Capa da Publicação

Compra do Twitter por Elon Musk gera preocupação entre desenvolvedores de jogos

Por Leo Gravena

A aquisição de Elon Musk do Twitter por US$ 44 bilhões nessa semana vem causando bastante discussões nas redes sociais sobre o futuro da plataforma e agora desenvolvedores de jogos se juntavam à conversa expressando suas dúvidas sobre as possíveis mudanças no site.

Mesmo o Twitter não a rede social mais popular atualmente, ele se tornou uma parte integral para que pequenos negócios e empresas, principalmente a de jogos mais independentes, consigam conversar com os jogadores, criar uma base de fãs e também apresentar seu trabalho e criações para mais pessoas.

Dessa forma, vários pessoas que fazem parte de negócios ligados a game estão bastante preocupados sobre como a compra do Twitter pode afetar o futuro dessas empresas. É o caso de Victoria Tran, a diretora de comunidade da Inner Sloth, desenvolvedora de Among Us. Em entrevista com o IGN ela disse:

“Twitter geralmente é uma ótima ferramenta de networking para desenvolvedores – com as hashtags, pedindo conselhos, a habilidade de dar um retweet no trabalho ou portfólios de outras pessoas e apenas casualmente responder tweets ajudou muitas pessoas a se conectarem umas com as outras. […] Twitter também relativamente menos trabalhoso em termos de produzir conteúdo – ele é focado em palavras, enquanto outras plataformas como o Instagram e TikTok precisam de mais trabalho com imagens e vídeos”. 

Um dos fatores que mais preocupam os desenvolvedores é o fato de Musk declarar ser um “absolutista do discurso livre”, levantando o medo de que ele possa acabar dando um espaço maior e diminuir as regras que protegem os usuários de bullying e assédio. Isso surge por causa de seus vários comentários sobre “liberdade de expressão”.

Em uma conferencia recente, Musk explicou que, tirando conteúdos ilegais, ele iria permitir uma “área cinza” de Tweets na plataforma. O que gerou bastante preocupação para as pessoas que trabalham na indústria de jogos  em várias outras áreas que utilizam o twitter para se conectar com seus consumidores.

Desenvolvedores estão preocupados em como mudanças no Twitter afetarão as comunidades de jogadores na plataforma

Colin Cummings, que comanda as mídias sociais e comunidade da Evolve PR, explicou que no momento, não há uma boa alternativa para o Twitter:

“Twitter é a plataforma mais usada por desenvolvedoras e publicadoras de jogos já faz um bom tempo, ela é fácil de usar a acessível para o público fazendo dela uma plataforma importante com a qual podemos contar. Se algo perturbar ou tornar ela pior, então meu papel como gerente de mídias sociais e comunidade ficaria ainda mais importante”. 

Um desenvolvedor de jogos AAA, que trabalha para um grande estúdio e pediu para manter sua identidade em anonimato, disse:

“Já podemos ver uma resposta cautelosa de nossa base de usuários do Twitter, especialmente entre aqueles que já foram vítimas ou presenciaram assédio e abuso na plataforma” […] “Passamos meses e anos cultivando nosso público nessa plataforma e estamos preocupados de que eles possam deixar ela para trás com medo de ainda mais abuso sob a desculpa de ‘liberdade de expressão’. O mesmo vale para as marcas, já que ainda não é claro o que algumas dessas coisas significariam para moderação de conteúdo e denúncias, algo que já é um problema atualmente”. 

Até o momento, a aquisição de Musk do Twitter não foi finalizada e ainda é incerto quais serão as mudanças que ele fará na rede social. Até o momento, ele apenas prometeu melhorar a plataforma com novos recursos, inclusive tornando o algoritmo de código aberto, removendo bots de spam e também “autenticar todos os humanos”.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."