Capa da Publicação

Marvel queria Homem-Aranha de Tobey Maguire em outro filme muito antes de Sem Volta para Casa

Por Arthur Eloi

Um dos momentos mais marcantes de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa é o retorno do Peter Parker de Tobey Maguire, que deu as caras nas telonas pela primeira vez em mais de 14 anos. Acontece que a Marvel Studios queria trazê-lo de volta já em 2008!

Na época, a empresa começava a desenvolver o que viria a ser o Universo Cinematográfico da Marvel. Homem de Ferro acabava de ser lançado, e o próximo na lista era O Incrível Hulk, que também saiu em 2008. Durante uma entrevista naquele ano, o diretor francês Louis Leterrier afirmou que planejou uma participação especial para Tobey Maguire.

Inicialmente, o Peter Parker dos filmes de Sam Raimi se cruzaria com Bruce Banner – na época vivido por Edward Norton (Clube da Luta) – no campus da Universidade Columbia, em Nova York.

Segundo Leterrier, Tobey Maguire queria muito dar as caras no filme, e o cineasta até cogitou mudar o nome da universidade para Empire University, para evitar conflitos com a Sony Pictures, mas o estúdio barrou mesmo assim: “A Sony, que é dona dos direitos, não quis. Era algo pequeno mas mesmo assim fomos impedidos”, lamentou o francês à MTV News em 2008.

Peter Parker de Tobey Maguire teria encontrado o Bruce Banner de Edward Norton em O Incrível Hulk (2008)

Vale lembrar que, na época, um Homem-Aranha 4 estava em desenvolvimento, e marcaria a conclusão dos filmes de Sam Raimi. Eventualmente, após desentendimentos nos bastidores do terceiro filme, o cineasta pulou fora, e essa versão do Teioso deu lugar para um reboot estrelado por Andrew Garfield. Mais tarde, Tom Holland assumiu o traje para viver o herói no MCU.

Caso a decisão tivesse sido aprovada, haveria implicações com a presença de Tobey Maguire no filme. Décadas antes da normalização da ideia de um Multiverso, a participação representaria que o Peter Parker dos filmes de Sam Raimi era o Homem-Aranha do MCU, o que poderia confundir a cabeça do público. Além disso, isso poderia representar alguma amarra criativa para Homem-Aranha 4, já que a Marvel e a Sony não tinham a melhor das relações em 2008.

A forma que Louis Leterrier explicou sua cena mostrou que o cineasta queria se divertir com os personagens, mas na época a Marvel Studios ainda não tinha a mesma moral que hoje. Nessa fase, a empresa ainda se juntava com estúdios como a Paramount Pictures e a Universal Studios para produzir suas obras. O francês então deu uma declaração praticamente profética, dizendo logo em 2008:

A Marvel é muito  boa em fazer seus próprios filmes. Eventualmente, os estúdios vão começar a deixar eles mesmos tocarem a produção de todos eles. Daqui a uns anos você verá Peter Parker conhecendo Bruce Banner.

Curiosamente, esse encontro ainda não aconteceu nas telonas. Sim, há um Peter Parker e um Bruce Banner no MCU, mas os dois sempre estiveram em lados diferentes da galáxia. Quando o Teioso foi introduzido, o Hulk estava em Sakaar para os eventos de Thor: Ragnarok (2017).

Já na jornada de Vingadores: Guerra Infinita (2019), um estava no espaço (sendo dizimado por Thanos) enquanto o outro lutava na Terra. A única abertura para os dois terem se conhecido foi no funeral de Tony Stark, nos momentos finais de Vingadores: Ultimato (2019). Assim, é certo que Peter Parker conhecerá Bruce Banner eventualmente, mas o público ainda não viu isso acontecendo.

O mais próximo que Peter Parker já chegou de Bruce Banner no MCU foi durante o funeral de Tony Stark, em Vingadores: Ultimato (2019)

Já quanto ao Peter Parker de Tobey Maguire, demorou 13 anos para a Marvel Studios conseguir convencer a Sony Pictures a colocá-lo em outro filme – e o resultado levou o público à loucura, pedindo por mais dessa versão clássica do herói.

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa já está disponível para aluguel nas plataformas digitais. Se você quiser revisitar O Incrível Hulk para imaginar como seria com Peter Parker, o filme de 2008 pode ser encontrado nos catálogos da Netflix, Star+ e Globoplay.

Aproveite e confira:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117