Homem-Aranha: Sem Volta para Casa não irá concorrer ao BAFTA após erro da Sony

Capa da Publicação

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa não irá concorrer ao BAFTA após erro da Sony

Por Gus Fiaux

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa foi, definitivamente, o maior sucesso do Universo Cinematográfico da Marvel em 2021, garantindo à franquia um respiro de alegria para os fãs – muitos dos quais não estavam satisfeitos com o rumo que a franquia do Amigão da Vizinhança estava tomando nos filmes anteriores. Após toda a repercussão positiva, a Marvel e a Sony esperam colocar o filme em destaque no Oscar, mas acabam de perder a oportunidade de inserir o longa em uma das premiações mais disputadas que serve como “termômetro” para o Academy Awards.

BAFTA é o prêmio da Academia Britânica de Cinema, e é conhecido por premiar longas produzidos na Inglaterra ou em parceria com países do Reino Unido. Apesar disso, eles reservam diversos espaços para produções de língua inglesa – tanto que filmes americanos podem concorrer ao prêmio de Melhor Filme, por exemplo. Infelizmente, o mais novo filme do Homem-Aranha acaba de ficar de fora da disputa, e tudo por conta de um erro da Sony.

A organização da premiação compartilhou um comunicado explicando as razões pelas quais Sem Volta para Casa foi eliminado da competição. Basicamente, todos os distribuidores precisavam mandar o filme com antecedência aos votantes, mas a Sony não fez isso. Por conta disso, o longa não será indicado em nenhuma categoria do evento:

“‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’ não atendeu aos critérios de elegibilidade para o EE British Academy Film Awards 2022 e, portanto, não se qualificou para concorrer. Como dito em nosso livro de regras, todos os filmes precisam estar disponíveis para membros votantes do BAFTA antes do encerramento do primeiro round de votação, para assegurar paridade e imparcialidade de todos os títulos, e o filme não foi disponibilizado pela distribuidora.”

A maior possibilidade estipulada aqui é que a Sony não queria disponibilizar o filme através do streaming para os votantes por medo de pirataria. Quando eventos assim são preparados, há sempre uma plataforma exclusiva usada apenas pelos membros votantes de cada premiação, que deve conter os longas concorrentes. Vez ou outra, algum filme é vazado, e o estúdio deve ter se recusado a mandar para evitar o compartilhamento do longa na internet.

Filme não foi qualificado para concorrer ao BAFTA após deslize da Sony.

De qualquer modo, isso não afeta a possível indicação para Homem-Aranha: Sem Volta para Casa no Oscar – a questão é que o BAFTA sempre foi tido como um dos maiores termômetros da competição, tanto por prestigiar os lançamentos mais elogiados do ano como por compartilhar vários votantes com a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (a mesma responsável pelo Academy Awards). Agora, resta saber se a Sony vai conseguir qualificar o filme para outras cerimônias da temporada de premiações.

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa está em cartaz nos cinemas.

Abaixo, veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux