Capa da Publicação

10 fatos e curiosidades sobre Ray Fisher, o Cyborg!

Por Marie Bakhuizen
Imagem de capa do item

Escola

Ray Fisher estudou no colégio Haddon Heights no estado de Nova Jérsei nos Estados Unidos.

Ele foi apresentado ao teatro pelo seu professor de inglês.

Ray entrou para o grupo de teatro do colégio e cantava no coral de sua igreja.

Imagem de capa do item

Ator

Após se formar do segundo grau, ele estudou na Musical and Dramatic Academy em Nova Iorque, onde ele aprimorou seu talento de canto, dança e atuação.

Imagem de capa do item

O Sol é Para Todos

Em 2008 ele começou a se apresentar com o elenco do Shakespeare Theatre of New Jersey.

Ray interpretou Tom Robinson, personagem principal da peça O sol é para todos (To Kill a Mockingbird).

Imagem de capa do item

Macbeth

Em 2009 ele atuou na peça Macbeth, de Shakespeare, novamente no Shakespeare Theatre of New Jersey na Universidade Drew, em Madison, Nova Jérsei.

Imagem de capa do item

Muhammad Ali

Fisher foi muito reconhecido pela sua interpretação de Muhammad Ali na peça Fetch Clay, Make Man no Worskhop de Teatro de Nova Iorque em 2013.

Imagem de capa do item

Filme Ali

Sua performance chamou tanta atenção que Ray foi abordado por Ang Lee para uma possível adaptação da peça Fetch Clay, Make Man para os cinemas.

Ang Lee ganhou o Oscar de Melhor Diretor duas vezes, por "O Segredo de Brokeback Mountain" e "As Aventuras de Pi".

Imagem de capa do item

Star Wars

Ray foi um dos atores cogitados para interpretar Finn, um papel principal em Star Wars: O Despertar da Força.

O papel acabou ficando com o ator John Boyega.

Imagem de capa do item

Cyborg

Rey Fisher foi confirmado como Victor Stone, o Cyborg, em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, que estreia dia 25 de março de 2016.

Ele irá interpretar o personagem nos filmes da Liga da Justiça e também num filme solo do Cyborg em 2020.

Imagem de capa do item

Liga da Justiça

Acostumado aos palcos de teatro, foi um grande passo para o ator fazer parte de uma superprodução hollywoodiana.

"Conheci quase todos os membros da Liga da Justiça, só falta o Henry Cavill e a Ezra Miller. É surreal. Imaginava que trabalhar num set de filmagem hollywoodiano seria super estressante, mas vi que não é nada disso. Se rolou algum stress não foi quando eu estava lá."

Imagem de capa do item

Universo DC

Ray estava tão animado em participar do Universo DC que nem tinha muita informação sobre seu personagem quando assinou o contrato.

"Eu não sabia os planos da DC e da Warner quanto ao meu personagem. Quando assinei o contrato, só queria fazer parte desse universo. Só fiquei sabendo depois que teria um filme solo, nunca esperava isso. Não esperava que isso acontecesse na minha carreira antes de chegar nos meus 40 anos. É uma enorme honra, mas já estou sentindo um pouco de pressão. A minha cabeça está um emaranhado de emoções."

Imagem de perfil
Marie Bakhuizen

Jornalista, correspondente internacional da Legião dos Heróis!