Capa da Publicação

Pantera Negra 2: Andy Serkis indica como a sequência deve funcionar sem Chadwick Boseman

Por Arthur Eloi

A Marvel tem um enorme desafio nas mãos: fazer Wakanda Para Sempre, a sequência de Pantera Negra, sem Chadwick Boseman, o intérprete de T’Challa que faleceu em agosto de 2020, vítima de câncer de cólon aos 43 anos.

O estúdio ainda não detalhou seus planos para a continuação sem o protagonista, apesar de ter garantido que não vão reconstruir o ator em computação gráfica. Agora, Andy Serkis compartilhou como imagina que o novo filme pode continuar sem Boseman.

Serkis, que interpreta o vilão Garra Sônica, falou ao Gizmodo (via CBR) que está interessado em ver mais destaque ao mundo de Wakanda, de forma que não desmereça o legado do ator, mas que expande o universo além da figura do Pantera Negra:

Wakanda como um mundo, um lugar, uma filosofia. Estou muito animado para ver como vai evoluir, como se desdobra. Obviamente, é muito triste com a partida de Chadwick Boseman, mas acredito que o filme vai imortalizar sua atuação extraordinária, e também a pessoa e ator incríveis que ele era.

Segundo Andy Serkis, sequência de Pantera Negra deve explorar Wakanda além da figura do herói

A declaração de Serkis parece se alinhar com outras falas do elenco. Angela Bassett, que vive a rainha Ramonda, mãe de T’Challa, comentou anteriormente que o roteiro foi reescrito várias vezes, e que o objetivo do longa é homenagear tanto o ator quanto o personagem.

A estreia de Pantera Negra: Wakanda Para Sempre está marcada para 8 de julho de 2022 nos cinemas. Aproveite e confira 10 curiosidades sobre Chadwick Boseman, o eterno T’Challa do Universo Cinematográfico da Marvel:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117