Capa da Publicação

Space Jam: Um Novo Legado tem nota no Rotten Tomatoes revelada

Por Leo Gravena

Space Jam: Um Novo Legado, a sequência do clássico que marcou uma geração, estreia em breve. O filme vai, mais uma vez, misturar uma disputa épica de basquete com as maluquices dos Looney Tunes, porém ele não parece ter agradado muito a critica especializada. As primeiras críticas já foram liberadas e o Rotten Tomatoes, que agrega essas críticas em um só lugar e dá uma “nota” geral para os filmes, já fez as contas. Até o momento, o filme possui 59 críticas e uma nota de 41% de aprovação no site; delas, 35 são “ruins” e 24 são “boas”.

O consenso dos críticos diz:

“Apresar do esforço de LeBron James em fazer com que a equipe do Tune Squad seja vencedora, Space Jam: Um Novo Legado troca o humor metalinguístico e doido de seu antecessor por uma tentativa cansada e descarada em marcar o público com Propriedades Intelectuais.”

Confira abaixo algumas das críticas:

Alonso Duralde, do TheWrap:

“Com Malcolm Lee e Ryan Coogler comandando o show, você esperaria que o novo Space Jam faria algo inteligente, divertido, provocativo ou inesperado com esse material, mas Um Novo Legado é apenas outra tentativa de mostrar marcas”.

Glenn Kenny, do The New York Times:

“Várias piadas são boas. Mas a sobrecarga sensorial feita propositalmente na maior parte só faz sua cabeça girar, deixando o espectador se sentindo como o Coiote depois de bater com força em uma parede”. 

Charles Bramesco, do The Guardian:

“O legado em questão é o da Warner Brs., o estúdio responsável por essa monstruosidade digitalizada e espalhafatosa, e por dar a ela uma motivação mais profunda e existencial”.

Brian Truitt, do USA Today:

“O Space Jam original tinha um gancho decente ara um astro do basquete querer jogar com um monte de personagens de desenhos animados antigos, usando o rápido flerte de Jordan com o baseball. O novo, dirigido por Malcolm D. Lee, nem mesmo tem isso. A história principal surge da Warner Bros. querendo que LeBron James atue com o Batman e o Harry Potter. ‘Atletas atuando? Isso nunca dá certo’, diz LeBron no filme, apontando que essa é uma péssima ideia e assim falando por todos nos”. 

Frank Scheck, do The Hollywood Reporter:

“Quem esse filme deveria agradar é um mistério, exceto talvez o departamento de marketing do estúdio. As crianças certamente não vão reconhecer várias das participações rápidas e referências cinematográficas, enquanto adultos ficarão entediados com o ritmo frenético que parece como se você estivesse assistindo outra pessoa jogando um video game. [O filme] parece como se a Warner Bros. somente vomitasse toda a sua propriedade intelectual”. 

O diretor Malcolm D. Lee com LeBron James.

No filme, LeBron James e seu filho vão parar dentro do mundo dos personagens da Warner Bros. Tudo está sendo controlado por Al G, uma poderosa força corrompida que ameaça todos os queridos astros da Warner. Contando com a ajuda de Pernalonga, LeBron vai atravessar esse mundo, tentando reunir os Looney Tunes e salvar seu filho. Acontece que, para conseguir retornar para o seu lar, ele precisa desvendar os planos de Al G e vencê-lo em um jogo de basquete que contará com as maiores estrelas da NBA.

Comandado pelo diretor Malcolm D. Lee, Space Jam: Um Novo Legado estreia nos cinemas americanos e na HBO Max em 16 de julho de 2021. No Brasil o filme chega aos cinemas hoje, 15 de julho.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."