Capa da Publicação

Você sabia? Um falso Avatar existiu muitos anos antes de Aang

Por Gus Fiaux

Em A Lenda de Aang, somos apresentados a um mundo muito interessante, habitado por dobradores, pessoas que nasceram com o dom de dominar um dos quatro elementos. E para manter esse mundo em ordem, há muitos anos foi criada a figura do Avatar, que é capaz de controlar não apenas um, mas todos os quatro elementos. Ele é um guardião do mundo espiritual e uma fonte de iluminação e equilíbrio para os dobradores e não-dobradores. Só que certa vez, houve um falso Avatar, muitos anos antes de Aang ou Korra sequer existirem.

Em 2019, foram lançados os livros The Rise of Kyoshi The Shadow of Kyoshi, escritos por um dos criadores da série, Michael Dante DiMartino. Os livros contam mais da história de uma das antecessoras de Aang e Korra, que por sua vez havia nascido no Reino da Terra. Porém, Kyoshi inicialmente não era vista como a Avatar. Quando procuraram pelo novo Avatar, um jovem rapaz chamado Yun foi escolhido, por ter replicado as técnicas de Pai Sho de um antigo Avatar.

Kyoshi se tornou uma espécie de empregada para Yun, e os dois começaram a viver uma forte amizade. Com o passar dos anos, Yun foi treinado das formas mais brutais e violentas para que pudesse desenvolver suas outras dobras, mas isso não resultava em nada, já que ele não tinha outros poderes além da dobra de terra. Das torturas que sofreu no seu treinamento, destaca-se ter andado por superfícies cheias de espinhos e ingerir pequenas quantidades de veneno para que pudesse desenvolver uma certa resistência.

Ilustração de Yun, o garoto que achava que era Avatar…

Certo dia, no entanto, o mestre de Yun, Jianzhu, testemunhou Kyoshi usando outras dobras, e logo ela se tornou a Avatar. Yun, por sua vez, teve um destino cruel: ele foi enviado ao Mundo Espiritual, onde quase morreu. Apesar de ter sobrevivido, ele precisou se alimentar de espíritos inocentes, e isso fez com que perdesse toda a humanidade. Ao retornar para o mundo mortal, ele descobriu que todos o tratavam com desdém depois de perder seu posto de Avatar, e isso o colocou em um caminho ainda mais sombrio.

Jurando vingança contra seus mestres, ele se tornou um assassino furioso e sanguinário, matando Jianzhu e virando um inimigo letal para Kyoshi. A Avatar tentou impedi-lo pacificamente a todo custo, mas Yun parecia obstinado em seu plano de destruição — e tudo atingiu um ápice quando ele quase matou a namorada de Kyoshi, Rangi. Ali, Kyoshi não viu outra alternativa para lidar com a situação: ela se aproximou dele e usou técnicas de dobra da água para abaixar consideravelmente a temperatura de seu corpo, congelando seu coração e órgãos vitais.

A morte de Yun foi trágica e marcou Kyoshi para sempre. Ainda assim, o personagem teve um grande legado nesse universo de Avatar, pois apesar de não ter sido o Avatar de sua época, ele acabou se tornando um dobrador de terra excepcional, graças a todo o treinamento que teve. Ele era tão habilidoso que podia derreter rochas sem necessitar de calor, além de conseguir dobrar até mesmo pigmentos e tintas feitos com componentes terrosos, mudando escritas e ilustrações. Ele também usava luvas de pedra para lutar, algo que posteriormente Kyoshi ensinou para os Dai Li, o serviço secreto do Reino da Terra.

Avatar: A Lenda de Aang A Lenda de Korra estão disponíveis na Netflix.

Abaixo, confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux