Capa da Publicação

10 adaptações de livros que viraram clássicos do cinema!

Por Lucas Rafael

Boas histórias são boas independente da mídia. Alguns livros contam tais histórias através de adaptações que elevam o material ou respeitam tanto sua essência que geram filmes incríveis. Muitos deles acabam cravados no panteão dos clássicos.

Nesta lista, confira 10 adaptações de livros que viraram clássicos do cinema! 

Como a quantidade de adaptações clássicas de livros não é pequena, comente o seu favorito e, quem sabe, não rola uma parte 2?

Imagem de capa do item

Harry Potter

Os filmes que adaptam os livros do bruxinho Harry Potter deixaram uma extensa marca na cultura popular contemporânea, amadurecendo junto dos fãs. Tanto os filmes quanto os livros se tornaram vitais para uma base de milhões de pessoas.

Tamanha conquista não seria possível caso não existisse um nível de qualidade e respeito com o material fonte presente nas adaptações, por mais díspares ou problemáticas que algumas delas sejam.

Imagem de capa do item

Blade Runner

Responsável por revolucionar a estética CyberPunk entregando um universo decadente iluminado pelas luzes neon de propagandas, Blade Runner influenciou centenas de outros filmes, jogos e quadrinhos.

A inspiração para este clássico de Ridley Scott veio das páginas do livro Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?, do autor Philip K. Dick.

Imagem de capa do item

Tropas Estelares

Dessa vez, temos o clássico de Paul Verhoeven; um longa com críticas sociais vorazes apontadas para a mídia e militarismo americano, carregado de um humor negro sardônico enquanto se disfarça de filme de ação e ficção científica. Poucos diretores conseguiriam executar tal façanha em forma de filme, ainda mais subvertendo com primor a essência do livro de Robert Heinlein.

Imagem de capa do item

Um Sonho de Liberdade

Stephen King pode ser conhecidos por sua literatura de horror, porém, o autor é versátil, entregando até dramas de qualidade que já renderam filmes clássicos. Um exemplo disto é Um Sonho de Liberdade.

Aqui, acompanhamos a trajetória de Andy Dufresne, um banqueiro sentenciado a duas prisões perpétuas pelo assassinato de sua esposa e seu amante, o qual ele alega não ter cometido.

Após seu lançamento, o filme rapidamente se tornou um clássico, chegando a ser indicado para sete Oscars.

Imagem de capa do item

O Poderoso Chefão

Considerado como um dos melhores filmes de todos os tempos, Poderoso Chefão se trata de uma adaptação do livro de mesmo nome do autor Mario Puzo.

A proeza técnica e narrativa é do diretor Francis Ford Coppola, ao adaptar a história faz do filme de Poderoso Chefão uma obra que muitos consideram ser superiora ao livro.

Imagem de capa do item

O Sol é Para Todos

Adaptando o clássico livro de Harper Lee, o longa O Sol é Para Todos mostra uma cidade do Alabama minada por preconceitos. Com esse plano de fundo, acompanhamos o advogado Atticus Finch tentar livrar o negro Tom Robinson de uma falsa acusação de estupro.

Assim como o livro, o filme tornou-se uma espécie de clássico instantâneo, mantendo sua relevância intacta até nos dias de hoje.

Imagem de capa do item

O Silêncio dos Inocentes

Clássico que apresentou ao mundo o doutor Hannibal Lecter interpretado de maneira ominosa por Anthony Hopkins. O filme possui suas raízes macabras nas páginas dos livros de Thomas Harris, autor responsável por conceber e desenvolver o psicopata canibal através de seus livros policiais.

Imagem de capa do item

Clube da Luta

Escrito pelo cultuado Chuck Palahniuk, o livro ganhou um enorme sucesso após ser adaptado para o cinema no filme de David Fincher.

Aqui, encontramos uma narrativa na qual homens descontentes com seu lugar na sociedade fazem uso da violência como uma válvula de escape para sua inércia. Conhecido por suas observações sociais mordazes, a obra também conta o humor sardônico que tornou o filme uma espécie de clássico do cinema moderno.

Imagem de capa do item

Senhor dos Anéis

Os clássicos literários de Tolkien finalmente receberam uma adaptação a altura através da trilogia Senhor dos Aneis de Peter Jackson.

Trazendo toda a qualidade épica dos livros, os filmes adaptam e cortam diversos momentos das palavras de Tolkien em prol de histórias mais enxutas que preservam a essência da Terra Média.

Imagem de capa do item

O Iluminado

Por fim, temos mais uma adaptação de Stephen King na lista, ainda que radicalmente desviada do material fonte. O diretor, Stanley Kubrick, trabalhava apenas adaptando livros, o que faz de sua filmografia quase uma lista de clássicos adaptados à parte.

Excêntrico como era, o diretor viu no livro de King a oportunidade de contar uma história sua, repleta de enigmas que geram discussões até hoje acerca da verdadeira natureza da trama.

Imagem de perfil
Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais