Capa da Publicação

10 coisas que você precisa saber sobre Yon-Rogg!

Por Evandro Lira

Yon-Rogg é um vilão dos quadrinhos da Marvel que recentemente ganhou sua adaptação para os cinemas no filme solo da Capitã Marvel.

Nessa lista você vai conhecer a trajetória do personagem, desde quando ele conheceu Mar-Vell, o Capitão Marvel, com quem teve uma longa rivalidade, até o momento em que ele é derrotado por Carol Danvers com a ajuda dos Vingadores. Confira!

Imagem de capa do item

Primeira Aparição

A primeira aparição de Yon-Rogg nos quadrinhos foi em 1967 na edição #12 de Marvel Super-heroes. Criado por Stan Lee e pelo ilustrador Gene Colan, o vilão é apresentado junto ao herói Capitão Marvel.

Os dois estão juntos, liderando uma equipe de Kree numa missão na Terra. Até que, por ciúmes da relação de Mar-Vell com uma das tripulantes, Yon-Rogg mostra seu primeiro traço de vilania e decide abandonar o herói na Terra.

Imagem de capa do item

Comandante do Império

Yon-Rogg é um alienígena do planeta Hala, que possui um alto cargo no Exército do Império Kree. Sua fisiologia permite que ele resista a diversos tipos de venenos e toxinas, além de ser bem mais forte que um ser humano. Com poderes de longo alcance, Yon-Rogg consegue disparar rajadas de fótons e energia de suas mãos.

Imagem de capa do item

Um jovem Capitão Marvel

Yon-Rogg conheceu o jovem e idealista Mar-Vell quando os dois foram enviados numa missão para encontrar um militar desaparecido. A missão os levou a enfrentar os Skrulls e os Shi'ar. Juntos, Yon-Rogg e Mar-Vell combateram a Rapina e a Guarda Imperial .

Imagem de capa do item

Consumido pelo ódio

Nessa primeira missão, Mar-Vell começou a se encantar pela médica da tripulação, Una, algo que deixou Yon-Rogg furioso, pois ele nutria uma paixão pela mulher. Depois disso, Yon-Rogg, consumido pelo ódio, enviou Mar-Vell para uma missão solitária na Terra, com a intenção de que ele morresse por lá.

Imagem de capa do item

A morte de Una

Ronan, o Acusador sentenciou Mar-Vell à morte, algum tempo depois, e ordenou que Yon-Rogg o executasse. Ele prontamente aceitou a tarefa, satisfeito, mas quando estava prestes a fuzilar o super-herói, eles foram atacados por guerreiros Aakon.

E depois ter tentado prejudicar a relação de Mar-Vell e de Una de todas as maneiras, Yon-Rogg vê a mulher sendo morta durante o ataque dos Aakon.

Imagem de capa do item

As máquinas

Mesmo com a morte de Una, o ódio por Mar-Vell continuou, e cada vez mais forte. Depois de se apossar de uma máquina de tecnologia Kree que estava guardada na Terra, chamada Magnitron-Psíquico, Yon-Rogg cria o Mandroid, a única coisa capaz de derrotar Mar-Vell.

Mas o Capitão Marvel consegue enganar a máquina fazendo com que ela própria destrua sua fonte de origem, a Magnitron-Psíquico, estragando todo o plano de Yon-Rogg.

Imagem de capa do item

Poderes para Carol Danvers

Foi essa guerra entre Yon-Rogg e o Capitão Mar-Vell que deu origem aos poderes de Carol Danvers.

O vilão sequestrou a mulher, que era chefe de segurança em uma instalação da NASA onde Mar-Vell estava infiltrado. Ele a amarrou à máquina, que explodiu, fazendo com que ele morresse e Carol Danvers fosse atingida pela energia radioativa.

Mas como Mar-Vell se colocou entre a explosão e a amiga, a irradiação da bomba fez com que o seu DNA se misturasse ao de Carol, concedendo a ela super poderes similares ao do super-herói.

Imagem de capa do item

Ligação mental com a Capitã Marvel

Posteriormente, Carol Danvers já com a alcunha de Capitã Marvel, descobre que sua psique estava ligada a de Yon-Rogg. De alguma forma, a mente do vilão estava ligada ao Magnitron-Psíquico, a máquina que deu origem aos poderes da heroína. Com isso, Yon-Rogg conseguia manipular as memórias de Carol, e a partir daí atacar a Terra. E mesmo com a ajuda dos Vingadores, a Capitã Marvel não era páreo para enfrentar Yon-Rogg.

Imagem de capa do item

Finalmente derrotado

Foi só quando Carol Danvers percebeu que a sua ligação ao Magnitron-Psíquico dava toda a vantagem para Yon-Rogg, que a heroína resolve voar para fora da atmosfera da Terra. Isso acaba lhe causando um dano cerebral que faz com que a sua ligação com a máquina enfim se encerre. Sem poderes, Yon-Rogg é finalmente derrotado e apanhado pelo Capitão América.

Imagem de capa do item

No Universo Cinematográfico da Marvel

O personagem aparece no filme solo da Capitã Marvel, sendo interpretado por Jude Law. No longa, ele está cercado por alguns elementos dos quadrinhos, mas mesmo assim, se difere bastante.

Yon-Rogg ainda é um comandante do Império Kree e leal a Inteligência Suprema, porém aqui ele lidera a Starforce, equipe da qual, no início do filme, Carol Danvers faz parte.

Mais tarde, descobrimos que Carol Danvers é na verdade alguém que Yon-Rogg adotou visto o potencial que ela tinha depois ser atingida pelo núcleo que Mar-Vell desenvolvia na Terra. Em Capitã Marvel, Yon-Rogg assume seu papel de vilão, lutando diretamente contra a heroína, que fica do lado dos Skrulls na guerra contra os Kree.

Imagem de perfil
Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira