Capa da Publicação

What If…?: Roteirista explica por que nível de poder do Ultron não é um “furo de roteiro”

Por Leo Gravena

Desde que as Joias do Infinito apareceram no Universo Cinematográfico da Marvel elas passaram por várias alterações e, principalmente, especulações dos fãs sobre seu nível de poder, o que elas podem fazer exatamente e muito mais. Mesmo com elas tendo aparecido em vários momentos, ainda sabemos muito pouco sobre elas e agora a roteirista de What If…? explicou um pouco o motivo pelo qual a versão de Ultron vista nos dois últimos episódios da primeira temporada não é, exatamente, um furo de roteiro.

O que muitos espectadores criticaram e citaram como um erro é que, nos quadrinhos as Joias não funcionam fora de seu universo original. Já em Loki, aparentemente eles deixam a entender que no AVT elas não possuem poder nenhum, fazendo com que muitos fãs especulassem que a regras das HQs também se aplica ao MCU.

Em seu twitter, a roteirista A.C. Bradley, explicou que as Joias do Infinito não estavam sendo usadas para alterar algo de outro universo, mas sim o Ultron que era do mesmo universo que elas. Ela disse:

“Apenas um lembrete de que o Ultron estava usando as Joias do Infinito para aumentar o seu poder (um ser do mesmo universo que elas). Além disso, ele está dando socos para atravessar multiversos, transformando todos eles em uma sopa universal bagunçada”. 

Dessa forma, além das Joias estarem dando poder para Ultron e aumentando o poder dele, que veio do mesmo universo que elas. Ao quebrar as barreiras entre as realidades, Bradley insinua que isso pode acabar permitindo que essas joias e as leis de todos esses universos começaram a se misturar.

Joias do Infinito no último episódio da primeira temporada de What If…?

Aproveite e confira também todos os episódios da 1ª temporada de What If…? ranqueados do pior ao melhor:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."