Wolverine: Velho Logan enfrenta uma das versões mais perigosas da armadura do Homem de Ferro nas HQs

Capa da Publicação

Wolverine: Velho Logan enfrenta uma das versões mais perigosas da armadura do Homem de Ferro nas HQs

Por Junno Sena

Através do Multiverso, várias variantes do Tony Stark foram capazes de construir armaduras impressionantes. Algumas capazes de enfrentar forças cósmicas, como os Celestiais, outras de transformar raiva em uma fonte de energia. Foi o que o roteirista Steven S. DeKnight e o ilustrador Ibrahim Moustafa trouxeram na primeira edição de Wastelanders: Wolverine (via CBR).

Focado no Logan do universo de Velho Logan, o quadrinho busca investigar as ruínas desse mundo pós-apocalíptico reinado por um Hulk enlouquecido. Nele, após o Wolverine poupar a vida de uma criança Hulk, Logan se percebe sendo perseguido por alguém vestindo uma armadura do Homem de Ferro.

O herói faz o possível para revidar, mas é surpreendido pela identidade do piloto: Bruce Banner. Aparentemente o vilão, anos atrás em parceria com o Consertador, preparou uma armadura feita de Adamantium que pudesse substituir o seu corpo.

Imagem de Wastelanders: Wolverine #1.

Apenas pelo material da armadura, essa versão do Homem de Ferro já se torna uma ameaça capaz de fazer o Wolverine ficar receoso durante a luta. A alternativa foi atacar as juntas e esperar pelo melhor, mas nem isso pareceu fazer muito estrago. Especialmente quando o Hulk revelou mais um aspecto único da armadura: sua fonte de poder. Ao invés de utilizar um Reator Arc ou outro tipo de eletricidade para servir de combustível, ela utiliza Energia Gamma.

Banner se torna a bateria perfeita para esta criação, significando que quanto mais zangado o personagem ficar, mais forte e poderosa ela é. A descoberta alarmante foi o início do fim de Logan. Ou pelo menos seria, se o bebê Hulk não o salvasse. Em um ataque surpresa, o bebê transformado no Hulk conseguiu deter o antagonista. Após isso, Wolverine enterrou a cabeça ainda viva de Banner, colocando um fim a rixa.

O que pode ser um alívio para Logan, se prova apenas momentâneo, pois ele ainda é incapaz de destruir a armadura de Adamantium. Logo, pode ser apenas questão de tempo para um novo ser movido a Energia Gamma encontrar o objeto. Vale ressaltar que tais existências não são incomuns no universo de Velho Logan, uma vez que ele acabou de matar vários deles e está em companhia de um bebê Hulk.

Wastelanders: Wolverine ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.