Capa da Publicação

10 Coisas que podem melhorar na segunda temporada de Titãs!

Por Guilherme Souza

Titãs, primeira série em live-action produzida pela DC Universe, plataforma de streaming da DC Comics, encerrou sua primeira temporada, mas a plataforma já confirmou outros dois anos da série. Por mais que a trama tenha agradado muitos fãs, algumas coisas poderiam ser melhoradas na vindoura segunda temporada.

Os Titãs são uma das equipes mais famosas da DC nos quadrinhos, com isso, merecem ser adaptados de maneira digna. Conforme as temporadas vão passando, o orçamento aumenta e isso permite que a série melhore alguns pontos, pensando nisso, listamos algumas evoluções que gostaríamos de ver no futuro da série.

Imagem de capa do item

Mutano virando outros animais

Já foi explicado que Mutano ainda está nos estágios iniciais da descoberta de seus poderes, o que explica o fato dele só ter se transformado em um tigre na primeira temporada, porém no segundo ano da série, seria interessante vermos o personagem evoluindo.

Nos quadrinhos e animações, mutano é capaz de se transformar em qualquer animal que já tenha visto, até mesmo os alienígenas, o que faz dele um membro poderoso da equipe. Os recursos necessários para transformar o personagem em diversos animais ao mesmo tempo não seriam baratos, mas o investimento seria recompensado com um aumento na qualidade da série.

Imagem de capa do item

Chega de drama com o Batman

Na primeira temporada, além de todos os dilemas de Rachel descobrindo que é filha de um demônio que quer destruir a Terra, vimos também a luta de Dick Grayson para se afastar do Batman e de toda a violência que ele representava, ou quase isso.

Por mais que Dick afirmasse que não queria se tornar tão violento quanto o Batman, ele mostra ao longo da série que já seguiu por esse caminho, mas isso pode mudar com a vinda da nova temporada. Dick pode ensinar a seus companheiros de equipe técnicas de combate que não matem os inimigos (e que também não os deixem tetraplégicos), superando totalmente sua parceira com o Batman e sendo um herói melhor.

Imagem de capa do item

Os visuais

Um dos pontos mais criticados pelos fãs na primeira temporada da série foram os visuais dos personagens. Além do fato de não terem os uniformes, personagens como Estelar e Mutano não compartilhavam das características principais de suas contrapartes nos quadrinhos: as peles coloridas.

Embora tenhamos visto um vislumbre dos uniformes de Estelar e Ravena, que seriam apresentados no episódio final da temporada, mas acabaram sendo descartados, podemos afirmar que eles poderiam ser bem melhores, mostrando versões mais fiéis aos quadrinhos e que favorecessem as atrizes.

Imagem de capa do item

Os poderes

Assim como os poderes do Mutano poderiam ser melhorados, o mesmo pode ser dito de Ravena e Estelar. Na primeira temporada, vimos as duas mostrando um pouco de seus poderes, contudo, isso não foi o suficiente para representar as personagens dos quadrinhos.

Seja por uma melhoria na manipulação das sombras feita por Ravena, ou por nos mostrar Estelar voando, a série ainda precisa evoluir um pouco no que se refere aos poderes dos personagens. Quem sabe não vemos Ravena usando seu famoso mantra ao conjurar novos feitiços?

Imagem de capa do item

Dick se transformando em Asa Noturna

Na primeira temporada, vimos Dick Grayson queimando seu uniforme de Robin e deixando para trás totalmente a identidade do herói que um dia foi o ajudante do Batman.

Com isso, abre-se a porta para a aparição de outro herói: o Asa Noturna. O Asa Noturna foi a segunda identidade super-heróica adotada por Grayson nos quadrinhos e desde que assumiu essa identidade, ele não voltou mais ao posto de Robin, que foi deixada para outros que vieram depois dele. Na segunda temporada, queremos ver Grayson assumindo o manto de Asa Noturna e traçando uma nova carreira como vigilante.

Imagem de capa do item

Coreografias de luta

Embora a primeira temporada da série conte com algumas cenas de luta empolgantes, podemos dizer que elas poderiam melhorar bastante, tanto em termos de coreografia quanto em termos de enquadramentos de câmera.

Muitas vezes, as lutas ficavam parecendo meio artificiais e até mesmo com uma violência exagerada, não transmitindo a sutileza necessária para tais sequências, beirando uma produção que fazia de tudo para dizer que tinha muito sangue e violência, quando, na verdade, isso pode ser passado para a audiência por outras formas.

Imagem de capa do item

Um QG

Nos quadrinhos, a Torre dos Titãs é um dos quartéis-generais mais famosos de todos, inclusive, ele acabou se tornando uma piada, já que, diferente de outras bases super-heróicas, a Torre não fazia questão de ser secreta, sendo algo extremamente chamativo.

Por mais que fosse legal ter uma Torre Titã na série, isso acabaria não casando muito bem com a proposta narrativa, fazendo mais sentido que a equipe adote uma base mais secreta tecnológica. Assim como eles fizeram no prédio de Bruce Wayne na primeira temporada, a nova temporada poderia mostrar uma base que tivesse um centro de treinamento e alojamentos para a equipe.

Imagem de capa do item

Trabalho em equipe

Na primeira temporada, pudemos ver os Titãs atuando em conjunto algumas vezes, tais como a cena em que enfrentam a Família Nuclear no motel. Esse momento mostrou que eles funcionam bem em conjunto e nos empolgaram bastante, mas eles acabaram sendo bem raros.

Agora que eles finalmente se assumiram como equipe, queremos ver mais desse trabalho conjunto e das habilidades de cada um se complementando.

Imagem de capa do item

Vilões

A primeira temporada da série ficou um tanto quanto confusa em relação aos seus vilões. Embora tudo girasse em torno de Trigon e seus seguidores, a temporada acabou não tendo uma conclusão satisfatória e todo o plano do vilão ficou em aberto, não passando aquele ar de perigo que os vilões geralmente oferecem.

Esse drama entre Ravena e Trigon acabou ficando desconexo e poderia ser explorado através de um arco maior em que o vilão não tivesse sido revelado tão prematuramente. Em meio a isso, poderiam ter encaixado outras ameaças para a equipe, apresentando vilões famosos dos quadrinhos, tais como o Irmão Sangue ou a Madame Rouge.

Imagem de capa do item

Mais humor

Por mais que a proposta da série seja mostrar uma atmosfera mais sombria e adulta, temos que levar em consideração que Mutano e Ravena ainda são adolescentes, o que significa que, vez ou outra, eles passam por situações cômicas.

Um dos maiores atrativos das histórias dos Titãs é o humor e até pudemos ter alguns vislumbres disso na primeira temporada, contudo, seria interessante se a série ficasse um pouco mais leve na nova temporada, afinal, isso faz parte da essência da equipe.

Imagem de perfil
Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'