Capa da Publicação

Os Jetsons: Em que ano do futuro se passa o desenho clássico?

Por Nick Narukame

Na década de 1960, foi ao ar o primeiro episódio de Os Jetsons, desenho animado que conquistou fãs durante anos a fio. A série seguia uma família comum cujo diferencial se encontrava no fato de viverem em um futuro distante com carros voadores e casas flutuantes. Porém, em que momento desse “futuro” exatamente os criadores colocaram a família Jetson?

Na própria animação, a data exata nunca é mencionada e os responsáveis pela série nunca fizeram uma declaração oficial sobre o assunto, deixando-o um tanto quanto ambíguo. Porém, uma pesquisa aprofundada, é capaz de se obter o ano exato em que os Jetsons vivem. Isso porque essa informação foi liberada em materiais de divulgação oficiais da época (via Showbiz CheatSheet).

A família Jetson.

A resposta para o ano em que o desenho se passa está nos materiais de divulgação da época de seu lançamento!

Os materiais promocionais afirmam de modo categórico que a série se passa exatos cem anos no futuro e, levando em consideração que o primeiro episódio do desenho animado foi ao ar em 1962, conclui-se que os Jetsons vivam no ano de 2062.

Do ano em que estamos ao ano estimado em que The Jetsons se passa, ainda temos uma distancia segura de 40 anos. Seria esse o tempo necessário para que a ciência transforme os carros voadores e demais tecnologias do desenho em aspectos de nosso cotidiano?

Não seria a única inovação tecnológica prevista por eles, caso isso acontecesse. TVs de tela plana e robôs responsáveis por tarefas domésticas eram presença constante na vida dos Jetsons e, hoje em dia, não são tão inalcançáveis como pareciam na década de 1960.

Tudo o que nos resta é esperar para ver o que mais será lançado e se Os Jetsons, assim como Os Simpsons, ganharão fama de prever o futuro também.

E você? Qual aparato tecnológico dos Jetsons você mais gostaria que fosse inventado logo? Divida com a gente nos comentários!

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
Nick Narukame

Graduada em Letras pela UFF, moradora do fim do mundo, escritora amadora e cosplayer sem talento. Dotada com o superpoder de fazer as piadas mais sem graça da face da terra. Se quiser alimentar, dê chocolate. || @narukamenick