Capa da Publicação

Pânico: Filme gravou finais falsos para evitar vazamentos

Por Leo Gravena

Tendo sido um grande sucesso nos anos 90 e tendo uma grande base de fãs até hoje, uma das partes mais divertidas da franquia Pânico sempre tentar descobrir o assassino, ou assassinos, antes dele ser revelado na tela. No passado, a franquia usou – em vários momentos – roteiros e cenas falsas para tentar evitar vazamentos sobre seus surpreendentes finais, algo que voltaram a usar no novo projeto.

De acordo o Bloody Disgusting, além dos roteiros falsos (que já haviam sido confirmados pela produção), os codiretores do filme Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett também gravaram várias cenas falsas para o final do novo filme da franquia, no intuito de confundir aqueles que tentarem vazar a trama e a grande revelação de quem é o assassino de Pânico 5.

O produtor da franquia, William Sherak, já havia confirmado que no set eles estavam dando vários roteiros falsos diferentes, deixando claro que “a maior parte do elenco não sabem se eles tem a versão correta ou não”. Segundo o produtor, “A diversão de um filme de Pânico é que todo mundo é culpado até ser provado inocente”. 

Ghostface retornará no quinto filme da franquia Pânico.

O cuidado com os filmes começou quando o roteiro de Pânico 2 vazou na internet em 1997, revelando todos os assassinos e vários outros pontos importantes da história, desde então, Kevin Williamson e Wes Craven começaram a criar roteiros falsos para os outros filmes da franquia.

Dirigido por Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, Pânico contará com Neve Campbell, David Arquette, Courteney Cox, Jack Quaid, Marley Shelton e Dylan Minnette. O filme chega aos cinemas em 14 de janeiro de 2022.

Confira as imagens do novo filme:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."