Capa da Publicação

X-Men: Um antigo segredo da raça mutante está sendo descoberto nas HQs

Por Gus Fiaux

Desde que a Marvel reformulou totalmente os X-Men nas sagas Potências de XDinastia X, vemos como os mutantes se tornaram uma raça muito mais unida nos quadrinhos. Agora, eles vivem em Krakoa em uma nova sociedade, não respondem às ordens humanas e ainda conquistaram Marte, transformando-o no centro do Sistema Solar, rebatizando o planeta para Arakko.

Contudo, de lá para cá, muitos segredos foram descobertos pelos Filhos do Átomo. Em Marauders Vol. 2 #4 (via CBR), escrita por Steve Orlando e ilustrada por Eleonora Carlini, vemos os heróis descobrindo um grandioso segredo que foi escondido durante anos pelo Império Shi’ar – mais precisamente, pelo Kin Crimson, uma ordem secreta da raça alienígena, que manipula o governo Shi’ar há milênios.

Psylocke Cassandra Nova usam seus poderes mentais para descobrir qual era o segredo. E assim, nós somos levados para memórias pré-históricas, que revelam que havia uma sociedade de mutantes na Terra, muito antes da humanidade se tornar o que é hoje. Esses mutantes viviam em harmonia em uma civilização chamada Threshold (ou limite, fronteira, em tradução literal).

Mutantes viviam em harmonia durante a pré-história.

Então, os Shi’ar – que na época, não eram o império intergaláctico que são atualmente, mas sim piratas siderais que pilhavam e matavam em diversos planetas – chegam à Terra e tentam eliminar a raça mutante, mas são impedidos pelos habitantes do Threshold. Assim, podemos ver como esses mutantes primordiais eram não apenas poderosos, mas avançados o bastante para deter uma das raças mais importantes do Universo Marvel.

Eventualmente, esses mesmos mutantes tiveram que sair da Terra, para evitar o cataclisma que foi enfrentado pelos Vingadores Pré-Históricos. Porém, ao fugirem, eles são emboscados pelos Shi’ar, que em busca de vingança, são levados a matar boa parte desses seres. Apenas alguns conseguem escapar com vida, mas foram colocados “fora do tempo” pelos Shi’ar, que já dominavam a viagem entre realidades e entre o espaço-tempo.

Os Shi’ar massacraram a população mutante primordial.

Quem é fã dos mutantes deve entender já de cara porque esse segredo é tão impactante: primeiro, durante séculos se acreditou que os mutantes eram os “sucessores” naturais dos homo sapiens, e por isso eles sempre foram tratados com tanto ódio e desprezo pelos humanos da Terra. Com essa revelação, descobrimos que o homo superior veio bem antes do homo sapiens sequer começar a engatinhar no planeta.

Além disso, essa revelação pode demonstrar que a ligação entre mutantes deviantes não é tão rígida quanto se pensa – o que certamente traria uma grande reviravolta em Dia do Julgamento, a próxima saga da Marvel, na qual os Eternos passarão a caçar os X-Men por serem “associados aos deviantes”, seus inimigos primordiais.

Claro que, ainda temos que considerar a possibilidade de que essa história foi contada apenas pela metade, mas é um segredo realmente curioso – e faz sentido que tenha sido escondido pelos Shi’ar durante tantos anos, já que eles promoveram um verdadeiro genocídio. Contudo, caso tudo isso seja verdade, temos aqui uma forma excepcional de consolidar Krakoa como o novo império mutante na Terra, caso os líderes da nação estejam dispostos a aprender algumas lições com seus antepassados…

Marauders #4 está à venda nas bancas norte-americanas, sem previsão de publicação no Brasil.

Abaixo, confira também:

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux