Capa da Publicação

Sonic 2: Tudo que você precisa saber para ficar animado com o filme

Por Junno Sena

A bola azul segue freneticamente pela tela enquanto sua mão suada segura o controle do Mega Drive. Pensar no Sonic é lembrar desses momentos em que guiamos o personagem da Sega entre cenários paradisíacos e animais tecnológicos. Enfrentar o temido Robotnik, conhecer o seu maior parceiro, Tails, e encontrar adversários que um dia se tornarão amigos.

Agora, após trinta e um anos de existência, o ouriço mais rápido da história brilha nos cinemas, retornando para uma sequência, permitindo que a gente conheça um pouco mais do fascinante universo do herói. Neste novo filme, a originalidade se mistura com uma mística já estabelecida, criando uma experiência completamente nova. Com direção de Jeff Fowler, Sonic 2: O Filme promete ser tudo que o primeiro foi, porém, maior.

Maior e mais perigoso do que o primeiro

Sonic e Knuckles se enfrentam no trailer de Sonic 2: O Filme

Dobrando os perigos, mas também os heróis, seguimos um Sonic confortável com a vida que leva em Green Hills. É então que, após Tom e Maddie deixarem o ouriço sozinho em casa, Dr. Robotnik retorna do seu exílio em outro planeta. Mas, desta vez ele não estará desacompanhando e chega com um novo parceiro: Knuckles

Juntos, eles procuram pela Esmeralda do Caos, que possui um poder capaz de construir e destruir civilizações inteiras. Para impedi-los, Sonic precisa se juntar a Tails e embarcar em uma jornada para encontrar a esmeralda antes que ela caia nas mãos erradas. Com mais viagens dimensionais, ação e confrontos, a sequência live-action promete construir recriar antigos cenas icônicas da história desses personagens, criando muitos outros momentos memoráveis para eles.

Boas vindas ao próximo nível

Neste novo filme, Sonic e Tails dividirão as telonas e, com isso, teremos uma experiência dos jogos sendo adaptada de forma cinematográfica. Em outras palavras, poderemos conferir como é voar o Tornado, o famoso avião vermelho de Tails, a icônica aeronave que pilotávamos através da fase Sky Chase presente em Sonic the Hedgehog 2.

Jeff Fowler, o diretor de Sonic 2, explicou em uma entrevista ao IGN como foi a adaptação dos momentos clássicos dos jogos:

“Enquanto trabalhávamos na história de Sonic 2, estávamos realmente animados para trazer toda a estética dos jogos que os fãs sempre quiseram ver na tela grande do cinema. E criar uma verdadeira experiência cinematográfica se baseando nos dois primeiros jogos.”

Mas as referências vão muito além dos dois personagens e do meio de transporte carregado de saudosismo. Elas se unem a Knuckles, a ainda mais robôs do Robotnik, as Esmeraldas do Caos e muito mais! Até mesmo um pôster inspirado no segundo game do ouriço foi divulgado e tudo isso é só um aperitivo do que o filme promete.

Esmeraldas do Caos e o mundo caótico de Sonic

A Esmeralda do Caos é o objetivo dos personagens nessa sequência

E teremos muitos confrontos chegando em Sonic 2! Enquanto no primeiro filme, o ouriço está como um fugitivo, no novo filme ele terá que enfrentar o seu maior inimigo. Isso porque Jim Carrey retorna para interpretar o clássico vilão, Dr. Robotnik — desta vez, careca, como nos games.

Nessa mitologia caótica de Sonic, os anéis do ouriço terão sua função aprofundada, servindo de ponte entre os heróis e seus amigos humanos. Mas também aos maiores perigos do universo. 

Além desse acessório, também teremos as Esmeraldas do Caos, o que pode ser um problema ainda maior do que o próprio Robotnik. Nos trailers, podemos notar que a trama principal do filme será ao redor de quem conseguirá colocar as mãos na joia verde. E o motivo para isso é que os artefatos possuem o poder de conseguir criar um universo, além de conceder habilidades inimagináveis para seus portadores. E, para os fãs do ouriço, isso pode significar uma “Saga da Esmeralda” para o futuro do herói.

Knuckles e Sonic, o encontro mais aguardado

Idris Elba dá a voz de Knuckles e promete uma série solo para o personagem

Além de mostrar que Sonic é um mestre dos esportes — como vemos quando ele pratica snowboard em uma prancha improvisada — Sonic 2 também promete um grande embate entre Knuckles e o ouriço, trazendo mais uma referência ao terceiro jogo da franquia, Sonic the Hedgehog 3.

Depois de Tails estar confirmado desde a cena pós-créditos do primeiro filme, os fãs começaram a suspeitar que Knuckles também daria as caras no projeto. E foi isso mesmo que aconteceu. Com a voz de Idris Elba, a equidna vermelha estreia no cinema no novo filme, trazendo um grande desafio para o ouriço azul. Nessa versão, parece que seus poderes estão ainda mais desenvolvidos que o normal, conseguindo parar um dos ataques de Sonic.

Robotnik retorna com sua forma clássica

O Egg Móvel é um dos destaques do filme

Para atingir o objetivo de derrotar Sonic, Dr. Robotnik eleva o conceito de “perigo”, fazendo merecer o seu sobrenome ao desenvolver uma das referências menos sutis dos trailers: o Egg Móvel. O veículo que sempre é destruído com os ataques rápidos de Sonic ganhou espaço entre diversas outras máquinas insanas do vilão.

E é bom que Sonic possa contar com a ajuda de Tails, pois serão muitas ameaças que ele terá que enfrentar em sua nova aventura. A impressão que fica nos trailers é que, a qualquer momento, o herói poderia ser atingido por algum espinho e perder todos os seus valiosos anéis dourados pelo caminho. Ou seja, a aventura está incrível e cheia de emoção! 

Pôster Dolby do filme 

Uma experiência com estreia exclusiva nos cinemas

Por sorte, velocidade e o espírito heroico de Sonic é o que move o personagem. Imitando o Batman e fazendo referência ao Soldado Invernal, Sonic 2 é uma aventura em família que promete tirar suspiros tensos de seus espectadores. Agora, ao invés de suar no controle de Mega Drive, Sonic fará com que se agarre a cadeira do cinema e dê boas risadas no caminho.

Você está pronto para essa nova aventura?

Sonic 2: O Filme chega exclusivamente aos cinemas no dia 7 de abril.

Aproveite e continue lendo:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.