Capa da Publicação

Zara Phythian, atriz de Doutor Estranho, é acusada de abusar sexualmente menor de idade

Por Arthur Eloi

Zara Phythian, dublê e figurante de filmes como Doutor Estranho (2016), foi acusada de abusar sexualmente de uma criança de 13 anos junto com seu marido, Victor Marke.

Segundo a BBC News, o casal está sendo acusado por uma vítima não-identificada que afirma ter sido molestada diversas vezes por ambos. O relato afirma que, entre 2005 e 2008, a garota foi seduzida por Phythian e coagida a ter relações sexuais com ela e seu marido, algumas que chegaram até a ser filmadas.

Tanto Zara Phythian quanto Victor Marke eram instrutores de artes marciais em Nottinghamshire, Reino Unido naquela época, com trabalhos no departamento de coreografias e lutas de várias produções pelo mundo. A vítima hoje é adulta, e afirma que o casal ameaçou quebrar suas pernas caso os denunciassem.

Zara Phythian ao lado de Mads Mikkelsen no set de Doutor Estranho (2016)

Pelos relatos da vítima, o casal terá que responder por 14 acusações de abuso sexual e aliciamento de menores. Além disso, Victor Marke responde por outras quatro acusações do tipo, em relação à violentar outra menor de idade em outra ocasião, em um casamento anterior.

A carreira de Zara Phythian é repleta de pequenos papéis como figurante, além de trabalhos nos bastidores como coordenadora de coreografias. Seu maior trabalho é, sem dúvidas, viver uma dos capangas de Kaecilius (Mads Mikkelsen) em Doutor Estranho. Ela não está cotada para retornar em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura e nenhuma outra produção da Marvel Studios.

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117