Capa da Publicação

Sweet Tooth: Conheça a HQ da DC que vai virar série da Netflix

Por Gus Fiaux

Em junho deste ano, a Netflix nos apresentará uma nova série baseada em um popular quadrinho da DC Comics. É claro que estamos falando de Sweet Tooth, adaptação que conta com a produção de Robert Downey Jr. e trará os quadrinhos que tornaram Jeff Lemire um nome de respeito à vida. A série inclusive já foi exibida para alguns críticos e recebeu avaliações bem positivas com base em seus primeiros capítulos.

Aqui, adentramos em um mundo descrito como “Mad Max encontra Bambi“, onde a Terra se encontra em um futuro desolador e pós-apocalíptico. O mundo agora é habitado por humanos “normais” e híbridos entre pessoas e animais. É assim que conhecemos o adorável Gus, um híbrido de humano e cervo que precisa passar por uma grande jornada enquanto é perseguido por cientistas, cultistas e intolerantes que querem vê-lo morto a qualquer custo.

Se você não conhece muito sobre a história mas se interessou por ela, aqui descobrirá tudo sobre Sweet Tooth!

Sweet Tooth nas HQs

Em setembro de 2009, tivemos a primeira publicação de Sweet Tooth nos quadrinhos. O título foi escrito por Jeff Lemire (que depois assumiu as revistas do Cavaleiro da Lua e do Arqueiro Verde) – mas não apenas isso, já que ele também é o ilustrador da HQ. A publicação aconteceu pela Vertigo, o extinto selo da DC Comics que trazia tramas originais com abordagens mais sombrias e adultas.

E embora tenha sido lançado pela DC ComicsSweet Tooth não se passa no universo dos heróis da editora, como o Batman e o Superman. Toda a trama acontece em uma realidade fechadinha, onde acompanhamos essa história e nada mais. Ao todo, o título original teve 40 edições, lançadas entre 2009 e 2013, resultando em seis arcos fechados. Em 2020, a HQ voltou com uma minissérie em seis edições, intitulada Sweet Tooth: The Return.

A HQ foi instantaneamente aclamada pela crítica, justamente por trazer um teor agridoce e por discutir temas como violência, intolerância e preconceito, a continuação da humanidade após uma catástrofe e até mesmo o conceito de família. Foi também o quadrinho que ajudou a colocar o nome de Jeff Lemire no mapa, tornando-o um dos autores mais populares da atualidade, tendo trabalhado tanto para a Marvel quanto para a DC Comics.

A história do quadrinho

Em Sweet Tooth, somos logo apresentados a Gus, um menino meio-humano e meio-cervo que vive com seu pai no interior do Nebraska, isolado do restante da população. Quando seu pai morre, ele parte em uma jornada e acaba se encontrando com Tommy Jepperd, com quem desenvolve um forte laço familiar. Assim, eles precisam fugir dos perigos e ameaças enquanto descobrem mais sobre a situação do mundo em que vivem.

Nesse universo, após um grande desastre, várias crianças começaram a nascer com traços animalescos, híbridos de humanos e animais selvagens. No começo da história, não se sabe ao certo o que causou isso, se foi um vírus ou se é apenas um novo estágio da evolução humana. O papel de Gus é fundamental porque ele é o primeiro híbrido dessa “nova espécie”, tendo nascido antes da “pandemia” ter começado.

Ao longo do quadrinhos, Gus precisa fugir de diversos adversários, como o cientista antiético Dr. Singh, que quer fazer experimentos nele, e Abbott, o líder de uma instalação científica onde esses experimentos são conduzidos. A trama também insere grupos de sobrevivência em meio a esse mundo deserto, além de mostrar como a humanidade se voltou ao seu lado mais animalesco, caçando e matando tudo aquilo que teme e odeia.

Os personagens

Como dito anteriormente, o mundo de Sweet Tooth é habitado por humanos “normais” e híbridos entre humanos e animais. A história se foca na jornada de Gus, mas temos uma infinidade de personagens bem interessantes que o auxiliam em sua viagem por uma América destroçada. Aqui estão alguns dos personagens dos quadrinhos:

Gus

O protagonista da história, Gus é um garoto de nove anos que possui traços físicos de cervo, como uma galhada e orelhas pontudas. Ele é o primeiro híbrido nascido nesse mundo devastado e por isso se torna um alvo de pessoas intolerantes e cientistas que querem dissecá-lo para estudar sua biologia. No começo da história, Gus é criado por seu pai no interior rural do Nebraska, mas logo acaba partindo em uma viagem com Jepperd, após a morte do pai por conta de alguma doença misteriosa.

Tommy Jepperd

Jepperd é um homem com uma história trágica envolvendo uma esposa que morreu em um conflito com a milícia. Ele é um homem mais velho e endurecido, que não se abre para outras pessoas e tem sérios problemas em confiar em estranhos. O personagem acaba traindo Gus em determinado ponto da história, entregando-o para cientistas, mas se arrepende e se redime. Jepperd foi parcialmente inspirado no Justiceiro da Marvel.

Dr. Singh

Um dos principais antagonistas de Sweet Tooth, o imoral e antiético Dr. Singh é um cientista que realiza alguns experimentos em crianças híbridas, sem se importar com suas vidas ou vontades. Ele acaba se interessando por Gus ao descobrir que o menino nasceu antes da “pandemia dos híbridos” começar, e parte em uma caçada incansável para tentar capturá-lo.

Wendy

Wendy é outra menina híbrida que Gus conhece durante suas viagens. Ela tem traços de porco e foi criada sozinha por sua mãe, mas acabou a perdendo para a milícia. Quando se junta a Gus, ela também acaba considerando Jepperd uma nova figura paterna.

Sweet Tooth na Netflix

Em novembro de 2018, foi anunciada a adaptação de Sweet Tooth. A série originalmente seria lançada pela Hulu, um serviço de streaming que não está disponível no Brasil. Contudo, após a produção do piloto, a adaptação mudou de plataforma para a Netflix, onde recebeu o sinal verde para que toda a primeira temporada fosse gravada. Robert Downey Jr., o nosso eterno Homem de Ferro, virou o produtor executivo ao lado de sua esposa, Susan Downey.

As filmagens começaram em julho de 2020, na Nova Zelândia, um dos poucos lugares do mundo que conseguiu lidar e conter a circulação do COVID-19. Jim Mickle (Cold in July, Hap and Leonard) foi chamado para ser showrunner da primeira temporada, que contará com apenas oito episódios. As gravações continuaram até dezembro de 2020, e a série entrou no processo de pós-produção e finalização.

No elenco, teremos Christian Convery (Venom, Brincando Com Fogo) no papel principal de Gus. Nonso Anozie (CinderelaA Última Legião) fará o papel de Jepperd. Adeel Akhtar (Utopia), Will Forte (Saturday Night Live) e Neil Sandilands (The Flash) fecham o elenco, enquanto James Brolin (Terror em Amityville) ficará como o narrador da série. A primeira temporada chega completa à Netflix no dia 4 de junho de 2021.

Sweet Tooth estreia no dia 4 de junho, na Netflix.

Abaixo, veja também 10 HQs da Vertigo que merecem virar séries de TV:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux