Capa da Publicação

10 fatos e curiosidades sobre Homem-Aranha: A Série Animada!

Por Felipe de Lima

Essa animação é sem duvida uma das preferidas dos fãs do Cabeça de Teia e foi uma das responsáveis por eternizar os anos 90! Conheça algumas curiosidades sobre Homem-Aranha: A Série Animada!

Imagem de capa do item

Crossovers

O Homem-Aranha da série animada se encontrou com diversos outros personagens da Marvel no desenho, como Blade, Capitão América , Demolidor, Justiceiro, Homem de Ferro e os X-Men.

Imagem de capa do item

Censura

Já notou que cenas de violência são raras na animação? Pois bem, tem um motivo para isso, acontece que na época a Fox estava enfrentando algumas complicações judiciais devido ao alto nível de violência em seus programas infantis.

Tento essa questão em mente, os produtores optaram por tornar a série o mais politicamente correto possível, proibindo armas realistas (que foram substituídas por raios lasers), crianças em perigo e vidros quebrando, mas a principal delas era de que o Homem-Aranha não poderia dar socos nos inimigos.

Música Tema

Quem fez a música tema da série animada do Homem-Aranha foi ninguém mais, ninguém menos, que Joe Perry, o principal guitarrista do Aerosmith.

Imagem de capa do item

Video Game

Ao todo foram produzidos quatro jogos baseados na animação:

Spider-Man Cartoon Maker, Spider-Man Animated Series, Spider-Man e Spider-Man 2: Enter Electro.

Imagem de capa do item

Madame Teia

Essa curiosidade é um tanto desconhecida por nós brasileiros, mas quem deu voz à Madame Teia no original foi ninguém mais, ninguém menos que Joan Lee, a esposa do grande Stan Lee, o criador do Homem-Aranha!

Imagem de capa do item

Os Seis Traiçoeiros

Uma grande mudança da animação em relação aos quadrinhos foi a alteração do nome do Sexteto Sinistro, que em inglês ficou como Insidious Six, Os Seis Traiçoeiros.

Além disso, apenas dois dos membros originais da equipe de vilões aparecem na animação: Doutor Octopus e Mysterio. O Shocker, O Chameleão, Escorpião e Rhino substituíram os membros ausentes do sexteto, o Homem-Areia, Electro, Abutre e Kraven, o Caçador.

Imagem de capa do item

Homem-Aranha: Ação Sem Limites

A série animada terminou no início de 1998, porém em 1999, os produtores resolveram voltar com a série, reformulando o traço, dando um novo traje para o Homem-Aranha e chamando as novas temporadas de " Homem-Aranha: Ação Sem Limites".

Mas eles não contaram que o Homem-Aranha já estava saturado e poderia não funcionar como antigamente - e o resultado não foi outro, "Ação Sem Limites" foi completamente ofuscado pelo sucesso de Digimon, Pokémon e outros desenhos japoneses da época, durando apenas uma temporada.

Imagem de capa do item

Peter Parker em dobro!

Originalmente, o estúdio quis que Ação Sem Limites contasse com o Homem-Aranha da série animada, e que os dois Peters se encontrassem na contra-Terra para viverem aventuras juntos. Porém, a Marvel afirmou não gostar da ideia de dois Homens-Aranha compartilhando o mesmo universo.

Imagina o que esses caras pensaram ao ler SpiderVerse...

Erros de Tradução

Hoje em dia erros de tradução são muito raros, tanto nos filmes quanto nos desenhos, mas nos anos 90 isso era muito comum, e o do Homem-Aranha possui algumas pérolas muito engraçadas.

Wolverine foi traduzido como Lobão; o Justiceiro era o Vingador e mais tarde foi chamado de O Carrasco. Mas o pior de todos foi o Demolidor, que acredite ou não, se chamava "Atrevido".

Imagem de capa do item

Por quê o Homem-Aranha não tem uma origem?

A série notavelmente não tem um episódio de origem para explicar como o Homem-Aranha coseguiu seus poderes. Isso aconteceu porque a série estrearia junto com o longa-metragem do Homem-Aranha em 1994, escrito por e dirigido por James Cameron.

O roteiro do filme incluía uma história de origem e, para evitar a redundância, a série animada acabou sem uma, mas o filme nunca saiu do papel.

Para compensar isso, o episódio "Faça um Desejo" da terceira temporada contém uma cena extra em que o Homem-Aranha explica sua origem.

Imagem de perfil
Felipe de Lima

Pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo. Me segue no twitter @tearsgodown