Capa da Publicação

10 Filmes de super-heróis que não foram baseados em HQs!

Por Leo Gravena

A maioria dos filmes de super-heróis atuais são baseados em HQs da Marvel e da DC, mas além dos que tem como base HQs de outras editoras, existem os filmes que são originais, ou seja, que não tiveram um material base e foram fruto da imaginação dos roteiristas e diretores.

Imagens: Divulgação
Imagem de capa do item

O Vingador Tóxico

No filme somos apresentados a um faxineiro que sempre sofreu muito bullying, cai num tonel de lixo tóxico e acaba adquirindo super-poderes que ele usa para combater gangues.

O filme é um clássico dos filmes trash, é considerado um dos piores de todos os tempos e incluiu todos os clichês imagináveis do gênero. Ele foi o maior sucesso da produtora Troma Entertainment.

Imagem de capa do item

Darkman - Vingança sem Rosto

Um cientista é espancado e deixado com uma bomba. Após a explosão a única forma de o salvar foi uma cirurgia radical que desligou seus nervos ao ponto de não sentir mais nada, perdendo até mesmo o tato. Como consequência seu corpo produz adrenalina a todo momento, o que o deixa sempre agitado e muito forte.

O filme foi escrito e dirigido por Sam Raimi, que não conseguia os direitos do Batman ou O Sombra. Assim, ele decidiu criar seu próprio filme de herói em 1990. Alguns anos mais tarde ele seria o idealizador da aclamada trilogia original do Homem-Aranha.

Imagem de capa do item

Heróis (Push)

Chris Evans, Dakota Fanning, Camilla Belle e Djimon Hounsou fazem parte deste filme de ficção que traz uma realidade onde algumas pessoas nascem com habilidades especiais.

O filme não chega a realmente possuir super-heróis, sendo muito mais uma trama de espionagem e ação onde os personagens principais possuem habilidades incríveis.

O filme foi aclamado pelas suas atuações e efeitos especiais, porém a qualidade do roteiro fez com que a crítica especializada não aprovasse o filme, que possui uma trama bem confusa e nada original.

Imagem de capa do item

Poder Sem Limites

Três alunos do colegial adquirem super-poderes e ao invés de irem salvar o mundo, eles decidem usar esses poderes para benefício próprio.

Um olhar mais realista que reflete a sociedade atual e uma nova forma de levar em conta a famosa frase de Tio Ben: "Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades".

O filme é um dos mais aclamados do gênero, trazendo uma trama realista e intrigante, ótimos efeitos e atuações impecáveis. É quase impossível imaginar que o diretor Josh Trank, responsável pelo fantástico filme, também é responsável pelo odiado e criticado reboot do Quarteto Fantástico, de 2015.

Imagem de capa do item

Operação Big Hero

Essa animação da Disney foi lançada em parceria com a Marvel e a Pixar.

Na verdade, a animação é sim baseada em uma HQ obscura da Marvel, porém a história não tem absolutamente nenhuma semelhança com os quadrinhos, fora o nome da equipe.

Além disso, vários dos grandes nomes envolvidos no filme, como o roteirista Robert Baird, sequer leram os quadrinhos.

Assim, é justo incluir esse filme na lista, porque a história é totalmente original. A mistura de Disney, Marvel e anime resultou em um filme sentimental, engraçado e cheio de ação.

Imagem de capa do item

Corpo Fechado

Após um acidente de trem onde 131 pessoas morreram, David Dunn, interpretado por Bruce Willis, é o único sobrevivente e não sofreu sequer um arranhão. Após o acidente, Elijah Price (Samuel L. Jackson), que cresceu lendo HQs, insiste que isso faz de David um super-herói.

O filme é muito interessante e bem produzido, além de ter ótimos atores e explorar as analogias de histórias em quadrinhos e super-heróis na vida real.

Depois da participação de Dunn em Fragmentado, teremos agora um "universo de heróis" do diretor M. Night Shyamalan, que unirá todos os personagens no filme Glass.

Imagem de capa do item

Hancock

Mesmo o filme tendo uma premissa interessante, ele acabou não rendendo muito nas bilheteria, não caiu nas graças dos fãs e muito menos na dos críticos.

Hancock traz Will Smith como um super-herói alcoólatra. O filme nos dá uma visão mais real de uma pessoa com tantos poderes e uma pressão de ter que sempre salvar o planeta.

Imagem de capa do item

Blankman - Um Super-Herói Muito Atrapalhado

Blankman foi um dos primeiros filmes de sátira de Damon Wayans.

Apesar desse filme ter sido feito para zombar com os filmes de super-heróis, o orçamento era tão baixo que não foi bem recebido pela crítica e teve uma renda baixíssima nas bilheterias.

Mas esse acabou sendo um caso de "tão ruim que é bom" e, após um tempo, o filme acabou se tornando um clássico que passa até hoje em alguns canais alternativos de TV.

Imagem de capa do item

Super

Com Rainn Wilson, Ellen Page, Liv Tyler, Kevin Bacon e Nathan Fillion no elenco, Super é um filme de super-heróis com humor negro e classificação +18.

No filme, depois que Frank (Wilson) perde sua esposa para um traficante de drogas muito mais charmoso, ele decide se transformar em um super-herói e escolhe Crimson Bolt, com a ajuda de Libby (Ellen Page), que também vira uma heroína. Os dois saem pela cidade para combater os crimes da forma mais bizarra possível e possuem nenhuma habilidade para salvar o mundo.

Imagem de capa do item

Os Incríveis

Em Os Incríveis, acompanhamos a história da família Pêra, que após o governo proibir que vigilantes mascarados saiam salvando o mundo por aí, tem que se contentar em viver uma vida normal. Porém, quando o Sr. Incrível é chamado para uma ilha remota para uma missão secreta, toda a família acaba entrando em ação.

O filme teve uma das maiores bilheterias da Pixar, é amado pelos fãs e pela crítica. Recebeu uma indicação ao Oscar por melhor roteiro original e outra pela mixagem de som, além de ter ganho o Oscar por melhor filme animado e por melhor edição de som.

A sequência do filme já está confirmada e estreará em junho de 2018. Até lá, podemos apenas esperar que ele seja tão bom quanto o primeiro.

Imagem de perfil
Leo Gravena

Editor | Ele/Dele | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."