Capa da Publicação

10 coisas que queremos ver no filme das Aves de Rapina!

Por Leo Gravena

Recentemente, o The Wrap revelou a possível formação das Aves de Rapina no longa da equipe, além de que o antagonista do filme deve ser um vilão do Batman que ainda não apareceu nos cinemas.

Pensando nisso, separamos algumas coisas que queremos ver caso os rumores realmente sejam reais.

Imagem de capa do item

Girl Power

Sendo um filme de equipe feminina, realmente precisamos ver um grande Poder Feminino na trama. A DC já conseguiu o feito em Mulher-Maravilha, contudo, existem algumas coisas que ainda não vimos no Universo Estendido, como maior relação entre mulheres e que, ao se juntarem, elas não falem apenas sobre homens e interesses amorosos.

Obviamente, não existe nada de errado nisso, porém, caso seja feito, isso deve ser trabalhado de uma boa maneira e que acrescente ao relacionamento entre as personagens também. Além disso, nada de criar “picuinhas” bobas entre as heroínas.

Um ótimo exemplo de filme com um grande grupo de mulheres se unindo com um objetivo em comum, tendo uma missão definida mas que ainda falam de relacionamentos amorosos e problemas pessoais é o recente Oito Mulheres e um Segredo.

Imagem de capa do item

Sem redenção para Arlequina

Estando ao lado de várias heroínas, é fácil pensar que a Arlequina sofra uma grande mudança e se torne uma anti-heroína no filme. Porém, temos que lembrar que a personagem ainda está em um processo de se encontrar e o melhor caminho é iniciar a redenção da personagem no filme, mas concluí-la apenas em Sereias de Gotham.

Provavelmente, o filme deve ser produzido apenas depois que Aves de Rapina se provar nos cinemas, porém é bom a Warner e DC já irem pensando no futuro e uma redenção para a personagem não pode vir tão cedo assim.

Imagem de capa do item

Nada de Coringa

Falando em Arlequina, o filme tem que começar a distanciar ao máximo a figura dela do Coringa. Ela não precisa do vilão para ser sua própria personagem e os fãs amam Margot Robbie, porém foram poucos os que realmente se cativaram pelo Palhaço Príncipe do Crime de Jared Leto.

Dessa forma, o filme pode até citar o personagem, porém a Arlequina não precisa depender dele para avançar em sua história. Além disso, um melhor aprofundamento poderia ser feito em Aves de Rapina, com a Mulher-Gato e Hera Venenosa ajudando a personagem a quebrar todos os laços que ela ainda possui com o Coringa.

Imagem de capa do item

Vilão que não roube a cena, mas que não suma

Filmes de super-heróis em geral têm um grande problemas com vilões: na maior parte do tempo, eles simplesmente são insignificantes para o filme e possuem motivações ruins ou só são desinteressantes - contudo, vez ou outra temos um vilão tão bom que ele rouba a cena.

Provavelmente, sendo um filme de equipe feminina, o vilão será um homem, já que grandes estúdios de Hollywood gostam de ter ao menos um ator com nome forte em seus filmes. Dessa forma, o roteiro deve saber trabalhar muito bem o personagem, já que o papel de um bom vilão é motivar as heroínas, sem tomar completamente os holofotes.

Uma boa vilã para o filme poderia ser a Lady Shiva. Quais as suas apostas?

Imagem de capa do item

Filme de equipe

Sim, até o momento, a personagem mais citada aqui na lista foi a Arlequina, mas o filme também contará com Canário Negro, Caçadora, Cassandra Cain e Reneé Montoya e isso não pode ser esquecido.

Um filme de equipe deve trabalhar todos os personagens principais, mesmo que elas não tenham o mesmo tempo de tela e uma ou duas tenham maior destaque, é importante lembrar todos os momentos que é um filme de equipe e não “Arlequina e suas amigas”.

Imagem de capa do item

Origem das personagens

Ainda sobre as heroínas do filme, não precisamos de uma introdução no estilo Esquadrão Suicida para cada uma delas. Enquanto é extremamente necessário para o público saber mais sobre quem é Cassandra Cain e a Caçadora, personagens como a Canário Negro e Reneé Montoya não precisam ter sua origem explicada em tela, suas ações e personalidade já devem entregar tudo o que o espectador precisa saber sobre elas.

Não mostrar explicitamente a origem de algumas personagens também é interessante pois deixa aberto para que em um outro filme, a personagem tenha uma trama maior e mais pessoal, com sua história sendo abordada.

Imagem de capa do item

Personagens multidimensionais

Tendo como exemplo a Arlequina, em Esquadrão Suicida vemos que a personagem era uma psicóloga, a Dra. Harleen Quinzel, antes de se tornar a vilã, mas em nenhum outro momento ela realmente utiliza essa habilidade.

Nos quadrinhos e algumas animações, não são poucos momentos em que a Arlequina utiliza sua habilidade como psicóloga para analisar e destruir - com palavras - um inimigo.

Dessa forma, seria legal abordar, mesmo que de forma rápida, traços secundários dos personagens; seja a banda e as habilidade de liderança da Canário Negro, a sexualidade e alcoolismo de Reneé Montoya, a habilidade de leitura corporal (e problemas ligados a isso) de Cassandra Cain, ou o trauma e a vida pessoal da Caçadora.

Imagem de capa do item

Combo de habilidades

Caso a formação esteja correta, apenas a Canário Negro terá habilidades meta-humanas no filme, dessa forma, o filme deve apostar bastante nas habilidades de luta das Aves de Rapina. Mas além de vê-las lutando os mais diferentes tipos de artes marciais, queremos ver isso ser combinado quando lutando juntas.

É muito fácil colocar várias personagens diferentes lutando em um mesmo local, porém, cada uma lutando contra seus próprios inimigos. O que queremos ver é elas realmente unindo duas habilidades e trabalhando em equipe com cenas de luta que realmente unam as heroínas.

Imagem de capa do item

Sombrio e divertido

Muitos fãs não gostam de como alguns dos filmes da DC são sombrios, enquanto outros estão incomodados com o tom mais divertido dos novos filmes. Aves de Rapina traz a chance perfeita de balancear os dois extremos.

O filme pode muito bem pegar uma vibe mais sombria ao abordar a origem da Caçadora, que é bem pesada e muitos fãs comparam a personagem como uma versão feminina do Justiceiro da Marvel. Por outro lado, a relação entre Arlequina e Canário Negro pode trazer vários momentos hilários para o filme.

Dessa forma, ao saber trabalhar as personagens de maneira diferente, o filme tem a chance de andar por extremos e não parecer perdido, já que cada uma delas possui uma personalidade individual e são suas próprias mulheres.

Imagem de capa do item

Sereias de Gotham?!

Até o momento, existem dois pontos que parecem fazer com que os fãs fiquem com um pé atrás com o filme das Aves de Rapina: O primeiro, é o fato de que - aparentemente - a Batgirl, e a Oráculo, não estarão na equipe. O segundo é a inclusão da Arlequina no filme.

Até o momento não sabemos se a Arlequina realmente vai participar da equipe, porém, segundo os rumores do The Wrap, a equipe será rotativa, o que permite que a Warner introduza a Batgirl primeiro em seu filme solo para depois coloca-lá em uma sequência.

Outra coisa que preocupa muito os fãs é o fato de que isso pode significar que um filme das Sereias de Gotham não aconteça. Então, que melhor maneira de deixar claro de que teremos a Arlequina, Mulher-Gato e Hera Venenosa em uma aventura só delas do que deixar algumas dicas de que isso pode acontecer durante o filme ou até mesmo em uma cena pós-créditos?

A introdução da Arlequina no filme das Aves de Rapina até faz sentido quando se pensa que a Warner e DC querem uma personagem já estabelecida neste universo para atrair o público, porém, a equipe feminina na qual ela realmente pertence é Sereias de Gotham.

Imagem de perfil
Leo Gravena

Editor | Ele/Dele | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."