Capa da Publicação

10 coisas que você precisa saber sobre o Noturno!

Por Gus Fiaux

Os X-Men nunca lucraram grandiosamente na Marvel, desde sua criação. Tendo algumas histórias até boas, a revista dos mutantes não conseguia atrair a atenção dos fãs e inclusive beirou o cancelamento. Isso mudou em 1975, em Giant-Size X-Men #1.

Ali estreava uma equipe bem heterogênea de heróis, composta por personagens de diversas localidades do mundo. E se a inclusão de um herói russo (Colossus) em plena Guerra Fria chocou, não foi tanto quanto a aparência diabólica do Noturno.

Entretanto, não devemos julgar um livro pela capa, e o Noturno é a prova concreta disso. Sendo por vezes a “cola” da equipe, Kurt Wagner adicionou um elemento novo aos X-Men, sendo o brincalhão dessa nova formação, mesmo tendo uma história trágica de perseguição e abandono. O herói de origem alemã era a maior conexão com o público jovem, e trouxe à tona bons debates como religião e preconceito, além de ter uma das mutações mais legais do X-Men.

Aqui vão algumas curiosidades sobre o Noturno. Não necessariamente coisas que você não sabia, mas algumas curiosidades essenciais para os fãs do mutante. Bamf.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux