os suspeitos que podem ter levado a jovem Anna Dover. Vale muito a pena pela tensão constante e pelos vários detalhes escondidos que revelam muito sobre os personagens.

Imagem de capa do item

O Lobo Atrás da Porta (2014)

Sequestro de crianças é um tema comum em muitos filmes de suspense, e um que trata o assunto de uma forma bem interessante é o nacional O Lobo Atrás da Porta, lançado em 2014. É um filme inquietante, que se beneficia das excelentes atuações de Leandra Leal, Milhem Cortaz e Fabiula Nascimento.

O filme é baseado numa história real que chocou o Brasil na década de 60, e ficou popularmente conhecido na mídia como O Caso da Fera da Penha. Prepare-se para um terror psicológico brutal, que envolve temas extremamente pesados, além de um thriller sensual que começa a partir de um relacionamento extraconjugal.

Imagem de capa do item

Garota Exemplar (Gone Girl, 2014)

Falando em protagonistas femininas complexas, nós temos outro clássico instantâneo de David Fincher na contagem. Baseada no best-seller de Gillian Flynn, a história de Garota Exemplar começa quando uma mulher, chamada Amy Dunne, desaparece. A partir daí, seu marido se torna o maior suspeito, e começa a investigação.

O filme é cheio de plot twists e revelações assustadoras, conforme descobrimos mais sobre o passado de Amy e seu casamento. É um filme que nos faz tecer perspectivas diferentes sobre os mesmos personagens, e que se beneficia ao mostrar que, às vezes, a vítima não é bem quem imaginamos que seja...

Imagem de capa do item

Buscando… (Searching, 2018)

Por fim, outra recomendação que fica é um excelente filme lançado neste ano, chamado Buscando.... O diferencial em relação a todos os outros longas da lista é que este filme, dirigido por Aneesh Chaganty, é totalmente retratado a partir de telas de celulares, televisores e computadores.

Aqui, um homem, interpretado por John Cho, começa a investigar o misterioso desaparecimento de sua filha, com ajuda de redes sociais e de outros recursos virtuais. Aos poucos, ele vai percebendo que a história é bem mais complexa do que imaginava - e então começa uma caçada implacável para que possa encontrar a menina - ou o cadáver dela.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux