Euphoria: Tudo sobre a série da HBO com Zendaya

Capa da Publicação

Euphoria: Tudo sobre a série da HBO com Zendaya

Por Leo Gravena

Euphoria estreou em 2019 na HBO e desde então se tornou uma das séries adolescentes mais aclamadas dos últimos anos. Com apenas oito episódios em sua primeira temporada e dois especiais, a segunda temporada estreia em 9 de janeiro e também terá oito episódios.

Descubra aqui tudo que você precisa saber sobre a trama antes de decidir acompanhar a aclamada série protagonizada por Zendaya, da franquia do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico da Marvel, que traz uma trama cheia de nuances e com um conteúdo maduro.

Jules Vaughn (Hunter Schafer) e Rue Bennett (Zendaya) em cena de Euphoria.

Qual é a história de Euphoria?

Euphoria segue um grupo de adolescentes no ensino médio conforme eles precisam aprender sobre a vida e enfrentar diversas situações adversas, em um mundo cheio de drogas, sexo, traumas e mídias sociais. A série é levemente baseada em uma minissérie israelense de mesmo nome, criada por Ron Leshem e Daphna Levin.

Protagonizada pela atriz e cantora Zendaya, a série traz um elenco bastante robusto e fala de muitos problemas da Geração Z – e de adolescentes em geral. A protagonista da série, Rue (Zendaya) é uma jovem que está lidando com seu vício em drogas, enquanto também começa a se apaixonar por sua nova amiga, Jules (Hunter Schafer).

Mas as coisas acabam ficando bem mais complicadas quando Nate (Jacob Elordi) acaba se intrometendo no relacionamento das duas. Além das duas personagens, também acompanhamos várias das outras colegas de classe de Rue e Jules e suas respectivas famílias.

Cena de Euphoria.

O elenco e personagens de Euphoria

O elenco principal de Euphoria é composto por uma série de jovens atores que são bastante conhecidos do público, seja por outros filmes ou séries.

Zendaya (Franquia Homem-Aranha, Duna) interpreta Rue Bennett, uma jovem viciada em drogas que está superando seus vícios e tentando encontrar seu lugar no mundo.

Hunter Schafer estrela em seu primeiro papel como Jules Vaughn, uma garota trans que acaba de se mudar para uma nova cidade e se torna amiga de Rue.

Maude Apatow (O rei de Staten Island, Bem-vindo aos 40) é Lexi Howard, amiga de infância de Rue, e a irmã mais nova de Cassie, que acabou se afastando dela nos últimos anos.

Sydney Sweeney (The White Lotus, As Passageiras) é Cassie Howard, irmã de Lexi e namorada de McKay. Ela é uma jovem que possui um passado sexual infâme e está tentando impedir que isso afete sua vida.

Jacob Elordi (da franquia A Barraca do Beijo) dá vida a Nate Jacobs, um atleta colegial que possui muitos problemas de raiva devido a sua insegurança sexual.

Barbie Ferreira (Nope, Unpregnant) é Kat Hernandez, uma garota com problemas com seu corpo que está começando a explorar sua sexualidade e sensualidade.

Alexa Demie (As Ondas, Mainstream) interpreta Maddy Perez, uma garota bastante confiante e segura, mas que se encontra em um relacionamento instável e abusivo com Nate.

Algee Smith (O Ódio que Você Semeia, Detroit em Rebelião) é McKay, um jovem jogador de futebol que namora Cassie e está tendo problemas para se ajustar à vida na faculdade.

Angus Cloud (North Hollywood) interpreta Fezco, um traficante local que é um amigo próximo de Rue e possui alguns problemas em sua “linha de trabalho”.

Eric Dane (Grey’s Anatomy, The Last Ship) dá vida a Cal Jacobs, o pai de Nate, que esconde vários segredos de sua família e também é bastante controlador e abusivo com seu filho.

Por fim, Nika King (Greenleaf) é Leslie Bennett, a mãe de Rue e Gia, enquanto Storm Reid (Uma Dobra no Tempo) interpreta Gia Bennett, a irmã mais nova de Rue.

Jules Vaughn (Hunter Schafer) e Rue Bennett (Zendaya) em cena de Euphoria.

O que a crítica acha de Euphoria?

A primeira temporada de Euphoria foi exibida entre junho e agosto de 2019 na HBO, sendo bastante elogiada pela crítica, com os principais pontos levantados sendo a atuação, história, visuais e a abordagem de temas mais maduros em uma produção do gênero.

No Rotten Tomatoes, a série possui uma média de aprovação de 80%, com o consenso crítico dizendo: “Algumas vezes difícil de assistir, Euphoria balanceia sua honestidade brutal com empatia – visualmente bela – com o desafio único de criar uma série brilhante, unida pela atuação poderosamente sutil de Zendaya”.

Ainda assim, a série não deixou de causar controvérsias devido a todas as cenas de sexo, nudez e uso de drogas e bebidas alcoólicas por adolescentes. Em entrevista com a Fox News em 2019, o Tim Winter, o presidente do “Parents Television Council” – que tem como lema “trazer de novo responsabilidade e princípios familiares à indústria do entretenimento” – apelou para que a HBO cancelasse a série, devido o conteúdo gráfico e adulto exibido na produção; principalmente após a exibição de um episódio no qual são mostrados rapidamente em tela cerca de 30 pênis e o abuso sexual de um personagem.

Hunter Schafer e Zendaya nos bastidores de Euphoria.

Os bastidores de Euphoria

Euphoria foi criada e todos os episódios foram escritos por Sam Levinson (Assassination Nation), com os criadores da série original israelense –  Ron Leshem, Daphna Levin e Tmira Yardeni – fazendo parte da produção executiva junto de Hadas Mozes Lichtenstein, Mirit Toovi, Yoram Mokadi e Gary Lennon. O nome mais famoso da produção, contudo, é Drake e a produtora A24. A trilha sonora da série foi composta pelo cantor, compositor e produtor britânico Labrinth.

As tramas da série foram baseadas na vida e experiências de Levinson enquanto adolescente, incluindo sua luta com a ansiedade, depressão e vício em drogas.

Euphoria recebeu indicações para o British Academy Television Award de Melhor Programa Internacional e para o TCA Award de Melhor Série Notável. Por sua atuação, Zendaya ganhou o Emmy e o Satellite Award de Melhor Atriz em Série Dramática.

A primeira temporada e os especiais de Euphoria já estão disponíveis no HBO Max. A segunda temporada da série estreia na HBO em 9 de janeiro.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."