Capa da Publicação

Star Wars: Lucy Lawless diz que perdeu papel na franquia por campanha dos fãs

Por Arthur Eloi

Nos últimos anos, campanhas de fãs se tornaram cada vez maiores e mais expressivas, até conquistando alguns resultados, como resgatar séries canceladas. Mas elas também podem ter efeitos negativos, como explicou Lucy Lawless (Xena, a Princesa Guerreira), que afirma ter perdido um papel em Star Wars por conta da pressão do público.

Para contextualizar, é preciso lembrar da demissão de Gina Carano. A atriz interpretava Cara Dune em The Mandalorian, mas foi demitida no início de 2021 por conta de postagens antissemitas, conspiratórias e preconceituosas em suas redes sociais.

Surgiu então a dúvida de como a série lidaria com a saída da intérprete: apagaria a personagem, ou então colocaria outro rosto no lugar? Foi aí que surgiu uma campanha dos fãs para colocar Lucy Lawless na série. A atriz, que viveu Xena na televisão, foi considerada uma boa pedida para interpretar a mercenária badass.

Acontece que o clamor do público atrapalhou a chance de Lawless conseguir um papel em outra produção de Star Wars, como ela explicou ao Comic Book:

Sendo bem honesta, eu já estava negociando algo relacionado à Star Wars, mas não era The Mandalorian. Isso pode ter me prejudicado porque eles decidiram não me contratar, pois ia ficar parecendo que eles atenderam a demanda. É só um palpite, não sei de nada, mas isso pode ser prejudicial, pois se eles atenderem os pedidos de um grupo de fãs, vão precisar atender de outros também, entende?

Após demissão de Gina Carano, fãs fizeram campanha para colocar Lucy Lawless no papel

Não foi revelado para qual produção de Star Wars a atriz estava sendo cotada. Pela frente, há as séries de Obi-Wan, Cassian Andor, Ahsoka Atano e também Rangers of the New Republic, além do filme Rogue Squadron, pela diretora Patty Jenkins (Mulher-Maravilha).

Aproveite e confira todas as séries de Star Wars já confirmadas:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117