Visão: conheça melhor o sintozóide da Marvel

Capa da Publicação

Visão: conheça melhor o sintozóide da Marvel

Por Gus Fiaux

WandaVision veio com força total para dar mais espaço para dois dos personagens mais subestimados do Universo Cinematográfico da Marvel, a Feiticeira Escarlate e seu par robótico, o Visão. Em especial, o sintozóide é uma figura muito importante e relevante para os Vingadores nas HQs, trazendo discussões profundas a respeito da vida, humanidade e hereditariedade.

O personagem foi criado nas páginas de The Avengers #57, pelas mãos de Stan Lee, Roy Thomas John Buscema, inicialmente como a cria de um dos vilões mais perigosos da equipe até se tornar um integrante glorioso dos Vingadores, dando tudo de si no campo de batalha e provando que um “androide” também pode chorar. Por isso, neste artigo, nos dedicamos a explorar um pouco mais sobre o Visão!

O que é um sintozóide?

Se você já pesquisou um pouco sobre o Visão, deve ter se deparado com esse termo, usado para se referir à “espécie” do personagem. Para muitos, o herói é um androide normal, composto de matéria inorgânica como um robô qualquer – mas não é bem assim. Um sintozóide é, de forma bem básica, um ser humanoide criado de modo artificial, mas com materiais que simulam órgãos e tecidos humanos.

O primeiro sintozóide das HQs da Marvel foi o Tocha Humana Original, um robô criado pelo Dr. Phineas Horton durante a Segunda Guerra Mundial. Uma criatura inovadora, ele pensava como um ser humano e tinha características extremamente realísticas, mas era composto por matéria inorgânica que simulava a estrutura física de um ser humano.

Essa conexão com o Tocha Humana Original é muito importante porque depois nos é revelado que o Visão é criado a partir de uma duplicata temporal do personagem. Seu corpo é, de forma bem grosseira, construído em cima da réplica de Jim Hammond (o alter ego do Tocha Humana Original), retendo várias das características fisiológicas do sintozóide original.

Outro ponto importante a respeito dos sintozóides são suas fontes de energia: Eles se recarregam automaticamente a partir da energia solar, motivo pelo qual, nas HQs, o Visão possui uma joia na testa (que, nos filmes, possui outro significado e função).

Quem criou o Visão? E como ele foi criado?

Ultron era um grande inimigo dos Vingadores, tendo feito muitas coisas para tentar destruir a equipe. O robô assassino e monstruoso foi criado por Hank Pym em uma fase bem sombria de sua vida, sem saber que seu “filho” se voltaria contra ele e seus aliados. Meses depois de sua criação, o androide elaborou um plano terrível e glorioso para acabar de uma vez por todas com os Heróis Mais Poderosos da Terra.

Para isso, ele sequestrou o cientista Phineas Horton e fez com que ele mexesse no corpo do Tocha Humana Original (sem saber que se tratava de uma duplicata de outra linha temporal). Antes de matar Horton, Ultron o obrigou a pintar o corpo de sua criação de vermelho escarlate, além de alterar os componentes do corpo do robô, o que explica porque o Visão não possuía poderes de termocinese, como o Tocha Humana Original.

Para completar o processo, Ultron “instala” na mente de sua criação o padrão cerebral de Simon Williams, o Magnum, um ex-vilão dos Vingadores que havia sido dado como morto na época. Uma vez “vivo”, o sintozóide foi despachado para enfrentar os Heróis Mais Poderosos da Terra, mas imbuído de consciência própria, terminou se voltando contra seu criador e se tornando um herói ao lado dos outros Vingadores.

Uma curiosidade aqui: quem batizou o Visão foi, na verdade, a Vespa (esposa de Hank Pym). Quando o sintozóide foi enviado para atacá-la, Janet Van Dyne quase desmaiou, mas descreveu a criação de Ultron como “uma visão sobrenatural e inumana”. O nome pegou e hoje o conhecemos assim.

Quais são os poderes do Visão?

Lembra que o Ultron exigiu que o Dr. Horton alterasse a composição dos tecidos do Tocha Humana Original para criar o Visão? Pois bem, basicamente, o que aconteceu foi que o Visão ganhou a capacidade de reduzir ou aumentar a densidade de seu próprio corpo, em vez da capacidade de se colocar em chamas como o robô original.

Dessa forma, ele pode ser tão duro e resistente quanto diamante ou tão leve e frágil quanto uma pena. Essa habilidade faz com que ele possa voar, além de ultrapassar barreiras sólidas ao deixar a densidade de seu corpo intangível (assim como, por exemplo, a Kitty Pryde dos X-Men). Esse poder também o garante superforça e uma resistência sobre-humana contra projéteis e outros tipos de ataque.

Através da joia em sua testa, ele também é capaz de absorver energia solar, algo que geralmente é usado para recarregá-lo continuamente, como uma bateria viva. Ele também pode redirecionar essa energia, formando feixes de calor através da joia na testa e de seus próprios olhos. A tecnologia em seu corpo também foi modificada e evoluída com o passar dos anos, o que o garantiu novas habilidades.

Por exemplo, ele é capaz de controlar dispositivos e redes eletrônicas mesmo à distância, o que o torna um ótimo aliado dentro e fora do campo de batalha. Ele também possui a capacidade de criar hologramas dos mais diversos tipos. Mais recentemente, todo seu corpo foi transformado em um exército de nanitas, o que faz com que ele possa se dividir em um enxame de robôs microscópicos.

Visão e Feiticeira Escarlate

Um dos romances mais cultuados e importantes das HQs veio quando o Visão e a Feiticeira Escarlate começaram a se apaixonar, abrindo margem para diversas discussões a respeito da humanidade do Sintozóide. Como poderia um ser artificial criado em laboratório ser capaz de demonstrar sentimentos e emoções humanas, que dirá se apaixonar por uma pessoa real?

A aproximação entre os dois foi lenta e gradual, com muito receio por parte dos dois, até que eventualmente decidiram assumir os riscos e se casar. Eles chegaram a morar por um tempo em um subúrbio em Nova Jersey, além de continuarem participando de aventuras e missões ao lado dos Vingadores. Nesse período, descobrimos que, de alguma forma, a Feiticeira Escarlate estava grávida de gêmeos, William Thomas Maximoff. 

Posteriormente, as HQs revelariam que Thomas e William eram fruto dos poderes de alteração da realidade de Wanda Maximoff, que havia usado inconscientemente fragmentos da alma do demônio Mephisto para dar vida aos bebês. Quando a ilusão foi dissipada e as crianças foram reabsorvidas pelo vilão, a Feiticeira Escarlate ficou completamente insana, antes dos Vingadores concordarem em apagar a mente da heroína para que ela não perdesse controle de suas habilidades. Nesse período, ela e o Visão se separaram.

Algumas vezes depois, o Visão ainda tentou reconciliar-se com Wanda, mas sem muito sucesso. Em Vingadores: A Queda, ao descobrir o que seus colegas de equipe haviam feito, a heroína surtou novamente e destroçou os Vingadores, inclusive matando o Visão no processo. Atualmente, o Visão já voltou à vida. No início, ele não perdoava Wanda por suas ações, mas hoje os dois convivem em harmonia, apesar do relacionamento não existir mais.

Visão no Universo Cinematográfico da Marvel

Nos cinemas, o Visão é um personagem um pouco diferente do que vemos nas HQs, sobretudo em sua origem. Apesar de ter a mesma natureza mansa, pacata e quase inexpressiva do Sintozóide original, o herói dos filmes é mais conhecido por ser uma recriação de J.A.R.V.I.S., a inteligência artificial originalmente desenvolvida por Tony Stark.

Em Vingadores: A Era de Ultron, vemos Ultron tomando conta da tecnologia Stark e criando vários corpos metálicos, um exército para enfrentar os Vingadores. No entanto, aquilo não bastava para ele, de modo que decidiu criar um “corpo perfeito”, que pudesse assumir em sua cruzada contra Stark e os Heróis Mais Poderosos da Terra. Ele então sintetiza um corpo feito de vibranium, com a ajuda da cientista Helen Cho. 

Para dar vida a esse novo receptáculo, Ultron usa a Joia da Mente, sem saber de suas propriedades cósmicas. O Visão ganha vida e, assim como nos quadrinhos, trai seu “pai” e passa a lutar junto dos Vingadores. Ele permanece ao lado da equipe por alguns anos, nutrindo um relacionamento com Wanda Maximoff. Após a Guerra Civil, ele inclusive realiza encontros com a heroína, que estava foragida após os Acordos de Sokóvia. O herói é destruído, no entanto, em Vingadores: Guerra Infinita, quando Thanos surge para reconquistar a Joia da Mente.

Agora, estamos vendo o personagem em WandaVision, mas há uma grande chance de que não seja o herói que conhecemos anteriormente, e sim uma nova projeção da Feiticeira Escarlate, que ficou profundamente traumatizada após ver a morte de seu amado duas vezes. A série ainda não se aprofundou nesse tema, mas logo devemos descobrir a verdadeira natureza deste novo Visão, e se ele vai ou não continuar a aparecer ativamente no Universo Cinematográfico da Marvel. 

Abaixo, veja todos os easter-eggs dos dois primeiros episódios de WandaVision:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux