10 Curiosidades e Easter eggs de Agents of S.H.I.E.L.D.

Capa da Publicação

10 Curiosidades e Easter eggs de Agents of S.H.I.E.L.D.

Por Leo Gravena
Imagem de capa do item

10 - The Zeppo

Em uma entrevista, Joss Whedon disse que Agents of SHIELD **”é basicamente uma série de TV do ‘the Zeppo’ (um aclamado episódio de Buffy), que possui uma deliberada desconstrução de um episódio de Buffy para colocar em foco a pessoa que menos importava. As pessoas que são ignoradas são as pessoas que estou escrevendo como meus heróis desde o começo.”

Imagem de capa do item

9 - 616

O número do avião pessoal da equipe do agente Coulson, chamado de “The Bus” é 616, que é o número dado a realidade principal do universo Marvel.

Imagem de capa do item

8 - San Juan

Na segunda temporada, um templo Inumano/Kree é encontrado em San Juan, Porto Rico. E as informações dadas no episódio são totalmente reais!

Até hoje, ninguém ousa entrar dentro da “Garita del Diablo”, e ela é fechada para o público de qualquer forma. O local, também, marca exatamente um dos cantos do Triangulo das Bermudas.

Imagem de capa do item

7 - No Armário

Muitos fãs ficaram irritados quando Victoria Hand foi morta no seriado. Nos quadrinhos, ela é uma importante personagem (e teve importância também na série), além de ser lésbica. Isso faria dela a primeira personagem LGBT do universo Cinematográfico Marvel. Se não tivesse levado diversos tiros e morrido nas mãos de Ward.

Além disso, Isabelle Hartley (Lucy Lawless, a Xena) iria comentar sobre o romance que tinha com Victoria Hand, porém os escritores acharam melhor deixar isso de lado, já que planejavam matar a personagem menos de 40 minutos depois e não queriam parecer “homofóbicos” após terem matado duas personagens lésbicas de forma violenta.

Imagem de capa do item

6 - Rising Tide

O Grupo ativista de hackers “Rising Tide” do qual Skye faz parte também é o nome de um grupo ativista real. Contudo, eles não são hackers, mas sim um grupo ativista que luta contra as mudanças climáticas.

Obviamente eles não ficaram nada felizes com o seriado utilizando o nome.

Imagem de capa do item

5 - Apelidos

Os fãs, como sempre, passaram a dar diversos apelidos para os personagens:

Inicialmente, chamavam o show de “Internos da S.H.I.E.L.D.”, devido a pouca idade dos protagonistas;

Ward foi chamado de “Duas Caras” após a revelação do final da primeira temporada e “Barba do Mal” na segunda.

Os misteriosos símbolos (escrita Kree) de Coulson e Garret são chamados de “Matemática Kree”

Trippet é muitas vezes chamado de “Ward Negro” e Hunter de “Ward Bronzeado”

Imagem de capa do item

4 - Historia muito semelhante!

Na segunda temporada, Fitz sofre uma aparente morte cerebral, interage com alguém que ninguém pode ver (nesse caso, uma Simmons criada pela imaginação do engenheiro) e a única pessoa que pode compreendê-lo é seu melhor amigo, Mack.

Em The Fades, uma série inglesa protagonizada por Iain de Caestecker (o Fitz), o personagem principal, Paul, sofre uma morte cerebral, ele pode ver os “Fades”, seres humanos que após morrerem, não podem “ascender”. E ele tem a ajuda de seu melhor amigo: Mac.

Imagem de capa do item

3 - Lola

A série mostra que o carro de Coulson, chamado Lola pode voar. Nos quadrinhos da Marvel e da SHIELD, carros voadores são fornecidos pelas Industrias Stark e são veículos padrões da organização desde 1967.

Imagem de capa do item

2 - Exército de Ward

Muitos fãs não responderam bem a revelação de Bett Dalton ser um agente duplo. Contudo, ele ainda tem uma grande base de fãs nas mídias sociais que apoiam o personagem e sua futura redenção.

Imagem de capa do item

1 - Reviravolta

Os criadores não falaram para Brett Dalton que Ward iria ser um agente da Hydra até pouco antes de filmarem o episódio “Turn, Turn, Turn”. Ele foi o primeiro a saber que o personagem seria um agente duplo.

Enquanto isso, Bill Paxton, o agente John Garret, sabia que seu personagem seria Hydra desde sua contratação. E manteve o segredo de todos do elenco, inclusive Clark Gregg.

Imagem de perfil
Leo Gravena

Editor | Ele/Dele | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."