Pokémon: Entenda o motivo pelo qual o visual de Lenora foi modificado na franquia

Capa da Publicação

Pokémon: Entenda o motivo pelo qual o visual de Lenora foi modificado na franquia

Por Junno Sena

Não é de hoje que produções japonesas vem tendo controvérsias relacionadas a movimentos raciais. Desde Krone em Promised Neverland, até Jynx em Pokemón, a forma como produções japonesas costumam representar personagens negros é, no mínimo, polêmica. Dessa vez, a personagem que recebeu os holofotes nessa questão foi Lenora de Pokémon.

Como foi dito anteriormente, Lenora não foi a primeira personagem da franquia dos “monstros de bolso” a receber críticas em relação ao uso de estereótipos raciais. Em 1999, o tom escuro da pele de Jynx e seus lábios grossos foram comparados à prática de Blackface, na qual atores brancos se pintavam para representar personagens afro-americanos.

A controvérsia fez com que o episódio Holiday Hi-Jynx fosse banido da televisão americana. A solução encontrada na época foi mudar a cor da pele da personagem para roxo, em busca de tornar o Pokémon menos ofensivo.

Desde então, com o crescimento da franquia somado a uma internacionalização da marca, a marca tem evitado essas controvérsias. Por outro lado, com o aumento de debates raciais sobre representatividade, se torna impossível para a mesma não inserir personagens negros na trama. Essa conscientização fez com que Iris e Lenora fossem apresentados ao mundo de Pokémon.

Mas, no caso de Lenora, a inserção ganhou uma repercussão negativa. A personagem foi apresentada em Pokémon Black and White com um avental, cabelo grande e cheio sendo preso por uma bandana e lábios brilhantes e vermelhos. Muitos fãs disseram que ela parecia com o arquétipo de “mammy”, um estereótipo negativo muito conhecido no Brasil por meio da Tia Nastácia em Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Lenora em comparação com Tia Nastácia.

As críticas ao design da personagem repercutiram de diversas formas. No anime, por exemplo, ela teve uma mudança das suas roupas, mas apenas na versão americana, enquanto na japonesa a personagem manteve o avental. No mangá, ela também sofreu alterações, com Lenora carregando o avental no ombro e depois, o jogando para o lado. Já na versão publicada pela Viz Media, a peça foi removida completamente.

Lenora sem o avental.

De acordo com alguns veículos, como o CBR, o design de Lenora representa uma dificuldade na internacionalização da marca Pokémon, uma vez que aspectos culturais nem sempre são conhecidos pelos japoneses. Por outro lado, é importante frisar o fato de que Pokémon não é uma empresa nova no mercado internacional, logo se espera um pouco mais de cuidado na construção de seus personagens.

De qualquer forma, as mudanças feitas nela já são um passo para fazer com que a audiência se sinta mais confortável com Lenora e assim, a empresa consiga, de fato, atingir os seus objetivos referentes à inclusão e representatividade.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.