Naruto: Teoria sugere conexão entre o País das Ondas e o clã Uzumaki

Capa da Publicação

Naruto: Teoria sugere conexão entre o País das Ondas e o clã Uzumaki

Por Gabriel Mattos

A história de Naruto começa em escala menor antes de engatar nos grandes conflitos do mundo ninja. Ainda assim, uma das sagas iniciais da série conquistou um lugar especial para os fãs, e está longe de ser esquecida. Trata-se, é claro, da viagem ao País das Ondas, onde acontece o confronto contra Zabuza e Haku. E, agora, uma teoria da internet sugere que este lugar tem um significado ainda mais especial para o protagonista — este poderia ser o ponto de origem do clã Uzumaki.

O que acontece no País das Ondas?

O humilde País das Ondas, da primeira temporada de Naruto.

Para quem não se lembra, o País das Ondas é um pequeno conglomerado de ilhas tão pobre que sequer tem a sua própria vila Ninja. Sua população é oprimida pelo tirano empresário Gatou, determinado a impedir a construção de uma ponte que facilitaria a comunicação e o comércio do povo com outras nações, enfraquecendo sua influência.

Por esta razão, Gatou contratou o mercenário Zabuza e seu aprendiz Haku para impedir a conclusão das obras. Em resposta, o construtor Tazuna foi obrigado a pedir auxílio aos ninjas da Vila da Folha, dando início a primeira grande missão de Naruto Uzumaki e seus aliados.

Segundo a teoria do Youtuber TeeBry Sensei, a ausência de ninjas no País da Onda seria algo relativamente recente. No passado, haviam ninjas nesta região, mas sua vila acabou destruída em uma guerra: a mesma guerra que acabou com o clã Uzumaki.

De onde vem o clã Uzumaki?

As ruínas do País dos Redemoinhos, de onde vem o clã Uzumaki.

O Clã Uzumaki surgiu no País dos Redemoinhos, um arquipélago a leste da Nação do Fogo. Mas o lugar acabou sendo devastado por guerras, forçando seus poucos ninjas sobreviventes a se espalharem por todo o mundo. Por esta razão, acabamos descobrindo que ninjas de diferentes nações, como Nagato e Karin, na verdade são descendentes do clã Uzumaki, como Naruto.

De acordo com a teoria, o País dos Redemoinhos era o País das Ondas antes dessa destruição. Depois da guerra, ele teria se reconstruído, mas acabou ficando sem um clã Ninja para defendê-lo. Há um quadro específico em que ambas as regiões são mostradas em um mapa e o formato de ambos os países se mostrou muito similar. Além disso, ambos Países estão no litoral da Nação do Fogo, o que reforça a teoria.

Os significados da Grande Ponte Naruto

A Grande Ponte Naruto teria um significado especial.

Não há uma prova contundente que esta conexão de fato exista, mas caso seja verdade, isto traria um peso maior para o primeiro arco de Naruto, geralmente desconectado da história geral.

A Grande Ponte Naruto ligaria o lar presente do ninja, a Nação do Fogo, ao lar de seus antepassados, o País dos Redemoinhos. Também é interessante imaginar que Naruto teria uma ponte nomeada em sua homenagem no país onde seu clã se originou. Além disso, a batalha onde o Naruto precisa reafirmar seu jeito ninja de modo decisivo pela primeira vez teria acontecido no berço do clã Uzumaki, quase como um renascimento das tradições de sua família ninja.

O que você achou dessa teoria? Faz sentido, para você? Não deixe de comentar!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Editor, repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse