Robin e Batman: Alfred descobre mais sobre a natureza sombria de Bruce Wayne em nova HQ

Capa da Publicação

Robin e Batman: Alfred descobre mais sobre a natureza sombria de Bruce Wayne em nova HQ

Por Junno Sena

Mesmo que o Batman seja visto como um herói, a sua atitude diante dos vilões, o modo como o personagem trata a justiça e diversas outras características da personalidade de Bruce Wayne deixam claro a sua índole questionável. E, agora, Alfred descobriu mais sobre essa faceta do personagem no novo quadrinho do Homem Morcego (via CBR).

Em Robin and Batman #2, escrita por Jeff Lemire, Dustin Nguyen e Steve Wands, após um breve encontro entre Dick Grayson e os futuros Jovens Titãs, Batman conversa com Robin sobre as fraquezas dos integrantes da equipe e como o jovem Dick poderia tirar proveito disso em uma possível luta.

Isso deixa Alfred perplexo e horrorizado, fazendo com que o mordomo o chame de “desgraçado”. Se a atitude de Bruce já não foi o suficiente para tirá-lo do sério, Alfred descobre que todo o evento de reunir Dick e os Titãs não passava de uma desculpa com o único propósito de encontrar a fraqueza dos outros jovens.

Discussão entre Alfred e Batman em Robin and Batman #2

Mesmo que a postura dele seja um choque para Alfred, a verdade é que não é novidade como o personagem constantemente está suspeitando de todos ao seu redor. Desde a famosa piada que “o super poder do Batman é o preparo” até diálogos do Cavaleiro das Trevas sobre arquivos com a fraqueza de heróis da Liga da Justiça em JLA: Tower of Babel, esse planejamento do herói não é algo novo para os fãs dos quadrinhos.

Ainda em conversa com Alfred, ele explica que não deixará Dick ter uma infância normal por que ele mesmo nunca teve. O quadrinho tem buscado se aprofundar na relação do Batman e Robin e toda a toxicidade envolvida na mesma, muito similar ao relacionamento de Dick e Bruce na série Titãs.

“Eu nunca tive. Por que ele teria?”, diz Bruce

Mas, se o personagem interpretado por Iain Glen em Titãs não parece ter aprendido a sua lição, talvez com Alfred o enfrentando, a versão das HQs possa ter uma postura diferente como pai do rapaz.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.