Capa da Publicação

Zack Snyder fala sobre o novo movimento dos fãs em prol de seu universo na DC

Por Gus Fiaux

Durante anos, fãs de Zack Snyder fizeram uma campanha longa e barulhenta para que a Warner Bros. lançasse o corte do diretor do filme. O movimento #ReleaseTheSnyderCut foi algo sem precedentes na história de Hollywood, mostrando como clamor público pode trazer mudanças no sistema dos estúdios. Mas quem achou que acabaria por aí se enganou. Agora, após o lançamento de Liga da Justiça de Zack Snyder, uma nova campanha teve início – ela se chama #RestoreTheSnyderVerse.

Basicamente, ela funciona como um apelo para que a Warner “devolva” o Universo Estendido da DC Comics para o diretor, de modo que ele possa terminar de contar a história da Liga da Justiça como bem entender, fechando os pontos que haviam sido estabelecidos em seus longas anteriores. Assim, Snyder poderia encerrar sua trilogia, com a invasão de Darkseid à Terra e a reunião de mais integrantes da Liga para detê-lo.

Porém, durante a JusticeCon, um evento virtual onde participou falando um pouco sobre o filme, o próprio Snyder falou a respeito da campanha. Ao ser questionado sobre o #RestoreTheSnyderVerse, o diretor disse que sua maior alegria é ver o movimento como uma espécie de reverência à sua obra, mas que ele não se sente confiante com esse plano, já que acredita que não sairá do papel:

“Eu só direi isso: Eu acho que é um conceito que acredito mostrar reverência à obra, certo? E sendo assim, eu não faço ideia no que isso vai resultar. Provavelmente nada, baseado no que vocês já sabem.”

Por outro lado, Snyder ainda explicou porque gosta de interagir com os fãs desse movimento e não os desencoraja a respeito do assunto. Para ele, seria rude dizer para alguém simplesmente “esquecer porque não não vai acontecer”. Ainda assim, ele reitera que se sente grato por toda a reverência à sua obra:

“Eu acho que meu ponto aqui é que a reverência pela obra é algo que eu jamais vou descartar ou dizer que eu não respeito e que, claro, eu não daria todo meu esforço apoiando isso, porque acho que quando fazemos os filmes, quando os finalizamos e observamos todos os personagens, tramas e tudo o mais, nós entendemos, sabe? E se alguém dissesse para mim, não importa quem seja essa pessoa, algo como ‘eu amei realmente esse filme. Eu queria que você fizesse outro’. Particularmente, eu não sou alguém que diria: ‘bem, esqueça’. Eu acho isso rude.”

Ao ser ainda mais questionado sobre porque ele acha que não teremos um retorno ao “Snyderverso”, o cineasta falou sobre como já foi difícil tirar o Snyder Cut de Liga da Justiça do papel: “O que aconteceu nesses últimos três anos para que esse filme [‘Liga da Justiça de Zack Snyder’] exista é algo impossível. Então é isso que eu penso”.

#RestoreTheSnyderVerse é uma campanha que ganhou força após o lançamento de Liga da Justiça de Zack Snyder.

Entre os planos originais de Snyder, teríamos um segundo filme focado no Flash do futuro voltando ao passado pra impedir a morte de Lois Lane, o que transformaria o Superman em um vilão após a chegada de Darkseid. Já no terceiro filme da Liga da Justiça, todos os exércitos da Terra e aliados alienígenas se juntariam para deter o Rei de Apokolips, o que resultaria numa batalha de proporções épicas.

Liga da Justiça de Zack Snyder foi lançado por tempo limitado em serviços digitais de video on demand, para ser alugado. A partir de junho, o filme passará a integrar o catálogo do HBO Max no Brasil, o serviço de streaming da Warner que ainda não foi lançado aqui.

Abaixo, veja 10 personagens do Snyder Cut que queremos ver em projetos futuros da DC Comics:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux