Capa da Publicação

10 curiosidades sobre a franquia Metal Gear Solid!

Por Lucas Rafael

A franquia Metal Gear Solid se tornou um dos maiores ícones dos games, alçando seu criador, o desenvolvedor Hideo Kojima, em uma espécie de estrelato que é difícil de alcançar no meio dos jogos eletrônicos.

Foram diversos jogos, muita ação tática envolvendo intrigas internacionais, clones, guerras e criaturas robóticas gigantes. Nesta lista, separamos algumas curiosidades a respeito da franquia Metal Gear Solid.

Faltou alguma que você julga essencial? Tudo bem, afinal é uma franquia extensa com diversos capítulos cheios de curiosidades, é só contribuir pra lista nos comentários!

Imagem de capa do item

Snake foi inspirado em Snake Plissken, um personagem de Kurt Russell.

Muito do DNA da franquia Metal Gear Solid é composto por filmes dos anos 80/90, e uma das maiores referências talvez seja o personagem que serviu de inspiração para o protagonista, Snake.

Estamos falando de Snake Plissken, personagem do ator Kurt Russell nos filmes Fuga de Nova York (1981) e Fuga de Los Angeles (1996), ambos feitos pelo diretor John Carpenter.

Imagem de capa do item

As fases de Metal Gear Solid eram primeiramente construídas em Lego!

Para conceber a diposição das fases do primeiro Metal Gear Solid, Kojima e sua equipe as arquitetavam em Lego primeiramente antes de transpô-las para o computador. Isso ajudou a lidar com a tecnologia de gráficos 3D, uma novidade até então na indústria.

O engraçado aqui é que a esposa de Kojima havia ficado irritada com a quantidade de tempo que seu marido ficava longe de casa trabalhando no jogo, e quando Kojima levou seu próprio filho para conhecer o estúdio, ele voltou contando pra Mãe que "Papai está brincando de Lego o dia todo." Pelo menos o resultado da brincadeira compensou.

Imagem de capa do item

O personagem Johnny Sasaki é baseado em uma pessoa real.

Johnny Sasaki é um personagem recorrente na franquia Metal Gear, sendo geralmente usado como alívio cômico, Sasaki geralmente desmaia ou pode ser visto tendo diarreias. O estômago frágil de Sasaki virou um acorde de humor frequente de Metal Gear.

Aparecendo em diversos jogos, (com seu avô aparecendo em Snake Eater, também com um estômago frágil), Sasaki foi inspirado em Hideki Sasaki, um dos desenvolvedores de Metal Gear Solid, que trabalhava na modelagem 3D de personagens.

Sasaki era meio preguiçoso, provavelmente indo ao banheiro constantemente para matar tempo, então, seus colegas o colocaram no jogo para tirar uma com a cara do rapaz, e a piada acabou pegando.

Imagem de capa do item

Metal Gear referencia MUITOS filmes, principalmente de Stanley Kubrick

Hideo Kojima é conhecido por ser um maníaco por filmes, sério, ele já teve de ir ao médico porque não parava de assistir filmes.

Seu gosto pela sétima arte acaba refletindo em diversas referências espalhadas através da franquia Metal Gear.

Além da já citada inspiração em Fuga de Nova York, Kojima também espalha muitas referências ao diretor Stanley Kubrick, seu favorito. Uma delas é o nome de Snake - Dave, e Otacon - HAL, referenciando os personagens Dave e o computador assassino Hal de 2001 - Uma Odisseia no Espaço.

Já a cena em que Mery leva múltiplos tiros de um sniper é uma referência a Nascido para Matar, conforme o próprio Kojima já confirmou.

Imagem de capa do item

Hideo Kojima está presente em jogos da série

O próprio Hideo Kojima aparece em alguns jogos da franquia, notoriamente sendo um soldado recrutável para a Mother Base do jogador.

Em Metal Gear Solid: Ground Zeroes é possível resgatar Kojima em uma missão, com o criador da franquia aparecendo ingame e tudo mais. Dá até pra exportar o save de Ground Zeroes para Phantom Pain e ter Kojima em sua base.

Caso você não o tenha salvo em Ground Zeroes, existe uma missão em Phantom Pain que permite o resgate de Hideo, mais uma vez.

Imagem de capa do item

O final da bomba nuclear em Phantom Pain

Vocês não podem acusar Kojima de não tentar surpreender sua audiência através de seus games. Embora a maioria dos jogos atuais sejam escassos em termos de segredos e easter-eggs, Phantom Pain trouxe um final quase impossível de ser liberado.

No modo online do jogo, cada jogador gerencia sua Mother Base com armas nucleares. Caso todas as armas nucleares criadas no modo online sejam desativadas (imagine mais de milhares de jogadores chegando ao mesmo consenso) um final seriado ativado, mostrando os Diamonds Dogs prezando por um mundo sem armas nucleares.

Só descobriram que esse final existia através da versão de PC do game, onde um bug o ativou por acidente.

Imagem de capa do item

Os detalhezinhos da luta contra Psycho Mantis

São diversas as lutas contra chefes memoráveis de Metal Gear Solid, no entanto, talvez a mais comentada seja a contra Psycho Mantis, no primeiro título da franquia Solid.

A maioria já deve saber que Mantis lê os arquivos do Memory Card do jogador como se estivesse lendo a mente do mesmo, falando sobre os dados dos jogos salvos. No entanto, o maior twist da luta é que o personagem lê os movimentos do jogador, forçando-o a trocar a porta do controle 1 do PS1 para a porta 2: uma incrível quebra da quarta-parede.

Mas Hideo Kojima não é bobo: se sua porta do controle 2 não estiver funcionando, Snake é informado pelo rádio que quebrar as estátuas da arena da luta faz Mantis perder seu domínio psíquico.

Outro detalhe curioso da luta é que, na versão japonesa do game, caso você tenha outros jogos de Kojima salvos em seu memory card (como Snatcher ou Policenauts), o próprio Hideo Kojima se manifesta através do vilão para agradecer ao jogador pelo suporte.

Imagem de capa do item

David Bowie

Pode soar estranho, mas David Bowie é um cara essencial para a mitologia de Metal Gear Solid.

Desde diversas referências ao cantor através da franquia, até o nome de equipes como Diamonds Dogs, o fato de o nome de Snake ser David e figuras como Major Tom, Kojima já declarou diversas vezes que a discografia do artista é uma fonte de inspiração para inúmeros elementos de Metal Gear Solid.

Existe até aquela teoria que todos os personagens da franquia são modelados com base em Bowie.

Imagem de capa do item

Metal Gear Solid 1 é assombrado

Existe uma câmera escondida no primeiro Metal Gear Solid. Caso você a encontre e termine o jogo, dá pra recomeçar o game usando-a em uma caça a fantasmas.

Os fantasmas que você persegue são os rostos dos criadores do jogo, só existe um detalhe: conseguir todos os 42 fantasmas requer seis memories cards de Playstation 1 para armazenar as imagens.

Imagem de capa do item

Já fez crossover com Monster Hunter e Super Smash Bros

Monster Hunter é uma das franquias de game mais populares do Japão, e em Metal Gear Solid: Peace Walker, um crossover foi realizado, no qual algumas das criaturas monstruosas do título apareciam como chefes e, acredite, eram alguns do chefes mais difíceis do game.

Além da aparição de monstros de Monster Hunter, Snake já saiu na porrada com Mario e outros personagens da Nintendo em Super Smash Bros. Brawl, no qual era um personagem jogável que chegou a contar com seu próprio mapa.

Imagem de perfil
Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais