Capa da Publicação

X-Force: Cérebro se tornará um vilão para os mutantes em nova HQ

Por Junno Sena

As novas tramas de Krakoa merecem uma nova ameaça. Por isso, a Marvel Comics anunciou que, para o mês de abril, a X-Force irá adentrar ao arco Destiny of X (Destino de X, em tradução livre). Nele, assim como a Sala do Perigo já ganhou consciência própria anteriormente, a máquina para localização de mutantes de Charles Xavier, o Cérebro, se tornará um novo vilão.

Cerebrax, como se denomina, fará sua estreia como uma das ameaças internas de Krakoa. Mesmo com uma nação autointitulada pelos mutantes, os perigos externos ainda são uma constante para os heróis. Por isso, essa nova X-Force, com Wolverine, Black Tom Cassidy, Kid Omega, Domino e Sábia foi formado. Em busca de prever ataques e combatê-los antes que seja tarde demais.

Mas nem tudo que é perigoso está fora de Krakoa. Com o contador de mortes e ressurreições elevado entre os personagens, essa nova equipe não está com medo de sujar as mãos e fazer o mal para impedir algo pior. E dessa vez, o quadrinho promete seguir o nascimento de Cerebrax ocorrido em X Lives of Wolverine/X Deaths of Wolverine (X Vidas de Wolverine/X Mortes de Wolverine).

Escrita por Ben Percy e com arte de Robert Gill, em X-Force #27, Wolverine retorna para Krakoa e descobre que Cerebrax conseguiu desativar o sistema de segurança.

A nova X-Force enfrenta Cerebrax

Capa alternativa de X-Force #27

“Cerebrax está vindo. Espere por algumas mudanças dramáticas e uma grande transformação para o Kid Omega, que estamos trabalhando há algum tempo. Se proteja, por que um dos meus vilões favoritos do 616, que eu estou há anos querendo escrever, irá aparecer nessa história”, comentou Percy.

Nas capas, já temos alguma ideia do perigo que Cerebrax representa para a nação mutante.

X-Force #27 chega nas bancas americanas em abril.

Continue lendo:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.