Capa da Publicação

10 coisas que você precisa saber sobre Corvus Glaive, da Ordem Negra de Thanos!

Por Gus Fiaux

Corvus Glaive pode ter tido pouco tempo de tela ou destaque em Vingadores: Guerra Infinita. Mas quem acompanha os quadrinhos sabe que o personagem é um dos membros mais importantes da Ordem Negra de Thanos, o grupo de “capangas” do Titã Louco.

Com um visual sombrio e aterrorizante, e uma vastidão de poderes que incluem até mesmo ressurreição, ele é um dos vilões mais bacanas criados nos últimos anos, e nesta lista, trouxemos tudo que você precisa saber sobre Corvus Glaive!

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Surgimento nas HQs

Corvus Glaive foi o primeiro membro da Ordem Negra a aparecer nas HQs. A primeira revista da qual ele participou foi uma edição exclusiva do Free Comic Book Day de 2013, que introduzia a ideia da saga Infinito. O que por sua vez, só passaria a ser publicada no começo de agosto daquele mesmo ano.

Na história, escrita por Jonathan Hickman e com arte de Jim Cheung, o vilão aparece encarregado de trazer um tributo ao Titã Louco: nesse caso, ele era responsável por trazer os filhos bastardos de seu mestre, que eram mortos. Aqui, ele também aparece como "líder" dos Batedores, a raça de ataque a serviço de Thanos.

Imagem de capa do item

Negócios de família

Nos cinemas, a Ordem Negra passou por uma alteração muito interessante. Todos os membros que constituem a equipe são "filhos" de Thanos, ou seja, crianças que ele sequestrou e criou, dos mundos que dizimou - assim como Gamora e Nebulosa. Contudo, nos quadrinhos, a relação familiar é diferente.

Corvus Glaive é irmão do Estrela Negra, o brutamontes da equipe. Porém, além disso, ele também é esposo da Próxima Meia-Noite e juntos, os dois são os generais mais queridos do Titã Louco. No filme, podemos até entender um certo contexto "romântico" entre Corvus e Meia-Noite, já que os dois são parceiros de combate.

Imagem de capa do item

O arauto do Titã Louco

Como dito no item da primeira aparição do vilão, Corvus Glaive sempre foi um arauto intimidador de Thanos, indo aos lugares necessários para cobrar Tributos - ou seja, a cabeça de vários jovens do local, para que os filhos bastardos do Titã Louco sejam mortos entre eles, e assim, a prole descontrolada do vilão tenha fim.

Quando o vilão decidiu visitar a Terra, Corvus foi um dos designados para cobrar o tributo, que acreditava-se ser um Inumano. Dessa forma, ele chegou a visitar a Família Real na Lua, e foi repelido por Medusa e pelo Raio Negro. Posteriormente, todos descobriram que o filho terráqueo de Thanos estava em uma colônia de Inumanos na superfície do planeta.

Imagem de capa do item

"Morte" e ressurreição

Durante o confronto final - e depois que a Bomba Terrígena dos Inumanos já havia sido liberada na Terra, fazendo vários portadores do gene Inumano "despertarem" em casulos (dentre os quais Thane, o filho de Thanos), tanto o Titã Louco quanto os seus súditos partiram para a batalha final com os Vingadores.

Na guerra, Corvus Glaive foi derrotado por Hipérion, e se desintegrou. Sua foice foi "congelada" por Thane, cujos poderes permitiam criar uma "prisão de Âmbar". Pouco a pouco, o vilão começou a se recuperar, ressurgindo a partir da lâmina de sua foice. Quando foi libertado, ele se juntou à Cabala de Namor, junto de Thanos e Próxima Meia-Noite.

Imagem de capa do item

Um vilão independente

Como membro da Cabala, o vilão participou das Guerras Secretas junto de sua esposa, Próxima Meia-Noite. Quando o multiverso foi restaurado, ele a deixou para trás e começou sua própria cruzada pessoal de dominação universal. Sua primeira atitude foi criar sua própria Ordem Negra, composta pelos piores criminosos da galáxia.

Uma vez com seu exército em mãos, ele partiu para dominar o Quadrante Negro, uma das bases de operações do Titã Louco. Lá, ele chegou a confrontar o Fauce de Ébano, seu ex-aliado e Thane. Com sua força no máximo, ele começou a influenciar os planetas mais próximos, até que uma figura de seu passado retornou...

Imagem de capa do item

A mão que dá também é a mão que tira

Porém, é claro que sua conquista não iria durar por muito tempo. Thanos retornou, disposto a reerguer seu império cósmico, e um dos primeiros inimigos que ele foi atrás foi justamente Corvus. Os dois tiveram uma grande luta, onde o Titã Louco conseguiu atacá-lo com mais força e vencê-lo. Além disso, ele conseguiu partir a lâmina do seu ex-servo.

Com isso, ele deu ao antigo amigo duas escolhas: Ou Corvus se matava na hora, ou ele o torturaria e o mataria em seguida. Com medo do sofrimento que Thanos poderia causá-lo, Corvus pegou um dos pedaços de sua lâmina e se suicidou, para poupar-se de um destino pior. Apesar dos pesares, Thanos prestou respeito ao caído adversário.

Imagem de capa do item

O retorno da Ordem Negra

Mais recentemente, durante a saga Avengers: No Surrender, ainda inédita no Brasil, o Grão-Mestre começou a enfrentar a entidade cósmica conhecida como Desafiador. Juntos, os dois prepararam um "exército" para disputar um torneio macabro. Enquanto o Grão-Mestre formou sua Legião Letal, o Desafiador ressuscitou e reformou a Ordem Negra.

Corvus Glaive, junto com outros, foi trazido de volta à vida. A missão dele era lutar ao lado de seus ex-aliados contra a Legião Letal, e o primeiro campo de batalha escolhido foi a Terra, para que os heróis locais servissem de "obstáculo" para as equipes. Em sua primeira missão após sua ressurreição, Corvus Glaive explodiu a Mansão dos Vingadores, quase matando seus residentes.

Imagem de capa do item

Poderes

Um guerreiro nato, Corvus Glaive possui uma série de poderes especiais que o ajudam a enfrentar alguns adversários colossais. Entre suas habilidades, está a super-força, que pode rivalizar inclusive com a de seu irmão, o Estrela Negra. Ele também tem durabilidade, velocidade e reflexos sobre-humanos.

Mas isso não é tudo. Ele também é um artista marcial nato, sabendo várias técnicas de luta alienígena, seja armada ou manual. Ele também é um baita estrategista, o que fez com que ele fosse considerado o braço direito de Thanos durante a invasão à Terra. De acordo com Próxima Meia-Noite, ele é um dos maiores generais do universo.

Imagem de capa do item

Armamento

Porém, a maior habilidade de Corvus Glaive recai em suas mãos: ele possui uma foice de origem desconhecida, que possui uma série de capacidades absurdas: ela pode partir átomos ao meio, o que significa que ela é capaz de cortar qualquer material possível. Com dezenas de anos de treinamento, ele aprendeu a manusear a lâmina de forma impecável.

O mais importante, no entanto, é que a arma é um instrumento importantíssimo para sua sobrevivência: enquanto a lâmina da foice permanecer intacta, ele não pode morrer. Isso significa que, mesmo que receba um golpe fatal, ele ressuscitará. Isso fez com que ele fosse reconstruído do pó, ao ser derrotado por Hipérion em Infinito.

Imagem de capa do item

Nos cinemas...

O personagem é um dos membros da Ordem Negra de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita, embora tenha um papel bem menor do que em relação aos quadrinhos. Aliás, muitas coisas de sua participação nas HQs são removidas ou omitidas, como é o caso dos seus poderes de ressurreição e sua maldita foice.

Nos cinemas, ele recebeu a voz de Michael James Shaw, embora a captura de movimentos tenha sido executada por outro ator. Para quem não sabe, Shaw já não é novato ao ramo de adaptações de quadrinhos, tendo participado da série em live-action do Constantine no papel de Papa Meia-Noite.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux