Capa da Publicação

10 Coisas que você talvez não saiba sobre a Cidade de Gotham!

Por Leo Gravena

Gotham esta perto de estrear sua ultima temporada, nela vemos a cidade antes do surgimento do Cavaleiro das Trevas. Na série conhecemos um pouco mais sobre o pano de fundo que gerou um dos maiores heróis de todos os tempos.

Mesmo assim, ainda existe uma série de fatos que até mesmo os mais bat-maníacos podem ter deixado passar despercebido dos quadrinhos.

Aqui estão 10 coisas que você talvez não saiba sobre a cidade de Gotham!

Imagem de capa do item

O Morcego Demônio!

Gotham sempre esteve envolvida em uma série de catástrofes. Terremotos, pragas e, logicamente, todos os vilões que decidiram tornar a cidade seu lar.

Mas os cidadãos e os bat-leitores devem se questionar: Por que tudo sempre acontece em Gotham?

Demônios, é claro! Para ser mais exato, um demônio chamado Barbatos, invocado por ninguém menos que Thomas Jefferson. O autor da declaração de independência americana era um ancestral de Bruce Wayne e, juntamente com outras personalidades da época, acabou envolvido com forças ocultas que ditaram o futuro não apenas de Gotham, mas de toda a América.

Imagem de capa do item

Terra de Ninguém!

Muitos fãs do Cavaleiro das Trevas estão familiarizados com o plot de Bane isolando a cidade do resto do país. Para isso, o vilão destruiu quase todas as pontes da cidade. Que tipo de monstro faria isso?

Bem, o próprio governo americano já o fez! Depois da cidade ser palco de um terremoto que matou milhares de pessoas e destruiu grande parte dos edifícios, a população resolveu fugir de Gotham. O governou ordenou que todas as saídas da cidade fossem bloqueadas e os moradores de Gotham não eram mais considerados cidadãos americanos.

Logicamente, os criminosos passaram a ditar as regras, mas o Comissário Gordon e seus homens, ao lado de Batman, conseguiram por um fim nesse mundo sem lei.

Imagem de capa do item

A cidade criou o Batman!

Caso você ainda não tenha lido Batman – Descanse em Paz, de Grant Morrison, pare o que quer que esteja fazendo e vá conhecer um pouco mais dessa psicodélica fase do Homem-Morcego.

A trama é bem confusa, mas, tentando resumir a história, Bruce Wayne perde sua memória e surge um novo Batman vindo do planeta de Zur-em-Arrh. Esse Batman consegue conversar com as gárgulas nos edifícios da cidade e descobre que Gotham é basicamente uma entidade viva.

A cidade conseguiu perceber o que vinha acontecendo e até mesmo o futuro e o inevitável fim de Gotham. Por isso, ela mesma resolveu criar o Batman e organizou os eventos de forma que tudo ocorresse como ocorreu, para que Thomas e Martha Wayne fossem assassinados e seu futuro salvador surgisse!

Imagem de capa do item

Foi reconstruída por Lex Luthor!

Terra de Ninguém parecia ser um problema do qual jamais a cidade conseguiria se recuperar.

O massacre do Terremoto, uma cidade arruinada, evacuação em massa e um país que virou as costas para seu povo. Mas uma alma caridosa resolveu salvar Gotham: Lex Luthor!

Luthor gastou rios de dinheiro para reconstruir a cidade e diante da reestruturação de Gotham e do apelo popular, o governo teve de reconsiderá-la como jurisdição dos Estados Unidos da América.

Quanto a Lex? Logicamente, tudo não passava de um plano para tentar controlar a cidade, mas que foi impedido por Batman.

Imagem de capa do item

O lar do Lanterna Verde!

Quando nos lembramos de Gotham, imediatamente associamos a cidade ao Batman. Mas ele não foi o único herói que transformou a cidade em seu lar.

O engenheiro Alan Scott, Lanterna Verde da Era de Ouro, também passou a viver em Gotham quando a DC Comics adquiriu os direitos da All-American Comics.

Scott ganhou seus poderes depois de um acidente ferroviário. O empregado da Gotham City Broadcasting Company encontrou uma lanterna que emitia uma misteriosa luz esverdeada. Uma entidade surgiu da luz e lhe explicou sua nova missão. Alan construiu um anel, a partir de uma peça do artefato, que precisava ser recarregado a cada 24 horas.

Membro da Sociedade da Justiça da América, o Lanterna verde passou a combater o crime em Gotham.

Certa vez, quando Bruce Wayne era apenas um garotinho, ele viu o herói lutando contra o vilão Geada. Esse episódio serviu como inspiração para Bruce se tornar o Batman, anos mais tarde.

Imagem de capa do item

O governo facilita a vida do Batman!

É fácil se desligar da realidade lendo as histórias do Batman. Afinal, em que outro universo consideraríamos nobre e heroico um bilionário espancando doentes mentais vestido em uma fantasia de morcego?

Mas há algo que intriga muitos leitores. Por que não existem letreiros, outdoors, sinais de neon, ou outras dessas gigantescas propagandas que poluem os telhados e fachadas de toda grande cidade americana?

Bem, em Asilo Arkham: Inferno na Terra de Dan Slott, descobrimos que o vilão Humpty Dumpty tentou consertar o relógio da torre de Gotham e acabou provocando uma enorme reação em cadeia que destruiu a maior parte dos letreiros da cidade e causou muito tumulto e destruição.

Para prevenir novos acidentes como esse, o governo decretou uma lei que proibia a utilização de propaganda desse tipo em Gotham. Assim, o Cavaleiro das Trevas tem todos os telhados escuros e livres para se esconder e planar tranquilamente pela cidade.

Imagem de capa do item

Gotham fica em Nova Jersey!

Pode não ser a mais curiosa das curiosidades, mas é interessante saber!

O Batman surgiu em Nova York. Antes de Gotham ser mencionada, as aventuras do morcego se passavam na “Big Apple” e podemos perceber referências à cidade nos filmes do Batman de Tim Burton e até mesmo na recente série da Fox. O icônico universo de Christopher Nolan é conhecido por ser filmado em Chicago. No entanto, a localização exata da cidade é Nova Jersey.

Em um jogo de RPG lançado pela DC Comics em 1990, tínhamos um mapa de todo o universo da editora e Gotham estava localizada no Playground da América. Além disso, na Detective Comics #503, é mencionado que Jersey Shore fica a apenas 30 quilômetros de Gotham e na Sombra do Batman Anual de 1994, vemos uma placa que diz claramente Gotham City, NJ.

Imagem de capa do item

O Asilo Arkham já foi mais animado!

Até mesmo os que não estão habituados com o Universo do Batman sabem que o Asilo Arkham é um lugar sombrio e cercado de terror.

Mas nem sempre foi assim. Quando foi criado por Dennis O’Neil, em 1974, o lugar acomodava os vilões da divertida Era de Prata, como um Coringa mais brincalhão, que pregava peças nos enfermeiros do local em vez de arrancar o próprio rosto atrás das grades. No entanto, conforme as histórias do Batman foram ficando mais sombrias, o Asilo também ganhou um novo tom.

Na verdade, sua reputação definitiva foi construída em 1989 com Asilo Arkham – Uma Séria Casa em um Sério Mundo, de Grant Morrison. Na história, conhecemos Amadeus Arkham, o fundador do Asilo que pretendia abrir uma casa de apoio para auxiliar pacientes considerados insanos, já que sua mãe havia morrido de distúrbios mentais.

No entanto, um de seus primeiros pacientes, Martin “Mad Dog” Hawkins escapou. O fugitivo estuprou a esposa de Amadeus e assassinou a mulher e a filha do proprietário do Asilo. Amadeus fez questão de cuidar de Martin pessoalmente e “acidentalmente” matou o paciente em uma cadeira elétrica. Depois disso, Amadeus tornou-se cada vez mais sanguinário e insano e transformou o Asilo em uma prisão, garantindo que ninguém jamais saísse de lá vivo.

Imagem de capa do item

A Lenda do Batman!

Em muitas histórias do Cavaleiro das Trevas, podemos perceber que a população trata o herói como uma lenda urbana. Isso pode ser explicado pela presença das Bat-caixas!

As Bat-Caixas são dispositivos espalhados pela cidade que desativam câmeras e rastreadores e auxiliam o Homem-Morcego a manter-se fora dos radares da polícia.

Assim, muitos bandidos ficam surpresos quando se encontram com o Batman, já que grande parte acredita que o herói é uma lenda criada pela polícia para assustar os mais covardes e tentar controlar a criminalidade.

Imagem de capa do item

Uma cidade amaldiçoada!

Gotham constantemente é assolada por grandes catástrofes. Parte de sua maldição vem do Demônio Morcego que mencionamos anteriormente. Mas o grande problema de Gotham vem de tempos ainda mais antigos, que envolvem um grande mago aprisionado na cidade.

Em 2005, foi explicado que um mago poderosíssimo foi aprisionado em uma tumba por milênios e, quando despertou, tentou espalhar o mal por todo o universo.

O Pacto das Sombras, grupo formado por heróis místicos, conseguiu evitar que os planos do Doutor Gotham (nome que o vilão adotou para si) dessem certo. Mas, mesmo depois de derrotado, sua influência maligna continua pairando sobre Gotham City enquanto a cidade permanecer de pé.

Imagem de perfil
Leo Gravena

Editor | Ele/Dele | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."