Capa da Publicação

X-Men: Quadrinhos confirmam problema gerado pelos poderes do Homem de Gelo

Por Melissa de Viveiros

Atenção: Alerta de Spoilers!

Os heróis dos quadrinhos possuem uma enorme variedade de poderes, alguns mais destrutivos do que outros. Mesmo aqueles que parecem mais legais e pouco inconvenientes ainda assim podem acabar causando problemas, no entanto, como foi revelado ser o caso com o Homem de Gelo (via ScreenRant).

Bobby Drake se desenvolveu muito desde sua introdução como um dos primeiros X-Men, aprendendo a usar seus poderes de modo criativo, e se tornando muito habilidoso com eles. O Homem de Gelo chegou, inclusive, a ser considerado um mutante nível Ômega por causa disso, demonstrando o quão poderoso Bobby se tornou. Apesar disso, congelar inimigos e construir rampas de gelo para se movimentar mais rápido, embora muito eficientes na hora dos conflitos e batalhas, acabam causando problemas depois, como foi apontado na série Marauders.

O volume 18 da série feita por Gerry Duggan, Stefano Caselli, Matteo Lolli e Edgar Delgado se passa em uma pequena nação chamada Madripoor, uma ilha onde um grupo anti-mutantes conhecido como Homines Verendi está tentando comprar terras dos cidadãos, já extremamente empobrecidos. Visando ajudar o povo de Madripoor e acabar com os planos do grupo, os mutantes de Krakoa se envolvem, decidindo comprar a ilha eles mesmos.

O grupo começa a ajudar os cidadãos, mas isso logo leva o Homines Verendi a retaliar, e os dois grupos travam uma batalha onde o Homem de Gelo, o Bispo e Pyro enfrentam soldados geneticamente melhorados chamados de Reavers. Enquanto o conflito acontece, Bispo vê que diversas equipes de notícias estavam nos arredores, percebendo que eles tinham caído numa armadilha de Verendi para prejudicar a reputação dos mutantes.

O final do volume 18 mostra uma reunião das Nações Unidas, onde um embaixador de Madripoor e membro do Homines Verendi, Donald Pierce, argumenta que os mutantes estavam tentando desestabilizar a economia de sua nação, além de impedir que o governo realize melhorias nas partes periféricas da ilha, que estão cheias de crime. Visando não deixar dúvidas sobre a culpa dos mutantes, Pierce então afirma que “Madripoor não tem removedores de gelo, é claro. Eles terão que jogar toneladas de gelo no porto com as mãos.”, implicando diretamente que os poderes do Homem de Gelo causaram grandes transtornos para a população da ilha.

Donald Pierce apresentando suas reclamações sobre o Homem de Gelo para as Nações Unidas.

Embora o comentário seja breve, ele chama a atenção a um problema que deve ser bastante comum quando se trata das batalhas do Homem de Gelo, que é todo o gelo que fica depois, e com o qual a população e os governantes têm que lidar. Enquanto algumas cidades possuem removedores de gelo, que são equipamentos feitos para lidar com a neve em locais que tem clima mais frio em determinados períodos do ano, ainda assim é um trabalho a mais que fica após Bobby usar seus poderes.

O conflito pode ter sido propositalmente criado pelo Homines Verendi, mas isso não muda o fato de que os poderes do Homem de Gelo deixam uma grande bagunça a ser limpada depois, algo que neste caso se tornou problema de uma população pobre que conta com poucos meios de sobrevivência. Parece que além de controlar seus poderes e fazer coisas incríveis com gelo, Bobby terá que aprender a desfazê-lo também, caso não queira causar problemas para os cidadãos comuns.

Você acha que o impacto das batalhas dos mutantes na vida das pessoas comuns deveria ser mais explorado? Comente aqui!

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || Mais obcecada pela lore de WoW do que é saudável. || @windrunning_