Capa da Publicação

The Crown: O que a Família Real pensa da série da Netflix?

Por Arthur Eloi

Mais um ano, mais um Emmy Awards em que The Crown faz a limpa em tudo que têm direito. A série da Netflix é uma verdadeira máquina de ganhar prêmios, compensando seu alto investimento em temporadas de premiação muito proveitosas, que colocam o nome da plataforma em destaque por todo lugar.

Mas por mais que os dramas intensos peguem a atenção do público, da crítica e dos votantes do Emmy, vale lembrar que o programa é baseado na história verdadeira da Família Real britânica.

Considerando que muitos dos membros retratados na série ainda estão vivos, a realeza britânica costuma comentar – e cutucar – a produção com certa frequência.

O que a Família Real britânica pensa de The Crown?

O príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, são indiferentes com The Crown

Em resumo, eles não são grandes fãs da série, como é esperado. Muitos dos (vários) membros da Família Real já elogiaram elementos isolados de The Crown, mas sempre é possível notar um tom mais moderado na hora de exaltar algo do programa. Mais comuns, as reclamações giram em torno de exageros, liberdades criativas, e a preocupação de que o público vá entender que os eventos do seriado são fatos concretos.

O príncipe Harry, que passa por momentos complicados com a própria família, admitiu que assiste ao programa junto com sua esposa, a atriz Meghan Markle (Suits), mas que The Crown apenas arranha a superfície do drama da sua vida, como contou ao apresentador James Corden durante uma entrevista em 2021 (via US Magazine):

A série não tenta ser um documentário, é ficção levemente baseada na verdade. Te dá uma ideia básica do nosso estilo de vida, das pressões de colocar o dever e serviço acima da família e tudo mais, e o que pode sair disso. Estou muito mais confortável com The Crown do que com as manchetes que vejo escritas sobre minha família, minha esposa ou sobre mim.

O príncipe, inclusive, lançou sua escalação do coração para um ator que poderia o interpretar nas telas. Harry quer que Damian Lewis, conhecido por viver Nicholas Brody em Homeland, assuma o papel de Harry quando The Crown eventualmente chegar aos dias de hoje.

Príncipe Harry quer ser interpretado por Damian Lewis, de Homeland e Billions

Se o príncipe Harry ficou meio indiferente com o programa, a família imediata do príncipe Andrew se assumiu fã de The Crown sem medo de ser feliz. A duquesa Sarah Ferguson ficou emocionada em rever seu casamento na série: “Foi filmada de uma forma linda, a direção de fotografia é excelente”, falou à revista Us. A princesa Eugenie, filha do casal, também se emocionou: “A música é fantástica, e a trama é belíssima. Você se sente orgulhoso de assistir. Não posso falar por todos, mas é assim que me senti.

Charles Spencer, irmão da princesa Diana, não compartilhou do mesmo carinho. Na verdade, ele se disse preocupado com a produção:

O que me incomoda é que as pessoas assistem um programa assim mas esquecem que é ficção. O público, especialmente estrangeiro, acham que assistir The Crown é como ter uma aula de história. Bom, não é verdade.

Para a infelicidade de Charles Spencer, princesa Diana foi foco da quinta temporada de The Crown

O que o elenco e produção de The Crown pensam das reações da Família Real?

Claro, é uma dinâmica de duas pontas. Não só a Família Real reage ao seriado, como também a equipe de The Crown reage às reações. Em 2017, Claire Foy, que foi a primeira atriz a viver a rainha Elizabeth II na série, se mostrou preocupado com a ideia da rainha assistir sua performance:

Odeio pensar que ela pode assistir. Quando se interpreta uma pessoa real, você nunca quer ser rude ou desconstruir a pessoa. Eu quero inventar alguém novo, então odiaria que ela assistisse e ficasse pensando que eu exagerei em algo.

Para a infelicidade de Foy, parece que a rainha já assistiu ao programa – e até curtiu. Enquanto a rainha Elizabeth II nunca se pronunciou sobre The Crown, a informação surgiu de Vanessa Kirby, a princesa Margaret das duas primeiras temporadas. Segundo a atriz, um amigo dela ouviu a princesa Eugenie (da vida real) falando sobre a reação da avó ao programa:

Um amigo meu estava em uma festa onde não conhecia ninguém, então ele se juntou à uma rodinha que estava falando sobre The Crown. Uma garota falou ‘Bom, minha avó assiste e ela realmente gosta’. Demorou um pouco para ele perceber que a garota que falava era a Eugenie, e que sua avó era a rainha.

Claire Foy tinha medo de que a rainha Elizabeth II assistisse The Crown – e parece que a rainha não só viu como também curtiu

Seja como for, The Crown continua um fenômeno televisivo, mesmo que sua versão dramatizada da vida real ocasionalmente bata cabeças com a Família Real.

A disputa, porém, é bastante civilizada, e o mais longe que chegou foi quando o governo britânico pediu que a Netflix colocasse um aviso de que o programa é apenas ficção. A plataforma negou, e a vida continuou normalmente. Resta saber se os monarcas vão manter essa postura quando o seriado eventualmente chegar aos conflitos dos dias de hoje.

Aproveite e confira:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117