Capa da Publicação

As Três Espiãs Demais: Conheça o filme derivado do desenho

Por Junno Sena

No melhor estilo As Patricinhas de Beverly Hills encontram James Bond, Três Espiãs Demais nasceu desta fusão insana. A animação francesa criada por David Michel e Vincent Chalvon-Demesay teve início em 2001 e com um total de 156 episódios, foi ao ar em mais de 160 territórios ao redor do globo.

Dessa forma, Alex, Clover e Sam conquistaram o coração de várias crianças, plantando em seus corações aquela vontade de se tornar um espião da WOOHP, a Organização Mundial de Proteção Humana. Mas, entre tanto conteúdo e reprises de episódios antigos, nem todo mundo parece ter conhecimento de uma das pérolas do sucesso de Três Espiãs Demais: seu filme

Lançamento 

Pôster francês de Três Espiãs Demais: O Filme

Lançado entre a quinta e a sexta temporada e produzido pela Maratona e Studio 37, Três Espiãs Demais: O Filme chegou aos cinemas da França em 2009 e se tornou a nona produção na lista de filmes que mais arrecadaram dinheiro na bilheteria francesa.

Chegando em 2011 no Cartoon Network e 2013 na Globo, Três Espiãs Demais: O Filme foi mais um gostinho do mundo das espiãs da WOOHP. Na trama, o público pode descobrir como foi o recrutamento de Sam, Alex e Clover após chegarem em Beverly Hills.

Todo o sucesso da franquia, que teve inúmeras temporadas, o filme, spin off, apresentações ao vivo nas Filipinas e uma linha de bonecas, foi motivo de choque para Vincent Chalvon-Demersay e David Michel, os criadores da franquia.

Nós estamos muito felizes e animados em ter um conceito que consegue conversar com todo o mundo por dez anos. No momento, tratamos Três Espiãs Demais como uma marca, então precisamos conservar os elementos que fizeram dela universalmente um sucesso enquanto aplicamos eles para as novas plataformas disponíveis hoje.” 

 

Uma trama fabulosa

Os criadores da série, Vincent Chalvon-Demersay e David Michel

Com o sucesso estrondoso da série, também surgiu a necessidade de investigar melhor esse universo. Uma vez que a animação já começa focada na ação e no glamour das personagens, sem perder tempo introduzindo as espiãs ou o mundo da WOOHP. Assim, surgiu a ideia de que elas já iniciassem o desenho prontas para suas missões, com os detalhes sobre o passando sendo introduzidos aos poucos. 

O filme se tornou mais uma peça desse quebra-cabeça, capaz de aprofundar os personagens, mas também se encaminhar para uma finalização na sexta temporada. Como um episódio mais longo, o público é apresentado para os mesmos conceitos que conquistaram os fãs, mas em uma escala muito maior, seguindo a lógica do “mais é melhor”.

Assim, para preencher as lacunas, o filme mostra a chegada em Beverly Hills e o recrutamento de Sam, Clover e Alex por Jerry e Tad, além da primeira missão das garotas: resolver os misteriosos desaparecimentos que vêm ocorrendo em várias partes de Los Angeles. E as três espiãs logo se dão conta que as pessoas desaparecidas foram todas “fabulizadas” pelo vilão Fabu, que almejava destruir a terra e comandar uma sociedade espacial.

Clover ao lado de uma Mandy “fabulizada”

Com poucas pretensões, o filme não foi mal recebido pelo público. Por outro lado, a produção possui algumas incongruências com a história original. Mandy, por exemplo, sempre esteve presente na vida das três, o que não condiz com o que é dito na série. Existem também algumas mudanças de design no Pó Compacto, no escritório de Jerry e outros detalhes da ambientação e gadgetsMas, no geral, trata-se de um capitulo muito interessante para os fãs da série animada.

Agora, enquanto aguardamos a nova animação das espiãs, o que resta é rever essa prequel, procurar episódios antigos e nos preparar para o que vem por aí.

Continue lendo:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.