Cuba Gooding Jr. se declara culpado em caso de abuso sexual

Capa da Publicação

Cuba Gooding Jr. se declara culpado em caso de abuso sexual

Por Arthur Eloi

Cuba Gooding Jr. se declarou culpado de abusar sexualmente de uma mulher em uma balada de Manhattan, Nova York, entre 2018 e 2019. O ator foi preso em 2019 com três alegações de abuso sexual, e agora apenas assumiu culpa por uma delas. A informação é do Hollywood Reporter.

Conhecido por filmes como Jerry Maguire – A Grande Virada (1996) e séries como American Crime Story, o ator encara três acusações de mulheres diferentes, que relatam terem sido abusadas em várias casas noturnas de Nova York.

O caso em que Cuba Gooding Jr. assumiu a culpa ocorreu em 2018, no restaurante italiano e balada conhecido como LAVO New York, onde o ator tocou impropriamente uma mulher, sem o consentimento dela.

Cuba Gooding Jr. foi preso por acusações de abuso sexual em 2019, mas pandemia atrasou o julgamento; Ator fez mais três filmes e um curta nesse período

A decisão de Cuba Gooding Jr. parece mais uma medida para amenizar a possibilidade de um julgamento. Se o caso for para tribunal, é esperado que a promotoria chame os testemunhos de outras 19 mulheres que também o acusam de atos impróprios.

De 2019 para cá, o ator se declarou inocente para seis outras acusações, incluindo uma alegação de estupro supostamente ocorrida em 2013, também na cidade de Nova York. O caso se arrastou até 2022 por conta da pandemia da Covid-19, que fechou muitos dos tribunais nos Estados Unidos.

Nesse período, Cuba Gooding Jr. participou de um curta sobre relatos de Nova York, e atuou nos filmes A Vida em um Ano (2020) e Beneath (2022). O ator também protagoniza o elenco do terror Skeletons in the Closet, ao lado de Terrence Howard. O longa está em pós-produção, sem data de estreia, e não é certo se sofrerá algum adiamento por conta dos escândalos.

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117