O Incrível Hulk: Marvel temia que Universal não estivesse divulgando o filme como deveria

Capa da Publicação

O Incrível Hulk: Marvel temia que Universal não estivesse divulgando o filme como deveria

Por Chris Rantin

No Universo Cinematográfico Marvel, o Hulk é um personagem bastante peculiar. Com os direitos do herói pertencendo anteriormente à Universal, o Golias Esmeralda teve apenas um filme solo no MCU — cujas tramas foram ignoradas por boa parte do universo compartilhado — e, de acordo com o livro The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe (via CBM), a Marvel Studios não acreditava que ele estava sendo bem divulgado.

Além de ter vários problemas nos bastidores por conta de Edward Norton, que na época encarnava no herói, o filme deixou a Marvel bem preocupada com a maneira que ele estava sendo vendido para o público. Segundo o livro, que tem revelado inúmeros segredos da história da Marvel Studios, o pessoal da empresa estava “[preocupado] que o acordo do estúdio com a Universal tivesse, em partes, arruinado o filme.”

O livro continua, dessa vez informando que, por ser apenas um filme do Hulk — diferente do acordo com a Paramount que envolvia a distribuição de vários filmes, como Capitão América: O Primeiro Vingador e Thor — a sensação era de que as coisas não dariam muito certo.

“Com nenhum benefício a longo para os seus esforços, houve uma preocupação de que a Universal estava, na falta de uma frase melhor, diminuindo o marketing do filme. De forma prática, eles não tinham nenhum incentivo para investir na Marvel Studios.” 

Na época do filme, Edward Norton era o Hulk.

Por sorte, de acordo com o livro, isso era mais sobre problemas de comunicação do que de fato uma tentativa de sabotagem por parte da Universal. Por mais que o filme não tenha feito o mesmo sucesso de Homem de Ferro, a Marvel já esperava que ele não fosse tão lucrativo — e, portanto, não foi por causa de um problema na divulgação que o filme não performou tão bem nas bilheterias.

Segundo o livro, Stephen Broussard, o produtor da Marvel Studios “sabia que O Incrível Hulk ficaria em segundo lugar [em comparação com Homem de Ferro], então houve uma pressão pessoal sobre o lançamento do filme, o que poderia resultar na perda de dinheiro para o lançamento dos dois filmes do estúdio.”

No fim das contas, apesar dos perrengues, O Incrível Hulk conseguiu uma bilheteria mundial de 264 milhões de dólares, superando as expectativas inicias e conseguindo ajudar a criar o MCU como conhecemos.

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"